Uma análise consciente

Nota da redação:

Recebemos aqui em nossa redação um e-mail do Professor Farias, que, segundo ele, costuma acompanhar nosso blog, mas não é muito de comentar. O missivista nos chama de pessimista e faz coro ao dizer que estamos pregando o apocalipse. Por isso, pede que publiquemos um artigo seu com a análise do jogo de ontem.

Atendemos o seu pedido com a ressalva de que pessimista é o cacete.

Professor Farias[1]

A partida de ontem renovou as esperanças da torcida tricolor. É como se o campeonato estivesse começando agora.

Estamos com um treinador jovem, moderno, que fica em pé o tempo todo. E que não tem medo do futuro e do amanhã.

O time mostrou um novo desenho tático. A preparação física começa a mostrar seus frutos.

O goleiro não foi acionado. Não dá para fazer uma análise da sua atuação. Porém, já deu para perceber que sua saída de bola é muito melhor do que o do outro goleiro, o Darci. Desconfio que com aquela altura, ele não seja bom nas bolas rasteiras.

O lateral-direito Gilberto Matuto teve uma evolução técnica e física muito boa. Correu como um louco e fez ótimos cruzamentos. Foi um dos diferenciais da equipe coral.

A dupla de zaga começa a se afirmar, mostrando muita superação e um aproveitamento muito bom nos escanteios a favor do Santa Cruz.

Não gostei do lateral-esquerdo. Muito franzino, apavorado e pedante. O rapaz no primeiro tempo foi fominha. Já no segundo tempo mostrou uma melhora, mas muito longe de ser um titular. Marcos Mendes é o dono da posição.

A proteção de zaga, ou seja, os volantes estiveram numa noite muito feliz. O Goiano joga para o treinador. É aquele empregado, operário. Leo é um jogador diferenciado para aquela posição. Tem qualidade no passe, visão de jogo e personalidade. Jackson precisa melhorar muito. Errou passes de meio metro. Em alguns momentos se escondeu. Elvis chegou ao seu limite, o futebol dele é aquilo ali. Não compromete, porém, não resolve nada. Meia-atacante que não faz gol tem dificuldade de arrumar emprego.

O que me preocupa nesse meio-campo é a vulnerabilidade. O outro time joga solto e a carga sobra para nossos volantes e zagueiros. Senti muito a ausência de Natan. Queria ter visto sua arte com a bola no pé.

No ataque, o artilheiro Joelson precisa voltar ao seu planeta. Parece que os gols subiram para sua cabeça. Atrapalhou muita jogada, fez firulas desnecessárias, porém, tem crédito. Por sua vez o tal de André Leonel está jogando na posição errada. Quem disse que ele é centroavante se enganou e nos enganou. Um jogador que tem medo de chutar a gol, que faz de tudo para se livrar da bola, não é centroavante. E não se trata de preparo físico, é ruindade mesmo.

Um jogador que me chamou atenção foi Val Barreto. Faz tempo que não vejo alguém entrar em campo com tanta disposição física e vontade de acertar. Ele tem o cacoete do jogador moderno, isto é, está em todas as posições dentro das quatro linhas. Volta para marcar, cobre os laterais, puxa o contra-ataque, tromba com os zagueiros. O cara tem fome de jogo. Falta somente um pouco de calma e controle da ansiedade. Nada que um bom psicólogo resolva. Aposto neste nome, Val Barreto.

Para o jogo de domingo eu faria o seguinte: retornava Marcos Mendes e colocava Val Barreto de frente.


[1] Professor Farias é graduado em Artes Cênicas e Educação Física.

40 Comentários

  1. Marinalva Serpentina
    1

    Meninos,

    O professor Farinha tem razão. Voces estão tão pessimistas que alguém precisava dar um puxãozinho de orelhas em vocês. Chorei tanto com os últimos textos que nem parecia que era carnaval. Foi uma tristeza só. Fico apavorada só de pensar no fim do meu Santinha.

    Agora vou te contar, não tem psicologo nem mãe de santo que resolva o probleminha do Val Barreto. Crianças, dá uma peninha ver esse rapaz jogar. Ele poderia ter dado para muitas coisas na vida mas não dá pra jogador.

    Ah eu acho que Dado fica tão lindinho com aquela camisa com o número 14 nas costas.

    Que vitória, hein? Pelo menos a ressaca do carnaval não foi tão ruim assim, nem a quarta-feira foi tão ingrata.

    Ó quarta-feira ingrata chega tão depressa só pra contrariar…

    Mari

  2. jogou bem, só precisa acertar na finalização e azaga precisa melhorar pois erraram e quase resultou no gol do bode

  3. Arthur Holanda
    3

    esse professor farias começou até falando bem dizendo qque o time ainda não tem meio-campo agora dizer que Marcos Mendes é titular da posição é brincadeira o garoto Jefferson tava um pouco afobado sim mas mesmo assim é dez vezes melhor que Marcos Mendes esse Val Barreto não tem psicologo que arrume o cara é horrivel precisamos de um atacante de área urgente

  4. Os gols da partida estão no vídeo na barra lateral do blog.

    Saudações corais,

    Dimas Lins

  5. Tricolor da Mata Norte
    5

    análise consciente e otimista… 🙂

  6. É Dimas, com a reforma da lingua portuguesa, realismo agora
    é sinônimo de pessimismo.
    Saudações corais.

  7. olha, vou dizer, todo mundo que analisar futebol e dar opinião.

  8. insatisfeito
    8

    Comentário de Observador no JCoisa:

    MARCELO, JÁ SOUBE QUE TEM VOLTA OLÍMPICA NA REDAÇÃO DO JC (Tomara que Dr. João Carlos não saiba) QUANDO O sport É CAMPEÃO, MAS, TENHA CORAGEM E PUBLIQUE MEU POST. EIS A HISTÓRIA DA HEGEMONIA BURRO-NEGRA (A quem interessar possa): Vamos falar de dados. De estatísticas. E vamos comprovar (eu falei comprovar!) que esse papo do ?presidente conselheiro? de que ?ajuda? o Santa Cruz e que procura ?equilibrar o campeonato?, nada mais é do que querer jogar uma névoa para encobrir a sua gestão marcada pelo desequilíbrio de forças no nosso futebol e da ajuda descarada ao seu time do coração. Vamos dividir a história do Campeonato Pernambucano em etapas de 16 anos (ou seja, períodos iguais ao da gestão atual), isto porque, na outra coluna que escrevi, me referi a um período aleatório de 30 anos anteriores ao ?presidente conselheiro?, de 1963 à 1993 (onde o time dele só ganhou oito campeonatos) e houve muito chororô, dizendo que eu ?escolhi? um período específico (deixa que não falaram nada a respeito do fato de, após a posse do ?presidente conselheiro? a ?coisa? ganhou 7 títulos em 10 anos. Sete em dez!!!). Começando do começo: O Náutico foi fundado em 1901, O Sport em 1905, e o Santa Cruz em 1914. Este dado é importante para o primeiro fator de distorção no número de títulos. O segundo fator será ele e sempre ele: o ?presidente conselheiro?. DE 1915 À 1929, nos primórdios do nosso campeonato, o Sport venceu 7 títulos (trazendo jogadores profissionais de fora, o que era proibido), o América 5, o Torre 2 e o Flamengo 1. Observe que o Santa Cruz ainda era um clube com pouquíssimos anos de fundado. Portanto a ?coisa? já se beneficiou com isto na nossa diferença de títulos. Somos nove anos mais novos e nesse período eles ganharam sete títulos. Mesmo assim houve outros campeões no período e até um certo equilíbrio com as outras forças futebolísticas da época. DE 1930 À 1945, O Santa Cruz venceu 5 títulos, o Sport 4, o Náutico 3, o Tramways 2, o Torre 1 e o América 1. Vejam que foi um período bastante equilibrado. DE 1946 À 1961, o Sport venceu 7 títulos, o Santa Cruz 5 e o Náutico 4. Equilíbrio. DE 1962 À 1977 época que o Náutico fez o seu timaço, o Timbu venceu 7 títulos, o Santa Cruz 6 e o Sport 3 (inclusive passando por um jejum de 12 anos. Dá prá imaginar isto acontecendo agora, com o ?presidente conselheiro?? Pois aconteceu com o Santa, o time que ele que diz ajudar tanto! ). Observe que, mesmo tendo sido o período do hexa do Náutico e do penta do Santa Cruz, o Sport ainda venceu 3 campeonatos. Equilíbrio total, dadas às circunstâncias. DE 1978 À 1993 (melhor período do Tricolor), o Santa Cruz venceu 7 títulos, o Sport 6 e o Náutico 3. Equilíbrio puro. Mas, eis que no período seguinte, instaura-se na FPF a ditadura ?bodiana?, e, DE 1994 À 2009, o Sport ganhou, nada mais nada menos, do que 11 títulos (eu disse 11!!! sete nos primeiros 10 anos!), o Náutico venceu 3 e o Santa Cruz 2. Fantásticos 68,75% de aproveitamento para quem tinha 8 títulos nos 30 anos anteriores (26,6% de aproveitamento). Mas, vocês acham que alguém questionou este DESEQUILÍBRIO total de forças? Ninguém! Acham que alguém disse: ?Epa, esse ?presidente conselheiro? e seu vice Zé ?do rádio? Joaquim estão puxando demais a sardinha para a ?coisa?! Que nada! Está todo mundo feliz! E o motivo é bem simples. Chegue numa reunião da imprensa e grite: ?Pega o rubro-negro!?. Não fica um, meu irmão… Eis aí o motivo da ?hegemonia?: 7 títulos nos primórdios (quando se ?amarrava cachorro com lingüiça?) e sequer o Santa Cruz engatinhava, e os 11 títulos que o ?bode rouco? ajudou seu time a conquistar em 16 anos. Até porque de 1915 até 1993 (período anterior ao ?conselheiro presidente?), o Sport só tinha 5 títulos a mais que o Santa Cruz (27 à 22). Entretanto, ?mandrakianamente? no período posterior, de 1993 à 2009, o sport abriu os atuais 14 títulos de diferença (38 à 24). Sem mais delongas, caso se confirme a pretensão do ?presidente conselheiro? de chegar a Copa de 2014 à frente da FPF, e, seu time mantenha esse aproveitamento fantástico de quase 70%, dos 5 cinco títulos a serem disputados até lá (2010-2014) a ?coisa? vai ganhar três ou quatro. E aí é só substituir o ?mastro? por um busto gigante do ?presidente conselheiro? e mudar o mascote do seu time do coração: sai o leão e entra um bode!!!
    Aí está a diferença, falta ele dizer que em 47 a coisa manobrou e tirou o Santa do Campeonato.

  9. Engraçado que, no blog do santinha, Samarone fala exatamente o oposto de Val Barreto….

    []´s
    Erick Ramo

  10. insatisfeito
    10

    E a transacoisa falou o mesmo… Quem disse a ele que ele é jogador de futebol?

  11. André Tricolor Virtual
    11

    Caros amigos,

    Tem duas situações ao qual nós Torcedores Corais temos pavor, primeiro em tornarmos friamente pessimistas, e na outra, embebedar no otimismo exacerbado! O mais engraçado, é que ‘parece’ que nas duas situações somos ligeiramentes ‘felizes’, capazes de não seçar nossas opiniões e desabafos, pois o pior é ‘não existir o Santa Cruz em nossas vidas’!

    No jogo de ontem, ainda não podemos confirmar se fomos ‘acometidos’ pela ‘Síndrome de Lazaro’, mas, confesso que a mudança de postura foi algo importante e necessário no estágio que nos encontrávamos nesse estadual!

    É continuar trabalhando, e continuar vencendo, para nos garantir na Série D e quem sabe lutar pelo título do PE!

    PS: Professor parabéns pelo texto … Vale lembrar que todos os atacantes foram testados e pasmem, todos têm dificuldades em fazer gols! Agora é a chance do “Brasão”, vamos aguardar, e não esquecer, que embora nossos atacantes sejam de qualidade duvidosa, ao menos jogam com muita vontade!

    Abraços a Todos,

    >>> VIVA SANTINHA !!!!

  12. insatisfeito
    12

    Vamos ver se o amarelinho tem um cardápio variado, hehe

  13. Fabiano Pinheiro
    13

    “Síndrome de Lázaro” foi ótimo, Andrezinho. KKKKK

  14. Professor, se disposição física e vontade de acertar são fa
    tores importantes em sua análise, sugiro a RQ que passe a
    contratar jogador de futebol americano.
    Saudações corais.

  15. Fabiano Pinheiro
    15

    TUTTI E BRASÃO ESTÃO REGULARIZADOS.
    Falta só Edson Miolo.

  16. JOSÉ EDSON DE SP, acho que vc não sabe o que é jogar uma série C e D. antes de técnica, é raça, é pegada. é cunhão.
    é isso aí professor, otimismo e pau nos adversários.

  17. Caro Dimas,

    Cobra venenosa da semana:

    “O que mudou? Mudou é que agora jogamos pra ganhar”
    (Gilberto Matuto)

    Saudações Corais

  18. Felipe,

    A frase já está no blog. Valeu pela sugestão.

    Saudações corais,

    Dimas Lins

  19. Vou repetir o que postei, quando o placar já estava 2 X 0:

    Mesmo que houvesse uma goleada ontem (e não aconteceu porque os atacantes foram competentes em perder gol feito), não darai para perder de vista nossa realidade.

    Dado deu uma nova dinâmica ao time, que nas três últimas partidas foi pra cima, foi ofensivo e só não ganhou porque dispõe de uma defesa que cede pro adversário todos os gols que perdemos lá na frente.

    Mas o time ainda está limitado, faltando bons meias um atacante definitivo, matador, e uma zaga que tenha CUNHÃO pra brigar com garra e pegada, não deixando meias, laterais e atacantes passearem no território coral.

    Se não melhorarmos mais, ficaremos – talvez – entre o terceiro e o quarto lugar, mas não vingaremos um time competente pra sair deste inferno chamado Série D.

    Copa do Brasil? Sei lá, se dá tempo pra gente apresentar evolução que permita vingar por duas, três fases….

    O importante é Dado manter o trabalhos, contratar o que precisa, comer devagar e pelas beiradas, e chegar, na 22ª. rodada, no G4.

    Por enquanto, isso é o que interessa.
    Xô, quizila! Sobe, Santinha!

  20. Desculpa Almir, não vou discutir com você, mas acompanho as
    opiniões dos torcedores nos blogs corais e o único que viu
    algo no Val Barreto foi o professor Farias e agora você.
    No meu ponto de vista, raça e pegada são atributos necessá
    rio em qualquer jogador, mais precisa ter um mínimo de téc
    nica.
    Saudações corais.

  21. Que ninguém nos ouça, mas Val Barreto é um homem-polvo, cheio de braços e pernas.

    O time continua fraco na defesa e não sabe finalizar bem. No meio falta criatividade, pois Jackson só está fazendo o feijão com arroz. Leo e Matuto jogaram bem, mas vamos ver se os dois mantêm o futebol.

    É cedo para falar em evolução. O time jogou com mais vontade contra o fraco Araripina. Esse foi o diferencial. Aliás, como me disse um tricolor na saída do estádio, “até pra cagar é preciso vontade, quanto mais para jogar futebol”.

    Saudações corais,

    Dimas Lins

  22. Comentário de um tricolor no Blog do Santinha:

    “Bóra, cobra, sai dessa lama, que tu não és jacaré..”

    Se bem que quem vive na lama é um time, lá na ilha do chié….

  23. Gomes,

    O teu comentário foi o de número 10.000 do Torcedor Coral.

    Parabéns aos que fazem e aos que frequentam esse blog.

    Saudações corais,

    Dimas Lins

  24. Amigos,
    Ontem estava em Recife e tive a oprtunidade de ver o nosso Santa Jogar.
    Também comprei a camisa que o Dado esta com ele , vale lembrar que aquela foi a primeira camisa do Santa em toda a história.
    O que diriam os que falam das mudanças nas camisas de hoje?

    O Goleiro, naão deu para observar não teve trabalho.

    Os laterais , Gilberto o melhor em campo acredito que é titular em qualquer time de Pernambuco ,só tem que aprender a voltar e a marcar mais para não deixar a deesa com a avenida aberta.
    O Lataral esquerdo no primeiro tempo muito timido já no segundo jogou melhor , chegando a ser individual , como é jovem tem a oportunidade de mudar , será necessaria uma conversa para mostra que ele pode mais, entretanto futebol e coletividade.
    Defesa. Os dois sâo muito fracos, no primeiro tempo dmos uma passe para o Arraripina dentro da grande área. qualquer zaga do campeonato é melhor que a nossa, não lembro de uma zaga tão ruim no Santa. ( Dado tem que trabalhar muito com eles ).

    Volantes . o Léo foi o segundo melhor em campo só perdendo para Gilberto, o Léo tem toque e sabe marcar se tiver outro do mesmo nível teremos uma dupla de volantes que poucas vezes voimos no Arruda ( Se Léo jogar o que jogou ontem ), o outro é só o outro quando não atrapalha ajuda os adversários.

    Meias.
    Pensei que o Elvis estava morto mais esse que temos vai me matar de tanta ruindade, cadê o time da Holanda porque não levou esse grande jogardor.
    Jackson , esta sobrecarregado e perdendo bolas fáceis entretanto também deu passes legais , particularmente não gosto dele mais entre ele e o Elvis , voto nele ( falta ver o Natan tomara que seja bom ).
    Se o Natan jogar o que me falaram , menos ruim.

    Atacantes.
    O Joelson , tem jeito de matadarr mais o Dado, tem que falar com ele para não subir para cabeça ele é só o começo de uma atacante ainda tem que andar muito.
    O leonel, teve três chutes bons, ainda esta longe de ser o atacante que vi jogar e ser campeão pela copa do Brasil, mais esta melhor que na estreia do Pernambucano, tomasra que melhore .
    O Sr. Val Barreto, não tenho palavras para descrever o que vi ontem no Arruda , bem já vi o Nunes jogando no Arruda , já vi Luciano , Givanildo, Ramom, mais igual o Sr. Val Barreto nunca vi, ele tem voltade e Deus ajude para ver se ele se transforma em um jogador um dia … Eu tive um misto de raiva e pena e acreditem hoje eu pedi a Deus para ajudar esse rapaz.
    O Sr. Dado , nosso comandante.
    Ele deveria faslar mais com os jogadores , tem que gritar com todos , só ficarm em pé não adianta nada.
    Bem é jovem mais não é burro e isso já ajuda.

    O Santa tem que jogar para cima destes times , ver o Santa com medo dos times de Pernambuco do Nordeste do Norte ou do Brasil , nâo entra na minha cabeça.

    Saudações Tricolores.

  25. Então, Val Barreto é o segundo homem-polvo a passar pelo Santa.

    O primeiro foi o “inesquecível” Fabrício Ceará, entre 2006 e 2007.

  26. Enquanto isso, Gilberto está jogando bem, formando uma boa dupla com Rafael no Vera Cruz e fazendo seus golzinhos.

    Por enquanto fez apenas três (mais do que A. Leonel).

    Pelo que conheço de Gilberto – artilheiro do campeonato de juniores num ano em que o Santa não foi muito bem – e pelo pouco que vi de Val Barreto ou do próprio A. Leonel, teria mantido o rapaz no elenco.

    Tio Lori não quis. Preferiu Thomaz Anderson, que depois foi emprestado também.

  27. Ducaldo,

    Ontem, na hora de comentar, tentei lembrar o nome do cabra e não consegui. É isso, Fabrício Ceará, o primeiro homem-polvo, está fazendo escola.

    Saudações corais,

    Dimas Lins

  28. sandro coralense
    28

    Prof. Farias,

    eu estava concordando com todo o seu texto até chegar em Val Barreto, você tá de brincadeira né?????????

    SAUDAÇÕES TRICOLORES

  29. André Tricolor Virtual
    29

    … Eita,

    “Ducaldo” e “Dimas” … E ainda tivemos o único “Saci” que não tinha as duas pernas, àquele não fazia gol nem em coletivo, vixe!

  30. marcelo almeida
    30

    Sinceramente, não vi esse desastre todo em Val Barreto, não. Já passaram atacantes pelo Santa Cruz e titulares, daqueles que os professores não tiram nem a pau, que sequer se apresentava em condições para finalizar como Val Barreto se apresentou em vinte minutos de jogo. Faz o seguinte: DADO, 1ª partida da Copa do Brasil, lá nas Amazonas, longe da torcida, pôe o negão pra jogar o jogo inteiro. Se mesmo assim não der jeito, aí deixa ele por lá mesmo.

  31. …Ou traz o cara de volta e faz um gigantesco arroz-de-polvo pra servir “de grátis” lá na sede.

  32. marcelo almeida
    32

    É por isso que defendo Val Barreto.Dizem que o bom atacante chuta com as duas pernas. Val tem até oito…É só dá tempo pra sincronizar…Eh leseira…Só rindo de nós mesmo…

  33. marcelo almeida
    33

    Por falar em cheio de pernas, se um dia improvisarem aquele zagueiro na lateral esquerda, eu desisto de ser torcedor de futebol…Pense numa arrancada fulminante para o coração da gente… Era tanta perna que o jogador do Araripina endoidou e pisou em outra coisa (VTNC).

  34. Eita, Dimas, fui o comentário 10.000, foi?

    E qual vai ser o prêmio? A vitória do Santinha, domingo, nem que seja de meio a zero? rsrsrsrsrsr

    Quem viu a rodada de hoje, viu que ela só confirmou que o campeonato está nivelado POR BAIXO, ainda.

    Se a gente ganha mais qualidade, vai brigar na faixa de cima, pelo título. Se não, adeus PE2010 e Série D.

    Continuo com a preocupação com o prazo para regularizar jogadores. Se a Diretoria não acelerar as contgratações, não teremos os jogadores que precisamos, ainda na segunda fase do PE2010 – um ótimo laboratório pra Série D.

    Acorda, Diretoria! Contratação de meias, zaga e atacantes, já!

  35. SILÊNCIO….QUIETUDE…MESMO DEPOIS DO SANTINHA GANHAR?!?!?!?!
    AH, JA SEI:

    Como ninguém da Edição estava nas imagens do jogo de hoje, imagino duas coisas:

    -Cachaça sábado e domingo inteiros, preparando o espírito pro jogo;
    -Misto de Pura preguiça,com Compromissos Familiares, ou puta-que-pariu-o-blog, depois-a-gente-vê-isso.

    ACORDA, CAMBADA! O SANTA GANHOU! ESTÁ NO G-4! RSRSRSRS

  36. Não seja por isso.

    Ganhou, está no G4, mas o futebol ainda tem muito o que melhorar.

    Gostei da postura mais segura do time, que não se abalou com o gol sofrido no início e partiu para a virada.

    Até mesmo o Baggio me passou uma impressão diferente daquela da partida contra o Porto. Boas saídas do gol e reposição de bola.

    Jackson está longe da sua melhor forma – banco e treinamento pra ele; oportunidade pra Natan ou Serginho.

    Um centroavante de verdade, uma dupla de zaga decente e um bom lateral esquerdo fariam um bem danado.

    A arbitragem, fato reconhecido até pela grobo, nos prejudicou no lance da expulsão de Joelson e deixou o Salgueiro bater à vontade.

    No próximo jogo, estaremos sem ataque.

  37. eheheheheh! O TCNEWS está uma onda. Sensacional.

  38. André Tricolor Virtual
    38

    “Ducaldo”

    No jogo da ‘quarta’ pela Copa do Brasil, é provável que “Dado” promova a estreia do atacante “Brasão”, justamente para avaliá-lo e, quem sabe, substituir o “Joelson”!

  39. Ducaldo:
    Iniciei o post no Blog do Santinha com o CABEÇALHO: “GANHAMOS!ESTAMOS NO G4! PRECISAMOS EVOLUIR MAIS!”

    O post 35 acima, foi apenas comemorativo, mas você tem razão: nada de ilusões.
    Eu postei aqui, ontem, dizendo que o campeonato está nivelado POR BAIXO, e se evoluirmos, poderemos ir pra ponta, disputar o título. Vejo, hoje, que isso é possível.

    André Tricolor Virtual:

    Acredito que Dado vai manter Joelson, na quarta, pra manter o entrosamento, já que ele não está impedido de jogar em certame nacional. E deverá colocar o Brasão no decorrer do jogo. Afinal, a partida de ida terá um peso importante, se conseguirmos ganhar ou empatar, lá.
    O SANTA PRECISA DESSA VISIBILIDADE. O DADO TAMBÉM.

    O jogo de domingo é contra o Sete de Setembro. Sem querer menosprezar, a partida permite mais ousadia.

    No mais, conto com a inteligência de Dado, nos dois dias. E torço por ele. Não mais que pelo nosso Santinha.
    Um Abraço

  40. André Tricolor Virtual
    40

    A vitória hoje foi muito importante, pois, de certa forma, calou a boca de muita gente que achava que o Santa seria goleado!

Regras de moderação do Torcedor Coral
O Torcedor Coral não se responsabiliza pelas opiniões de seus leitores, mas se reserva ao direitor de excluir, sem aviso prévio, os comentários que:
1. Façam acusações sem provas;
2. Configurem qualquer tipo de crime, de acordo com as leis do país;
3. Contenham ofensas pessoais a quem quer que seja, mesmo que o ofendido seja reconhecidamente um canalha;
4. Defendam ou enalteçam o LEF, pois nós somos liberais, mas nem tanto assim;
5. Utilizem e-mails falsos ou inexistentes;
6. Tenham características de chat ou bate-papo;
7. Copiem textos publicados em outros espaços virtuais, ao invés de publicarem os links das matérias originais.
8. Publiquem sistematicamente os mesmos comentários, repetições de ideias ou opiniões;
9. Publiquem comentários com prevalência em caixa alta, que é o mesmo que gritar na internet;
10. Manifestem intolerância à liberdade de opinião;
11. Tenham características de perseguição a outros leitores;
12. Manifestem, implícita ou explicitamente, mensagens eleitorais, tanto de candidatos a cargos no clube, quanto de partidos políticos;
13. Contenham mensagens abusivas, desagradáveis, ostensivas, cansativas e que não se utilizem de bom senso.

Algumas palavras estão programadas para cair automaticamente na moderação de modo a facilitar o cumprimento das regras. Assim, seu comentário será liberado o mais rápido possível, se for constatado que não houve violação.

O sistema anti-spam do Torcedor Coral, utilizado para evitar malwares ou vírus, ocasionalmente poderá reter indevidamente um comentário legítimo. Também poderão ser retidos indevidamente os comentários que contenham dois ou mais links, pois são através deles que ocorrem ataques ao blog. Tão logo esses casos sejam identificados, os comentários serão liberados.

Lembre-se, o trabalho no Torcedor Coral é realizado de forma voluntária por cada um dos editores, cronistas, moderadores e colaboradores, já que todos atuam profissionalmente em outras áreas. Dessa forma, tenha paciência, caso seu comentário não seja liberado imediatamente.

Para comentar regularmente, o autor deve ter um comentário aprovado anteriormente no Torcedor Coral.

Os casos omissos serão definidos pelos editores do blog.

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *