Um jogão de bola

Um jogão de bola

Nas margens do canal do Arruda, eu sentei e bebi. Nosso encontro por lá já virou tradição. Além de dois ou três irmãos, estão sempre presentes Paulinho, Gerrá e Felipe Camarão. Gerrá dessa vez não foi, pois tinha um compromisso familiar. Perdeu um jogão. A família vem em primeiro lugar, apesar de alguns tricolores insistirem que vem em primeiro, mas depois do Santa. O clássico com o Náutico é diferente, já disse Paulinho. Não há ânimos acirrados, violência, briga de torcidas e essas coisas todas que nos afastam dos estádios. Por via das dúvidas, fui ao jogo sem o manto sagrado. Sou pai de família, não posso mais correr riscos à toa. No jogo contra o Sport, teve torcedor tomando banho de cerveja, chuva de pedras entre torcidas e ataque ao ônibus rubro-negro. Contra o Náutico nada disso. No máximo, uma vaia quando o ônibus deles chegou. Para não dizer que foi tudo em paz, um ladrão em fuga caiu no canal, bem em frente a nós. Ficou na água um tempo até que a polícia chegasse. Se saísse antes, certamente iria levar uma tremenda surra. Como saiu depois, o risco é de pegar uma doença da idade média, pois o canal estava em seus piores dias. No campo, logo no início do jogo, uma tragédia. Um torcedor do Náutico de 32 anos caiu no fosso e teve afundamento craniano. Mais tarde morreria no hospital. Geralmente, depois de um jogo daquele, eu faria uma onda aqui no blog, mas diante da morte, encabulei. A sensação foi de tristeza, pois o fim de uma vida humana, em quaisquer circunstâncias, é algo para se lamentar. Morrer de amor fica bonito apenas na literatura. Na vida real, a morte é dolorida. Há tempos não assistia a um jogo assim. Um primeiro tempo veloz e, apesar de falhas da defesa de ambos os lados, um bom futebol. Perdi o primeiro gol do Náutico e segundo do Santa, mas não perdi o primeiro gol de Landu. Aliás, uma moça da Rua das Moças gritava depois do jogo que ia dar para ele, por causa do seu primeiro gol com a camisa coral. “Vai que é tua”, incentivei. Mas voltando ao jogo, comemorei o segundo do Vitória, como se fosse nosso. Achei que tinha perdido mais um. Só notei que tinha algo estranho, porque o jogo lá embaixo prosseguia e as duas torcidas comemoravam. Em...

Leia Mais

Santa Cruz 2 x 0 Salgueiro

Santa Cruz 2 x 0 Salgueiro

Assista ao vídeo com os melhores momentos do jogo Santa Cruz vs. Salgueiro, no Arruda, pela 16ª rodada do campeonato pernambucano...

Leia Mais

Petrolinha 0 x 3 Santa Cruz

Petrolinha 0 x 3 Santa Cruz

Assista ao vídeo com os melhores momentos do jogo Petrolina vs. Santa Cruz, no Paulo Coelho, pela 15ª rodada do campeonato pernambucano...

Leia Mais

Minha Cobra no carnaval 2011

Minha Cobra no carnaval 2011

  Imagens do bloco Minha Cobra no carnaval de Olinda...

Leia Mais

Pitaco da rodada

Pitaco da rodada

A equipe do Torcedor Coral não tem bola de cristal, mas gosta de meter a colher, inclusive, em briga de marido e mulher. Por isso, resolveu jogar dados e búzios para cima e dar um pitaco no placar do jogo do Santa Cruz nesta rodada. Confiram o placar do jogo na opinião dos editores e convidados: Dimas Lins “De líder isolado, o Santa passou a ficar quatro pontos atrás do primeiro colocado no final dos jogos de ida e corre o risco de nem disputar a Série D, já que o Porto também está na cola. Os resultados agora correspondem ao futebol apresentado pela equipe e, nessas circunstâncias, até o vice-lanterna assusta. Meu pitaco vem do meu irreconhecível otimismo. Tenho medo de acordar com a cara de Fabiano Pinheiro.” Placar: Santa Cruz 2 x 1 Cabense Gerrá da Zabumba “O jogo é empate com gols.” Placar: Santa Cruz Y x Y Cabense Professor Farias “A cabense quase sempre foi presa fácil dentro dos domínios do Santa Cruz. Nesta partida é muito provável que o técnico Zé Teodoro entre em campo de maneira mais atrevida, porém sem deixar de tomar os cuidados cabíveis para não por em risco nosso sistema defensivo. ainda preocupa a falta de criação no meio campo, bem como o estado emocional de André Zuba e, por fim, a ausência de Thiago Cunha. Dentro dos prováveis prognósticos, o placar será um tanto surpreendente.” Placar: Santa Cruz 4 x 1 Cabense Josias de Paula Jr. “Thiago Henrique é um craque ainda não descoberto. Tem entrosamento com Gilberto e poderão arrebentar pela primeira vez no profissional. Ambos desequilibrarão a partida. A Cabense só tem Caça Rato. É marcar ele e pronto. 3 a 1, pois Zuba vai morrer sem jogar uma partida que não tome pelo menos um gol.” Placar: Santa Cruz 3 x 1 Cabense Ducaldo “Do meio campo pra frente até dá para o gasto, mesmo sem Thiago Cunha. O problema vai ser a defesa, com dois zagueiros que nunca jogaram juntos, um cone na lateral esquerda e outro no gol. Mesmo com essas ressalvas, seguirei o poeta e apostarei na prata da casa.” Placar: Santa Cruz 3 x 1 Cabense Artur Perrusi “Não sei o motivo. É pitaco. É cerveja e é boteco – pitaco. Vitória do Santinha. Bora ver.” Placar: Santa Cruz 3 x 1 Cabense Bosquímano “Diz o velho ditado: o vento que venta lá é o mesmo que...

Leia Mais
20 de 54...10...192021...3040...