Não vou mais medir o tempo

relogio

Há mais ou menos um ano, eu estava nervoso e preocupado com o Santa Cruz. Teríamos pela frente um jogo decisivo e vital para a nossa vida. Vínhamos de uma campanha irregular, tínhamos perdido de times inexpressivos e jogávamos em uma partida o tudo ou nada.

Lembro-me que tínhamos um treinador ruim, que toda a torcida pedia a saída dele há muito tempo e a teimosa, “profissional” e “expert” diretoria mantinha o infeliz. Faltando dois jogos apenas, trocam o treinador e chamam um tal de Bagé de salvador da pátria.

Um ano depois. Continuo nervoso e preocupado com o Santa Cruz. Temos pela frente um jogo decisivo e vital para a nossa vida. Viemos de uma campanha irregular, onde perdemos duas vezes para um time inexpressivo. Vamos mais uma vez jogar em uma partida o tudo ou nada.

Tínhamos um treinador ruim, que toda a torcida pedia a saída dele há muito tempo e a diretoria mantinha o amante de volantes. Faltando apenas dois jogos, trocam o treinador por um novo salvador da pátria.

Vocês repararam alguma semelhança entre os parágrafos acima? Esse talvez foi o texto mais fácil de escrever do TC. Foi quase um copiar e colar. Infelizmente, amigos. Infelizmente, passou-se um ano e nada mudou. A história se repete da mesma maneira, e, contra o mesmo adversário. Como será possível um time em um ano não evoluir em nada? Como podemos acreditar que um ano depois ainda dependemos de um jogo no fio da navalha para nos classificarmos para a segunda fase de uma Série D?

Ano passado, comprei uns espetinhos para um churrasco. Achei o gosto horrível e prometi a mim mesmo que nunca mais consumiria aquela marca. Semana passada, fui ao supermercado e o danado do espetinho estava em promoção. A embalagem estava mais bonita, logomarca modernizada e escrito na caixinha “novo sabor”. Decidi arriscar-me e comprei, provei e a conclusão foi que continuava horrível.

Isso aconteceu conosco. O Santa não mudou seu produto, apenas trocou a embalagem. Acho importante modernidade e profissionalismo na administração do clube, mas o Santa Cruz, essencialmente, é um clube de futebol. Nosso único produto é o futebol. A diretoria do Santa Cruz produziu um produto ruim e ainda consegue nos vender esse produto. Colocamos mais público agora do que colocávamos há um ano.

Será que um ano é pouco tempo? Desisti de medir o tempo essa semana. Quanto mais eu durmo e acordo mais longe está o domingo. Não vou mais contar as horas. Vou me anestesiar com os ponteiros do relógio, exatamente como fiz com as folhas do calendário do jogo do Central da série C para cá.

Bom, o que nos resta é esperar e torcer muito contra o Central. Mas, sinceramente falando, no dia que Santa Cruz chegar ao ponto de temer o Central, Barrichello coloca 3 segundos por volta em Schumacher. Isso é absurdo. Chegou a hora dos grandes e ponto final. Sem menosprezo, mas com seriedade e futebol.

Voltando ao ano passado, lembro que precisávamos ganhar dois jogos para conseguir a classificação ao segundo quadrangular da série C e conseguimos dois empates. A sorte nos ajudou e nos classificamos mesmo assim. Quem sabe a sorte não dá uma ajudinha novamente, mas o meu medo de verdade, é que o Central não tem mais Marco Antônio.

Um abraço a todos e vamos fazer o que os resta a fazer, torcer e apoiar demais.

20 Comentários

  1. É lamentável Manoel , mas vc tem razão ! Pq será q só o santa cruz ñ aprende com o passado ?
    Apesar dos pesares irei a Caruaru e mesmo sem Marco Antônio no central , venceremos !

  2. joãozinho
    2

    olha, e esse treinador, o márcio bitencourt tb adora volantes. e vou dizer, não existe profissionalismo nenhum no clube.

  3. É Manoel, de 2006 pra cá só muda-se os atores, mas, o script
    permanece o mesmo, até quando?
    Sei que o que escreverei agora vai deixar alguns revoltados,
    mais é apenas uma sugestão; a torcida não comparecer ao jogo
    em Caruaru, que sabe assim os jogadores do Santa, voltem a
    jogar futebol e ganhe o jogo, afinal é a torcida que está
    atrapalhando time, já que a maioria tem amarelado ante a na-
    ção tricolor, simples não? sem torcida eles lembrarão que
    são jogadores para time pequeno e se comportarão como tal e
    bingo! ganharão o jogo.
    Saudações corais.

  4. No próximo domingo, o trabalho de um simestre pode ser jogado fora, em apenas 90 minutos. Claro que não torcemos por isso, pelo contrário, creio, que iremos fazer valer nossa tradição e de uma vez por toda, os jogadores irão encarnar nosso espírito de vencedor e de clube guerreiro. Lamentável o preço de ingresso! todavia, é nossa realidade.

    Saudações corais! E com certesa, sairemos com uma goleada histórica!!!

  5. joãozinho
    5

    olha, alan de olinda, é dificil uma goleada. são tres volantes e somente reinaldo.
    vou dizer, não sei nem se dá para ganhar.

  6. Emmanuel Andrade
    6

    Leitor inveterado de tudo que se relaciona ao nosso Santinha, fazia tempo que não lia um texto tão simples, mas tão realista.

  7. É amigos, está se tornando realidade o que postei no artigo
    anterior, o CSA ganhou do Sergipe por 2×0, agora é fazermos
    a nossa parte, ganhar do Central amanhã e no dia dos pais o
    CSA será uma mãe para nós.
    Saudações corais.

  8. André Tricolor Virtual
    8

    O grande problema continua sendo o mesmo: “a nossa hora ainda não chegou” …

    Tínhamos que Reformar o Arruda … e chegar a um patamar de ‘grande time’ ainda vai demorar um pouco … Agora é cumprir a obrigação nada fácil de nos classificarmos para a Série C!

    Abraços a Todos,

    >>> VIVA SANTINHA !!!

  9. Erick Ramo
    9

    Tomara que a onda de otimismo entre em campo… Vou começar a beber a partir de hoje, caso contrário, meu coração não vai aguentar.

    []’s
    Erick Ramo

  10. tritritricolor
    10

    Relaxa cara, mos classificaremos hoje.

  11. Fabiano Pinheiro
    11

    16h00 – Campeonato Brasileiro Série D: Central x Santa Cruz – Jornal (PE, menos Caruaru)

  12. Fabiano Pinheiro
    12

    http://midiaesporte.blogspot.com/2009/08/transmissoes-esportivas-da-tv-no.html
    16h00 – Campeonato Brasileiro Série D: Central x Santa Cruz – Jornal (PE, menos Caruaru)

  13. Valeu Fabiano, nós exilados agradecemos por esta importante
    informação, agora é fazermos o que mais sabemos, torcer!
    Saudações corais.

  14. Fabiano Pinheiro
    14

    Vamos torcer que a informação esteja correta. pois acho que a gente só vai ter certeza na hora, pois tem gente que jura de pés juntos que não vai ser transmitido e outros dizem o contrário com a mesma segurança.

  15. Eduardo Ramos
    15

    Permitam-me desabafar após mais um vexame do nosso Santa Cruz.

    Confesso que ano passado, após aquela reunião no Sindicato dos Servidores Públicos Federais, eu acreditava em uma nova proposta de gestão.

    De repente, surge FBC e, todos os projetos, ou boa parte deles, vão para os arquivos. Novo presidente, novas promessas, novas esperanças.

    As alegrias começaram a se misturar com preocupações. A minha “vida”de conselheiro só durou 5 meses, pois em fevereiro, preferi renunciar. A prática que eu aprendi na minha militância sindical e política eram bem diferentes da que vi no Conselho Deliberativo. Optei pela saída para que o que assumisse, trabalhasse de modo efetivo e alinhado com os que lá estavam.

    Depois do Conselho Deliberativo, resolvi sair do Grupo Coral. Os motivos não merecem ser explicitados mas, era flagrante o meu desconforto no grupo. Esclareço que este desconforto não era pessoal mas, de pensamentos e práticas.

    Esta semana passada, para preservar o bom convívio pessoal, pedi a minha exclusão da Aliança Coral.

    Voltei a ser o que sempre fui: Sócio, torcedor e proprietário de cadeira cativa. Penso que assim posso ser mais útil ao Santa Cruz.

    O desânimo neste momento me leva a uma tristeza da mesma intensidade quando perdemos a oportunidade de ser hexa-campeões em 1974 e, a derrota para o Cruzeiro, em 1975. Só que desta vez, a vergonha veio anexa, pois nas outras, nada arrefeceu o orgulho de ser SANTA CRUZ.

    Desculpem-me o desabafo. Estava precisando

  16. Robson/Pi
    16

    Sem palvras! minha preocupação é com as enormes dívidas financeiras e o agravamento da falta de recursos em razão deste último fracasso.

  17. reci sa silva santos
    17

    O HORROR!

  18. Comentário moderado por conter ofensas pessoais.

  19. Cláudio Guimarães
    19

    E pensar que coloquei toda aminha fé em FBC… O Time se acabando com China, e ele longe, nos EUA, de férias, quando deveria era estar trabalhando arduamente, seja nos bastidores, seja no dia-a-dia e etc.

    A humilhação e a dor são grandes demais. Aos que acreditam, por favor, acreditem POR MIM, porque eu não acredito mais.

    Cansei de ser imbecil. Prefiro apreoveitar o que me resta em PAZ!!!

  20. Cláudio Guimarães
    20

    DImas, Josias, Manoel, Paulo, enfim, todos os que fazem o TC, eu vou indo. Parabéns a vocês pelo blog. Pela visão e pelo amor dedicado ao Santa.
    Sinto pelos mais jovens, que não puderam ver e sentir as emoções do antigo TERROR DO NORDESTE, que hoje nitidamente definha, definha, numa agonia que parece não ter fim.
    Hoje, durante o jogo, passei mal, e fui socorrido por minha esposa e pelo meu melhor amigo(meus filhos estavam em gravatá); e esse amigo-irmão que eu tenho – Jonas – torce pelo Sport, e me ajudou. Aliás, sempre presente esse meu amigo, por mais de 5 décadas. São tantas histórias, que nem um livro saberia explicar. 50 anos de amizade. Isso é o que gente leva da vida.

Regras de moderação do Torcedor Coral
O Torcedor Coral não se responsabiliza pelas opiniões de seus leitores, mas se reserva ao direitor de excluir, sem aviso prévio, os comentários que:
1. Façam acusações sem provas;
2. Configurem qualquer tipo de crime, de acordo com as leis do país;
3. Contenham ofensas pessoais a quem quer que seja, mesmo que o ofendido seja reconhecidamente um canalha;
4. Defendam ou enalteçam o LEF, pois nós somos liberais, mas nem tanto assim;
5. Utilizem e-mails falsos ou inexistentes;
6. Tenham características de chat ou bate-papo;
7. Copiem textos publicados em outros espaços virtuais, ao invés de publicarem os links das matérias originais.
8. Publiquem sistematicamente os mesmos comentários, repetições de ideias ou opiniões;
9. Publiquem comentários com prevalência em caixa alta, que é o mesmo que gritar na internet;
10. Manifestem intolerância à liberdade de opinião;
11. Tenham características de perseguição a outros leitores;
12. Manifestem, implícita ou explicitamente, mensagens eleitorais, tanto de candidatos a cargos no clube, quanto de partidos políticos;
13. Contenham mensagens abusivas, desagradáveis, ostensivas, cansativas e que não se utilizem de bom senso.

Algumas palavras estão programadas para cair automaticamente na moderação de modo a facilitar o cumprimento das regras. Assim, seu comentário será liberado o mais rápido possível, se for constatado que não houve violação.

O sistema anti-spam do Torcedor Coral, utilizado para evitar malwares ou vírus, ocasionalmente poderá reter indevidamente um comentário legítimo. Também poderão ser retidos indevidamente os comentários que contenham dois ou mais links, pois são através deles que ocorrem ataques ao blog. Tão logo esses casos sejam identificados, os comentários serão liberados.

Lembre-se, o trabalho no Torcedor Coral é realizado de forma voluntária por cada um dos editores, cronistas, moderadores e colaboradores, já que todos atuam profissionalmente em outras áreas. Dessa forma, tenha paciência, caso seu comentário não seja liberado imediatamente.

Para comentar regularmente, o autor deve ter um comentário aprovado anteriormente no Torcedor Coral.

Os casos omissos serão definidos pelos editores do blog.

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *