O Exemplo que vem da Holanda

ajax.jpg

Continuo a minha série de artigos, observando o que acontece mundo afora no planeta bola e tentando aprender e enxergar como as idéias e atitudes poderiam se aplicar ao nosso Santa Cruz. Posso estar perdendo meu tempo, já que os que estão no poder não costumam aceitar sugestões de meros torcedores. A maioria deles se acha auto-suficiente no quesito administração do futebol. Deve ser por isso que chegamos ao estado atual…

Nessa série de Artigos, já tive a oportunidade de pegar um exemplo da Espanha e outro da França. Quem tiver interesse, basta clicar nos links contidos neste parágrafo e ler.

Dessa vez, o exemplo a ser observado é o do outrora poderoso Ajax. É, Outrora. O Time vem acumulando fracassos há dez anos. Não vence o campeonato holandês há quatro. Fora os vexames que tem dado nas copas européias. Alguma atitude precisava ser tomada. E eles não ficaram esperando aparecer um salvador da pátria.

Foi convocado um comitê, composto por nove pessoas (todas com credibilidade, competência e conhecimento do clube) que ficou responsável por estudar o funcionamento interno do Ajax por 3 meses, avaliando documentos e entrevistando pessoas ligadas ao clube. Esse trabalho gerou um estudo com avaliações e recomendações, que mostraram que a estrutura do Ajax estava com problemas, e isso se refletia nos resultados dentro de campo. O Relatório apontou falhas no organograma e sugeriu a necessidade de uma separação mais clara entre a direção do clube e o comando do futebol. A estrutura recomendada foi de ter um “Homem do Futebol” como diretor seguindo plenamente a linha de raciocínio do técnico escolhido. Trabalhando juntos.

O Estudo reconheceu a já famosa e exaltada qualidade nos trabalhos de base do Ajax na revelação de novos talentos e sugere que a estrutura seja mantida. Porém, faz uma observação. Considerou alguns técnicos da base incompetentes. Não adianta ter jovens promissores se não há quem os façam progredir e evoluir. É uma barreira ao invés de uma ajuda.

O Relatório alerta para o fato de jogadores medianos, vindos de outros clubes, tirarem espaço das revelações do Ajax. E fez uma observação que eu transcrevo literalmente aqui: “A maioria dos jogadores do elenco profissional tem de ter passado pelas categorias de base. O Ajax só deveria comprar jogadores que sejam jovens e promissores ou que tenham qualidade a ponto de elevar o nível do time”.

O Relatório também cobra do Ájax uma postura mais responsável no relacionamento com a torcida, considerada parte fundamental (grifo meu) para o funcionamento da engrenagem. “Os torcedores merecem uma comunicação clara. Sim é sim, não é não, e as promessas devem ser cumpridas – ou então que não sejam feitas”.

Isso foi feito no Ajax. Um clube com um passado glorioso, mas que passa um momento de crise. A questão monetária não é um problema para eles, tanto que nem foi mencionada. O que é preciso, é uma mudança de atitude. Uma nova postura. Uma organização visando resultados práticos. Melhoria nos processos e respeito à torcida. Valorização das revelações da casa. Para isso não precisa dinheiro. Basta vontade.

10 Comentários

  1. Fábio Belmino
    1

    Se não costumasse ler os artigos do blog com bastante atenção pensaria que o texto fazia menção clara ao glorioso Santa Cruz. (até competencia e credibilidade é citado) o que não é nosso caso.
    Realmente sempre defendi a idéia de termos uma gestão profissional principalmente no que tange ao futebol, uma gestão descolada da parte administrativa, porém com compromissos com resultados positivos e com o clube.
    A questão financeira também não acredito ser problema no Santa Cruz por dois motivos a receita com: patrocinios e venda de jogadores que foram muitos nos últimos meses. O problema realmente é a incompetencia e fraude nos números.
    No mais seria redundancia destacar pontos do texto, porém gostaria de frisar a questão das categorias de base que é mencionada, pois o pensamento é simples de fácil aplicabilidade e de uam inteligência maravilhosa.

  2. André Tricolor Virtual
    2

    Valeu ‘Leonardo’ pelo seu trabalho aí de pesquisa, nada é DISTANTE quando se quer CHEGAR !!!!

    Concordo com o que disse o “Fábio”, e acredito muito que o que o SANTA precisa, é de NOVAS pessoas para COMANDAR O CLUBE, o tempo dessa ‘raça velha’ e INCOMPETENTE já passou !!!!

    >>> VIVA O NOVO SANTA CRUZ !!!!

  3. Léo, definitivamente, não é um torcedor comum, nem apenas um amante do futebol. É um pesquisador, um cientista da bola.

    Por seus textos, já passaram sugestões simples de como melhorar a situação do clube. Recordo-me, por exemplo, de sua sugestão para que o Santa investisse na contratação de olheiros, assim como fez o Servilha. Aliás, com um investimento tão baixo, o time espanhol chegou a ganhar, por duas vezes seguidas, a Copa da Uefa.

    Mas não adianta apenas descobrir talentos. É preciso fazer contratos mais inteligentes e investir na moçada, caso contrário, estaremos apenas preparando jogadores para outros clubes, como, aliás, já estamos fazendo.

    Mais do que isso, para se fazer um trabalho sério na base, é necessário uma administração que, de fato, tenha credibilidade e competência e que não apenas se utilize do slogan.

    No mais, nem sempre é preciso dinheiro ou estrutura de times europeus para avançar.

    Parabenizo Léo, pela lucidez.

    Dimas Lins
    http://www.estradar.com
    http://www.torcedorcoral.com

  4. Almir Xavier da Silva
    4

    Belo texto, parabéns!

    Gostaria de ver agora um falando sobre o Colo-Colo do Chile, que estava morto e reviveu!

  5. Beleza Léo, belo texto.

    Temos que aproveitar e agir profissionalmente com essa nova safra de garotos sub-17. Os meninos ganham tudo, de brasileiro e mundial. Se a FIFA organizasse um mundial de Futsal, tenho certeza que nossos garotos detonavam.

    Profissionalizar gente. Contratar esses garotos desde agora com contratos longos e bem amarrados. Dar estrutura paa eles. Eles são a nossa salvação. Nossa base é a única cois que pode nos tirar dessa situação, pois, podemos até contratar 4 bons jogadores de fora, mas, na situação que estamos, não acharemos um plantel de 20 e tantos de qualidade por aí.

  6. Léo, parabéns pelo texto. É fundamental buscar idéias simples e eficientes mundo afora. A gente sabe que não precisa inventar a roda. O “x” da questão é ter vontade de fazer as coisas certas. Valeu!

  7. Leonardo Jr.
    7

    Almir,

    O projeto do Colo-Colo se baseou basicamente em 2 pontos:

    1) O Clube foi “provatizado”. Virou um Clube Empresa com ações negociadas na bolsa. Só que para isso dar um retorno(Atração de investidores), os resultados dentro de campo precisam ser bons.

    2) Contrataram um treinador em ascensão para comandar o Clube e apostaram em jovens talentos.

    O resultado? Valdívia, Matias Fernandes, Suazo(dentre outros) e milhares de dólares nos cofres do clube.

    Abraço!

  8. Almir Xavier da Silva
    8

    Obrigado pelo esclarecimento!

    E como você falou, o Colo-Colo desde 2005 que só vem dando alegrias a sua torcida, além de ser Tri-campeão nacional, revelou:

    Valdívia, vendido ao Palmeiras por uma boa quantia de dólares;

    Matiaz Fernandez, vendido ao Villarreal da Espanha por uma quantia elevadíssima de Euros;

    Humberto Suazo, vendido ao Monterrey do México com um valor alto para o futebol mexicano;

    Aléxis Sanchez, vendido ao River Plate e hoje vale o dobro;

    Cláudio Bravo (goleiro), vendido ao Real Sociedad da Espanha por uma quantia elevadíssima para um goleiro;

    Gonzalo Fierro, próximo a ser vendido a Europa.

    Com todo esse dinheiro que o Colo-Colo conseguiu na venda desses jogadores fez o seguinte:

    Renovou todo o estádio Monumental David Arellano;

    Reestruturou todo o departamento de sócios do clube, conseguindo um bom número de novos contribuintes;

    Atraiu patrocinadores com a exposição de sua marca;

    Elevou muito as suas ações na bolsa.

    Hoje o Colo-Colo voltou ao que era e sempre foi, o maior clube do país (sendo o único a conquistar a Libertadores) e com a maior torcida.

    Exemplos é o que não faltam ao Santa Cruz.

  9. Leonardo Jr.
    9

    obviamente, onde eu digitei “provatizado”, quis dizer “privatizado”.

  10. Gel Tenório
    10

    Acredito na força do nosso povo Pernambucano,pois somos guerreiros por natureza.sou torcedor Coral com orgulho, e creio que vamos sair desta situação lamentável;e, embora esteja no Pará,acompanho de perto o meu time de coração.Expulsem pelo bem do nosso clube, estes incompetentes e inúteis,que só pensam em si,esquecendo a imensa torcida Coral,esquecendo a história de glória que possuimos.E, se posível aprovem em assembléia que os mesmo não possam mais dirigir o clube.Um grande abraço a todos os tricolores!

Regras de moderação do Torcedor Coral
O Torcedor Coral não se responsabiliza pelas opiniões de seus leitores, mas se reserva ao direitor de excluir, sem aviso prévio, os comentários que:
1. Façam acusações sem provas;
2. Configurem qualquer tipo de crime, de acordo com as leis do país;
3. Contenham ofensas pessoais a quem quer que seja, mesmo que o ofendido seja reconhecidamente um canalha;
4. Defendam ou enalteçam o LEF, pois nós somos liberais, mas nem tanto assim;
5. Utilizem e-mails falsos ou inexistentes;
6. Tenham características de chat ou bate-papo;
7. Copiem textos publicados em outros espaços virtuais, ao invés de publicarem os links das matérias originais.
8. Publiquem sistematicamente os mesmos comentários, repetições de ideias ou opiniões;
9. Publiquem comentários com prevalência em caixa alta, que é o mesmo que gritar na internet;
10. Manifestem intolerância à liberdade de opinião;
11. Tenham características de perseguição a outros leitores;
12. Manifestem, implícita ou explicitamente, mensagens eleitorais, tanto de candidatos a cargos no clube, quanto de partidos políticos;
13. Contenham mensagens abusivas, desagradáveis, ostensivas, cansativas e que não se utilizem de bom senso.

Algumas palavras estão programadas para cair automaticamente na moderação de modo a facilitar o cumprimento das regras. Assim, seu comentário será liberado o mais rápido possível, se for constatado que não houve violação.

O sistema anti-spam do Torcedor Coral, utilizado para evitar malwares ou vírus, ocasionalmente poderá reter indevidamente um comentário legítimo. Também poderão ser retidos indevidamente os comentários que contenham dois ou mais links, pois são através deles que ocorrem ataques ao blog. Tão logo esses casos sejam identificados, os comentários serão liberados.

Lembre-se, o trabalho no Torcedor Coral é realizado de forma voluntária por cada um dos editores, cronistas, moderadores e colaboradores, já que todos atuam profissionalmente em outras áreas. Dessa forma, tenha paciência, caso seu comentário não seja liberado imediatamente.

Para comentar regularmente, o autor deve ter um comentário aprovado anteriormente no Torcedor Coral.

Os casos omissos serão definidos pelos editores do blog.

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *