Amor de rapariga

amor-de-rapariga.jpg

 Amigos do blog, descobri algo incrível! Descobri que o maior amor do mundo não é o amor de mãe. Mamães tricolores que me desculpem, mas o maior amor do mundo é o amor por um time de futebol! Generalizando, sabemos que filhos dão dor de cabeça, problemas, despesas, preocupações e as mães estão sempre do lado deles, dispostas a fazer tudo pelos seus filhos. Mas, por outro lado, recebem dos filhos amor, carinho, afeto, alegrias, atenção e, durante a velhice, recebem cuidados e netos. Claro que há exceções de mães ruins e filhos que não velem nada, mas, em geral, é assim que as coisas funcionam.

Depois do discurso psico-familiar, vamos falar do amor pelo clube de futebol, mas especificamente, pelo nosso Santinha. Gente, se eu fosse um garoto de 15 anos, teria tido no máximo 5 ou 6 alegrias com o Santa Cruz. É muita tristeza e muita vergonha que nosso Santa já nos fez passar. Mas, com certeza, apesar de tudo, tenho boas histórias de grandes amigos tricolores sobre nosso Santa e queria compartilhar com vocês um pouco dessas histórias que explicam o que é o verdadeiro amor, o amor por um time, o verdadeiro amor de rapariga.

Tenho um amigo cearense que veio estudar no Recife na fase que a coisa ganhava tudo. Morou na casa de um tio, torcedor doente da coisinha. Ia para os jogos da coisa com o tio. Mudou-se para um apartamento que fica a 20 metros do chiqueiro. Só viu o Santa ser campeão 4 vezes. E, mesmo assim, pode ser facilmente encontrado em todos os jogos do Santa nas sociais, não faltando quase nenhum.

Tenho um amigo que perdeu prova de pós-graduação para ver um jogo na campanha de 1999.

Tenho um amigo que faltou o aniversário de 70 anos da mãe para assistir Santa 0x3 ABC.
Enfim, todos nós podemos contar mil histórias como essas e muitas delas que aconteceram com nós mesmos. Mas, como todo bom corno que ama uma boa rapariga, comecei a enxergar bem ao longe bons motivos para levantar da queda à série C e começar 2008 ainda feliz e ansioso para ver nosso Santinha. Bom, quem acha que estou doido, favor se lembre que o texto se chama amor de rapariga. Vejam minhas razões:

  • Estando na série C, a cachaça será ainda maior. Ao invés de assistir num bar Santa x Santo André, vou assistir in loco Santa x Treze-PB, Santa x CSA, Santa x ICASA, Santa x Central, enfim, vou fazer turismo cachaçal pelo interior do meu querido nordeste. Meu irmão tem carro à gás, o que tornará ainda mais barato ver meu santinha e comer bode pelo interior.
  • Voltaremos a ter jogos no domingo e na quarta. Gente, dia de jogo é domingo. Sábado é dia de se preparar para ver o jogo.
  • Seremos um time temido no nordeste. O terror do Nordeste voltou. Está certo, não é contra Bahia, Vitória, mas, é contra Nacional de Patos, Corinthians de Caicó, etc. O importante é ser o Terror da série C no nordeste.
  • Poderemos ir a João Pessoa, assistir Santa x Botafogo-PB e tomar cachaça na casa de Artur. Ou seja, por algumas vezes, ele não precisará dirigir 100 km pra ver nosso Santinha.

Gente, diante desses motivos, estou quase votando no diminutivo de novo e pedindo que no estatuto conste que o time nunca saia da série C. Um Viva a série C!

Brincadeiras à parte, não vou, aliás, não vamos virar a cara para nosso clube. Quem está à frente do Santa agora sairá ano que vem. Nosso Santa ficará. Nós ficaremos com ele. E, vamos torcer que de onde menos esperarmos, saia alguma coisa, afinal, quem diria que a única alegria que o Santa me deu esse ano viria justamente do jogador que mais critico e odeio: Marco Antônio e seu gol descabaçador.

Que todos vocês comecem a vislumbrar um 2008 difícil, porém prazeroso e que nosso amor de rapariga pelo nosso Santinha nunca se acabe e que continue sendo o nosso maior amor do mundo. Abraços e contando os dias até 13/01.

32 Comentários

  1. Almir Xavier da Silva
    1

    O que foi que eu disse a respeito de Hugo?

    Viram só o que ele fez?

    Isso porque diziam que aquele mizerável era tricolor.

    Mas também, não estou nem aí, ele era apenas um projeto de bom zagueiro com uma discreta qualidade nas antecipações, porque de resto ele era apenas um zagueiro qualquer.

  2. O PROBLEMA NÃO É AMOR DE RAPARIGA E SIM QUE
    VIRAMOS UMA TORCIDA MAZOQUISTA, NOS ACOSTUMAMOS A SOFRER NOS ACOMODAMOS E AGINDO
    DESSA MANEIRA ELEGEMOS APROVEITADORES, AMADORES, IRRESPONSÁVEIS ATÉ TORCEDOR DA COISA
    PARA DIRIGIR NOSSO CLUBE.
    PODERIAMOS TER EVITADO O REBAIXAMENTO JÁ QUE
    O ENVIADO DO INFERNO o diminutivo FEZ DE PROPÓSITO SE NOSSA CARGA DE PRESSÃO FOSSE TODA EM CIMA DE MAURO FERNANDES COMO FIZEMOS COM
    ENIO ANDRADE QUE SAIU DO ARRUDA CORRENDO,
    COM ARTUZINHO, COM O JUIZ PAULO CESAR LOGO APÓS
    NOS ROUBAR UM JOGO PELO BRASILEIRO DE 2001
    COM A FISCALIZAÇÃO E A PRESSÃO NOS ELEITORES
    FANTASMAS NA ELEIÇÃO DO TRAIDOR.

    UM ABRAÇO A TODOS OS TORCEDORES DO NOSSO SANTA CRUZ

  3. Carlos Henrique
    3

    vamos deixar de ter preconceitos com as raparigas. o sexo não é banal, é fatal e muito necessários para o mundo animal. as muriçocas fazem seus coitos, os cachorros, porque uma rapariga não pode ser feliz?

  4. Roberto Gomes
    4

    A juiza julgou improcedente o pedido de Hugo na justiça do trabalho, e marcou uma nova audiência para o dia 23 de janeiro, e caso se confirme que ele não tem direito à reclamação, deve cumprir o seu contrato até o fim, ou algum clube pague a multa rescissória para leva-lo, do contrario ficaria no Santa, sem essa de não ter clima. Por mim ia comer arrochado de agora em diante, porque ele é acostumado a fazer dessas armações, orientado por não sei quem para deixar o clube.
    Saudações Corais.

  5. Almir Xavier da Silva
    5

    No começo do ano o filho da mãe estava treinando na Barbie escondido.

    Esse cara achou que jogava bola e já começou a querer se mostrar. Limitadíssimo na bola alta e fraquíssimo no mano-a-mano.

    Eleito um dos melhores da Série B por falta de opções e influênica de Zé Neves, achou que era o cara.

    O Santa tirou o cara da concentração do clube e o pôs num apartamento de classe média em Recife. Ajeitou o salário do cara, ajudou o pai dele a comprar um carro zero km e o FILHO DA PUTA DESGRAÇADO tem coragem de fazer isso com o clube!!!

    Mal caráter!

  6. este tipo de humor com o SANTA CRUZ FUTEBOL CLUBE, me parece duas coisas: rir de tudo, atirar no pé, cuspir para cima ou tentatar aparecer a qualquer custo, que meeeeeeeeeeeeeeeerda.

    ps. não vou te desejar SAUDAÇÕES CORAIS, porque, acho que torces pela gata mansa. não escrevo nesta porra de blog, sou mais a TURMA DA TESOURA que leva o SANTA CRUZ FUTEBOL CLUBE a sério tem críticas concretas e com humor verdadeiro.

    fred.

  7. milton pereira
    7

    Já estou cansado de ler insultos ao Santa Cruz por supostos torcedores tricolores (serão ?), ou prováveis torcedores burronegros!

  8. Giovanni Brito
    8

    Concordo com o Fred e com o Milton. Ta mais do que na hora de fazer oposição séria. Ficar com esse tipo de piadinha (amor de rapariga) e achar que tomar cachaça no interior é uma boa, é “coisa” de quem pensa pequeno. Organizem uma opsição séria e vamos derratar esse pessoal nas urmas. Neste casso podem contar comigo.
    Saudações tricolores.

  9. MARCELO BARBOSA
    9

    Estou impressionado com a capacidade literária dos tricolores. Amigos como é possível transcrever o sentimento que temos vivenciado. Nós sofre, mas nós gosta. Este ditado tem que acabar, e deve ser hoje.

  10. Caros amigos,

    Passei alguns dias afastado do blog e, ao retornar hoje, para minha surpresa, vi a polêmica em torno do artigo Amor de Rapariga. Li palavras grosseiras, agressões gratuitas e questionamentos destituídos de bom senso ao se por em dúvida o time do coração do cronista.

    Gostaria de dizer que não há, entre nós editores do blog, a pretensão de agradar a todos os que freqüentam este espaço. E, invariavelmente, haverá divergências em qualquer tema abordado sobre o Santa Cruz, seja ele política, gestão, futebol ou até mesmo as trivialidades do comportamento de um torcedor, pois, da primeira à última análise, é isso o que somos.

    Cada leitor tem o direito de concordar, discordar, gostar ou não do texto, pois isto faz parte do jogo democrático. Entretanto, se alguns leitores exercitassem a autocrítica com a mesma franqueza com que criticam seus pares, talvez entendessem melhor a agressividade de suas próprias palavras.

    Assim como são livres os leitores para discordar do conteúdo dos textos, também são livres os articulistas para publicar qualquer artigo sobre o Santa Cruz, sem patrulhamentos.

    O estilo do Torcedor Coral sempre foi assim e assim permanecerá até o dia em que eu decida mudar ou fechar o blog.

    Saudações corais,

    Dimas Lins

  11. Paulo Aguiar
    11

    19/12/2007 – 14h00m – Atualizado em 19/12/2007 – 14h03m

    Paulo Alves processa dirigentes do dossiê
    Ex-assistente exige explicações de Édson Nogueira e Carlos Alberto Oliveira na Justiça

    Fabrício Costa

    Do GLOBOESPORTE.COM, no Rio de Janeiro
    entre em contato
    ALTERAR O
    TAMANHO DA LETRA A-A+

    Lancepress
    Presidente do Santa, Edson Nogueira entrega o dossiê a Carlos Alberto OliveiraO ex-bandeirinha e membro da Comissão Nacional de Arbitragem Paulo Jorge Alves entrou com uma queixa-crime, nesta segunda-feira, na 38ª Vara Criminal do Rio de Janeiro contra os presidentes do Santa Cruz, Edson Nogueira, e da Federação Pernambucana de Futebol, Carlos Alberto Oliveira. Acusado de integrar um esquema de extorsão na Série B, Paulo quer que os dois dirigentes respondam por crime de calúnia (pena de 1 a 3 anos) e difamação (6 meses a 2 anos de prisão) em audiência a ser marcada pelo juiz Jorge Luiz Le Coq D’Oliveira.

    – Esses cartolas terão que provar na Justiça o que disseram contra mim através da imprensa. Eles não provaram nenhuma das acusações no julgamento do STJD. E, agora, vão ter que responder criminalmente – afirma o ex-árbitro assistente, que também pretende entrar com uma ação de danos morais na área civil.

    De acordo com o advogado Wallace Martins, representante de Paulo Jorge Alves, Édson Nogueira e Carlos Alberto Oliveira serão intimados a depor no início de janeiro.

    – Após receberem o comunicado da Justiça, eles terão dez dias para provar que o meu cliente participou de um esquema de manipulação de resultados na Série B. Até o fim do mês que vem, ambos devem ser julgados no Rio de Janeiro. Se os dirigentes tiverem antecedentes criminais, as penas juntas podem passar de 4 anos – garante o advogado de Paulo Jorge Alves.

    Entenda o caso
    O presidente do Santa Cruz, Édson Nogueira, fez um dossiê acusando membros da Comissão Nacional de Arbitragem de provocarem a queda do time cobra-coral para a Série C. No documento, entregue ao Ministério Público e à Federação de Pernambuco, o dirigente alega que pessoas ligadas a árbitros pediram lhe dinheiro para “fabricar” resultados a favor do Tricolor.

    No dossiê constam números de contas bancárias e e-mails sobre um suposto esquema de corrupção. Na maioria das mensagens eletrônicas, a pessoa que se comunicou com o dirigente utiliza o nome de Paulo Jorge Alves, que é ex-bandeirinha, trabalhou na Copa do Mundo de 1990 e atualmente é da Comissão de Arbitragem da CBF. O dinheiro, entretanto, deveria ser depositado no nome de Francisco Gaspar Neto, também supostamente integrante da comissão.

    Neste momento, o presidente da Federação Pernambucana de Futebol, Carlos Alberto Oliveira, pediu a suspensão da Série B, além de requisitar o afastamento de Paulo Jorge Alves da Comissão Nacional de Arbitragem. Olveira ainda endossou tudo o que foi escrito pelo dirigente do Santa Cruz no dossiê.

    Trechos do dossiê
    Além de solicitar dinheiro possivelmente distribuir entre os árbitros, a pessoa que utilizava o nome de Paulo Jorge Alves também dava palpites na escalação do Santa Cruz. Segundo o suposto corruptor, se o elenco não ajudasse, o esquema iria dar errado:

    “De nada adianta a sua pessoa nos enviar ajuda se assim seu time não corresponde. Afirmo que não trabalhamos sem ajuda e a colaboração dos seus jogadores. Eles precisam ter mais pegada. (…) O seu atacante Kuki ainda está com a cabeça no Náutico. Comece a colocar jogadores mais velozes na frente e tire ele por uma partida. Tire também o meia (Carlinhos) Paraíba, acerte esta dupla de zaga e seus alas. Eles estão entregando o ouro e lhe prejudicando.”

  12. Dimas, o TORCEDOR CORAL tá cada vez melhor. Não se incomode com certas críticas rancorosas; futebol pra mim é alegria, apesar de tanta raiva que tive esse ano com o Santa.

    Vou contar os dias pra que essa série c comece logo, e eu possa viajar sertão afora, tomando uma com os colegas santacruzenses.

    Um abraço!

  13. Gostei do texto. Muito Bom. É tipo: “faça de um limão, uma limonada”.

    Abraços e Boas Festas.

    Como bem disse nosso amigo Sérgio,

    SAUDAÇÕES TERCEIRAIS!!!!! MAIS O AMOR, CARINHO, AMIZADE E RESPEITO QUE TENHO POR VCs É DE PRIMEIRA!!!!!!

  14. Quem está sendo agressivo,grosseiro e dubio ? Aquele que vulgariza o amor que temos( eu e milhões de torcedores ) pelo SANTA CRUZ FUTEBOL CLUBE( INSTITUIÇAÕ AO QUAL PARECE NÃO CONHECER A HISTORIA E SIM MEDI-LA, APENAS PELAS VITÓRIAS CIRCUSNTANCIAIS ) ou quem utiliza o espaço, que pensei e fosse democrático para divergir,discordar e até mesmo se igualar na linguagem chula e vulgar para se referir ao SANTA CRUZ FUTEBOL CLUBE.

    Ps. Tenho um filho de 11 anos (JOÂO), que só viu o time dele campeão pernambucano uma vez ( 2005 ) e na 1ª divisão tambem,competiçao ao qual chorou e sofreu cada derrota e o rebaixamento, não creio que o amor dele seja de rapariga. É preciso ter cuidado com o sentimento das pessoas.

    adeus.

  15. Antônio Vicente
    15

    Fred,

    Você tem uma noção distorcida de democracia. Você diz que o cara quer aparecer a qualquer custo, chama o texto de merda, diz que o cara nem torcedor do Santa é, e depois faz beicinho porque alguém diz que você foi grosseiro. Pois saiba que quem diz o que quer, ouve o que não quer. Isso é democracia, não o que você pensa que é.

    Pois eu gostei do texto. E ao contrário do que você diz, o rapaz não ofendeu ninguém. Foi você quem baixou o nível.

    E digo mais, caia na real, pois o time caiu para terceira divisão! Ou você aprende a conviver com isso ou vai viver mau humorado durante todo o ano que vem.

    Tem cada um que aparece no mundo achando que é mais tricolor que os outros.

    Manoel, bom texto! Tem que ter bom humor para atravessar a terceira divisão!

    Vicente

  16. Almir Xavier da Silva
    16

    Eu também detestei o texto, pois não acho que o meu amor seja de rapariga.

    Mas a opinião é de quem escreveu o texto e acho que se ele sente assim é uma questão pessoal dele.

    Até tentei desviar a atenção do texto para o caso do Hugo, mas não teve jeito.

  17. Gente,

    Acho que futebol só existe com alegria. No dia que torcer significar ofender moralmente, fisicamente ou verbalmente alguém, acho que a coisa perde um pouco do sentido.

    A realizade é que gostar de um texto ou não é uma escolha pessoal. Muitos gostam, outros nem tanto. Às vezes, textos que eu escrevo ( escrevo mais ou menos um por semana pro torcedor coral ) e acho que não ficaram bons, as pessoas gostam. Outras vezes, escrevo e gosto do que foi escrito e, as pessoas não gostam. É impossível agradar a todos, porém, é possível esperar respeito de todos.

    Eu, particularmente, estou muito feliz com o que o texto pode alcançar. Vi comentários e posts de pessoas que nunca antes tinham postado nem um comentário sequer. Continuem assim amigos corais. Continuem lendo o blog, comentando ( seja concordando ou não ), criticando , elogiando, pois, todos nós colunistas do blog ( eu, Dimas, Léo, Geó e Artur ) somos profissionais ocupados e, mesmo assim, num ano terrível desses para todos nós tricolores, arranjamos tempo, inspiração e vontade de escrever algo.

    Obrigado aos que gostaram do texto. Desculpe aos que não gostaram. Prometo que um dia, nem que seja em um texto, vocês gostaram das minhas idéias.

    E, seja em qualquer série, com o Santa sempre estarei.

    P.S. Pra quem disse que eu não era tricolor, procura saber na história do clube o que o sobrenome VALENÇA significa.

  18. Eduardo Ramos
    18

    Cada um tem seu modo de interpretar, ou reagir, a qualquer texto publicado. Quem conhece a família Valença, que vai dos irmãos Valença a Alceu Valença, que vai do saudoso e espirituoso Dr. Lívio Valença a Clávio e Jório Valença.

    Quem na vida nunca foi amado por uma rapariga? Ainda que, este amor fosse somente dela.

    Mas, quero transcrever o que copiei do Jornal O Liberal, de Belém, publicado ontem sobre o Paysandu, e que merece a nossa reflexão.

    _________________________________________

    Condel decide cassar título de conselheiro por improbidade administrativa

    Por votação unânime entre mais de 50 conselheiros do Paysandu, o ex-presidente bicolor Artur Tourinho foi eliminado do quadro de sócios do clube. A decisão foi tomada ontem à noite, após reunião do Conselho Deliberativo, na sede social. Os motivos para a exclusão do ex-dirigente, de acordo com os conselheiros, são irregularidades administrativas ocorridas na época em que ele presidiu o time, de 2000 a 2006. Tourinho foi procurado para comentar a decisão, mas não foi encontrado.

    A situação de Tourinho deverá ficar ainda mais apertada. O relatório do advogado Sebastião Haber, que conduziu as investigações sobre a gestão anterior a de Miguel Pinho, deverá ser encaminhado ao setor jurídico do clube. ‘Optamos por enviar as informações primeiro para o jurídico analisar e, se for o caso, apresentar ao Ministério Público’, disse o conselheiro Alan Lima.

    O relatório foi escrito com base em dados obtidos na auditoria feita nas finanças do Paysandu, sem colaboração de Tourinho, que não se apresentou aos demais conselheiros para esclarecer as suspeitas de improbidade administrativa. ‘Foram detectadas transferências ilegais e desvios de verbas para a empresa da esposa de Tourinho e para o empresário Chico Ferreira. A auditoria descobriu desvios das verbas conseguidas com a negociação dos jogadores Robson, Balão e Marabá’, disse Alan Lima.

    A análise contábil referente à administração de Tourinho foi iniciada em abril. O levantamento de dados da gestão terminou em agosto, quando o ex-presidente foi convocado a prestar esclarecimentos. Mas Tourinho, por meio de advogado, se colocou à disposição somente em sua casa ou escritório.

    Decisão agrada

    O cartão vermelho ao ex-presidente bicolor Artur Tourinho foi considerado positivo pelo Condel. A reunião entre os mais de 50 conselheiros se estendeu por mais de duas horas e foi comandada pelo vice-presidente do Condel, Ricardo Gluck Paul. A maioria dos conselheiros saiu animada com o resultado da votação. ‘Essas coisas enaltecem a integridade do clube. O que pegaria mal seria cobrir indícios tão claros de irregularidades, como as que a auditoria encontrou’, declarou Gluck Paul.

    De acordo com o vice-presidente do Paysandu, Leonan Cruz, as investigações no clube não têm motivações pessoais. ‘Me dou muito bem com o Tourinho. O que está sendo discutido aqui é a administração do clube. O voto do Sebastião é uma convicção dele. Para que seja tomada uma decisão, todos devem votar’, ponderou.
    ___________________________________________

    Infelizmente, o Conseleho Deliberativo do nosso Santa Cruz foi omisso, incompetente, subserviente e, o mais grave, por tais omissão e compactuação, trouxe danos irreparáveis às Repúblicas Independentes do Arruda.

  19. Eduardo Ramos
    19

    Próximo sábado, no Bar do Seu Vital, será a confraternização da Confraria do Blog do Santinha.

    Acredito que os blogueiros do Torcedor Coral
    se farão presentes pois são dois blogs “encangados”.

    Se não temos o que comemorar em 2007, pelo menos, as amizades geradas pelos Blogs ~já são mais que motivos suficientes.

  20. Amigo Eduardo,

    A confraternização deste ano juntará o Torcedor Coral, o Blog do Santinha e a Sanfona Coral. Além é claro, da atuante participação da Confraria dos Blogs.

    Saudações corais,

    Dimas Lins

  21. gostei do texto. e como falou o autor, não é feito para agradar a todos.
    o amigo acima, eduardo ramos, postou que sábado tem a confraternização do blog do santinha. me desculpe, mas pelo que vi, é uma confraternização dos blogs e não de confraria de blog, ou estou enganado?
    não compartilho com essas divisões de grupos, é confraria ninho da cobra, confraria do blog do santinha, veneno coral, etc.

  22. Eduardo Ramos
    22

    Carlos, eu sou a favor de divisões quando os propósitos são divergentes. Quanto à confraternização, eu apenas entendi que o Blog do Santinha incorporava a todos os componentes da Sanfona Coral e da Torcedor Coral. Se houve este maum entendido, espero ter esclarecido, como já foi pelo amigo Dimas.

    No sábado, todos os “viciados” ( que vício bom!) nos Blogs e a turma da Sanfona Coral, frequentadores assíduos da Quinta-Santa.

  23. Vicente, falei de espaço democrático do blog e não de democracia, que se trata de governo do povo( Para sua informação )acho que quem não teve noção do que eu disse, foi vôce,( o blog é particular:,”vide”: Até o dia que EU decida mudar ou fechar o blog. Falo de aparecer a qualquer custo, visto que quem escreve qualquer artigo tem sempre, neste blog, que ser elogiado ou bajulado. Quanto a torcer pelo SANTA CRUZ FUTEBOL CLUBE, confesso que radicalizei, peço desculpas a Manoel Valença, ou Manequinha, que me pareceu dôce e diferente do autor seu ” artigo ” no seu último comentário ) por ter acusado-o de torcedor da gata mansa, muito embora DNA não quer dizer nada, pois sou filho de rubro negro, infezlimente. Quanto ao beicinho não o fiz ,reagí, apenas a forma dura e de madre superiora de DIMAS . Quanto ao mau humor, acho que não é isso, foi muito mais, tristeza decepção ,desilusão, desengano com o SANTA CRUZ FUTEBOL CLUBE, de quem tem 38 anos de geral e não pode ver qualquer crítica ,sátira , crónica, artigo ou o escambau. fred.

  24. O que eu posso dizer meu Deus?
    Vou repetir Oswald de Andrade:
    “A alegria é a prova dos nove”!

  25. pegando carona no clima poético:

    DEFESA DA ALEGRIA (Mario Benetti )

    Defender a alegria como uma trincheira
    defende-la do escândalo e da rotina
    da miséria e dos miseráveis
    das ausências transitórias
    e das definitivas

    defender a alegria como uma bandeira
    defende-la do raio e da melacolia
    dos ingênuos e dos canalhas
    da retórica e das paradas cardíacas
    das endemias das academias

    defender a alegria como um destino
    defende-la do fogo e dos bombeiros
    da obrigação de estar alegres

    defender a alegria como um direito
    defendê-la de deus e do inferno
    das maísculas e da morte
    dos apelidos e das lástimas
    do azar
    e tambem da alegria

  26. desculpe a sinceridade, mas esse negócio de moderador parece coisa do SEGUNDO REINADO.

    PS. São coisas de prfessor de história

    fred.

  27. Antônio Vicente
    27

    Fred,

    Desculpe-me também a sinceridade, mas você não sabe mesmo ser democrático. Você é cheio de retórica, mas a verdade é que você acha que pode dizer tudo e ninguém pode contrariá-lo. Você acha normal esculhambar o texto de alguém, desqualificar as pessoas, chama um de merda e torcedor de outro clube e outro de madre superiora, mas ninguém pode achar que você foi grosseiro. Você foi e é grosseiro, querendo você ou não.

    Você disse o que quis, no entanto seus comentários continuam aí, sem ninguém mexer. Se isso não é democracia, então eu não sei o que é. Quem não sabe o que é democracia na verdade é você. Você acha que democracia é você poder esculhambar e ninguém ter o direito de achar grosseiro o que você diz. Repito: você não tem noção. E agora desço ao seu nível: você só pode ser mal amado. Vai transar, para ver se relaxa.

    O engraçado é que você disse que não escreve “nessa porra de blog”, mas não para de escrever. Bicho, cumpre sua promessa e desaparece.

    Se tu acha ruim moderação, então cria teu próprio blog e deixa todo mundo esculhambar a vontade.

    Vai aprender a conviver em sociedade!

    Vicente

  28. Amigos,

    Tenho a impressão que esta discussão é inútil e já foi longe demais. Venha de quem vier, não permitirei ofensas a quem quer que seja.

    Dessa forma, comunico que a partir de agora retirarei qualquer comentário ofensivo, pois creio que podemos divergir com civilidade.

    Saudações corais,

    Dimas Lins

  29. Almir Xavier da Silva
    29

    Acho que é melhor deixar isso pra lá.

  30. Quando menino em São Bento do Una, aprendi a gostar do Santa Cruz, principalmente pela combinação das suas cores, e até hoje, mesmo tendo passando quatro décadas no Rio de Janeiro, nunca o esqueci. Nos anos 70 adquiri um potente rádio transglobe Philco, com nove faixas de onda, só para ter o imenso prazer de ouvir as transmissões dos jogos do tricolor sob o patrocínio do “Rapidão Cometa”.

  31. Tenho absoluta certeza de que em 2009 estaremos de volta à segunda divisão do futebol nacional e em 2010 na primeira.
    Foi muito descaso deixar o Santa Cruz cair para a terceira divisão. Como é um time de tradições, superará todos os obstáculos. Assim , esperamos. É encarnado, preto e branco!

Regras de moderação do Torcedor Coral
O Torcedor Coral não se responsabiliza pelas opiniões de seus leitores, mas se reserva ao direitor de excluir, sem aviso prévio, os comentários que:
1. Façam acusações sem provas;
2. Configurem qualquer tipo de crime, de acordo com as leis do país;
3. Contenham ofensas pessoais a quem quer que seja, mesmo que o ofendido seja reconhecidamente um canalha;
4. Defendam ou enalteçam o LEF, pois nós somos liberais, mas nem tanto assim;
5. Utilizem e-mails falsos ou inexistentes;
6. Tenham características de chat ou bate-papo;
7. Copiem textos publicados em outros espaços virtuais, ao invés de publicarem os links das matérias originais.
8. Publiquem sistematicamente os mesmos comentários, repetições de ideias ou opiniões;
9. Publiquem comentários com prevalência em caixa alta, que é o mesmo que gritar na internet;
10. Manifestem intolerância à liberdade de opinião;
11. Tenham características de perseguição a outros leitores;
12. Manifestem, implícita ou explicitamente, mensagens eleitorais, tanto de candidatos a cargos no clube, quanto de partidos políticos;
13. Contenham mensagens abusivas, desagradáveis, ostensivas, cansativas e que não se utilizem de bom senso.

Algumas palavras estão programadas para cair automaticamente na moderação de modo a facilitar o cumprimento das regras. Assim, seu comentário será liberado o mais rápido possível, se for constatado que não houve violação.

O sistema anti-spam do Torcedor Coral, utilizado para evitar malwares ou vírus, ocasionalmente poderá reter indevidamente um comentário legítimo. Também poderão ser retidos indevidamente os comentários que contenham dois ou mais links, pois são através deles que ocorrem ataques ao blog. Tão logo esses casos sejam identificados, os comentários serão liberados.

Lembre-se, o trabalho no Torcedor Coral é realizado de forma voluntária por cada um dos editores, cronistas, moderadores e colaboradores, já que todos atuam profissionalmente em outras áreas. Dessa forma, tenha paciência, caso seu comentário não seja liberado imediatamente.

Para comentar regularmente, o autor deve ter um comentário aprovado anteriormente no Torcedor Coral.

Os casos omissos serão definidos pelos editores do blog.

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *