O caminho a seguir

Imagem: Rafael C. Queiroz
caminho-virtual.jpg

Leonardo Jr.

Não quero parecer pretensioso ao querer apontar o caminho ideal para o Santa Cruz Futebol Clube. Muito menos repetitivo, já que em alguns textos já abordei o mesmo tema. Então, com o perdão dos que já conhecem o meu ponto de vista, vou tornar-me redundante e abordar novamente a questão.

O Futebol em 2007 foi um verdadeiro desastre. E isso se deu em grande parte porque não tivemos uma política de contratações e cometemos erros horripilantes. Buscando um resultado imediato no Pernambucano, trouxemos um caminhão de jogadores já na curva descendente da carreira, que até o mais desavisado torcedor saberia que não funcionaria. Aguentamos Alex Pinho e Cleisson, Romeu… Apostamos em jogadores que tiveram um rendimento horrível em 2006: Juliano, Marco Antonio, Rodriguinho, Robson Luis… Tentamos jogadores indicados por empresários: Moreno, Adauto, Michel… Buscamos revelações em grandes times do Sul e Sudeste (como se esses clubes fossem liberar seus jovens craques): Porcellis, Cadú, Paulo Ricardo, Thiago Silva…

Como se não bastassem os erros cometidos no Pernambucano, permanecemos contratando sem nenhum tipo de critério aparente (o único que entendi, foi que pra ser contratado precisava fazer gol no santa). Agüentamos Miro Bahia, César Baiano, Cláudio, Amaral Pernambucano e Coveiro, Creedence, Josemar, Russo, Didão, Kuki, dentre outras mazelas. Será que o Pernambucano não serviu de lição?

Se não serviu, basta olhar para os poucos acertos cometidos pela diretoria nesse ano, para ver o caminho que deveríamos seguir: Hugo e Carlinhos Paraíba. Prata da casa e jogador jovem da região buscando seu espaço. Esse é o caminho que devemos trilhar. Já falei nesse mesmo espaço de termos uma equipe de bons olheiros observando talentos para a base e para o profissional. Já citei exemplos de clubes como Sevilha, PSG, que se voltaram, até mesmo por necessidade para as suas divisões de base e conseguiram sucesso (principalmente o Sevilha) em suas jornadas. Quando cito o Sevilha da Espanha, logo pensam que é primeiro mundo, bi-campeão da Copa da UEFA e jogando a liga dos campeões da Europa. Esse é o cenário atual. Procurem conhecer o que se passou no clube a cinco ou seis anos atrás. O Sevilha devia milhões de Euros, havia sido rebaixado para a segunda divisão espanhola e adotou (por força das dívidas e da crise) uma POLÍTICA de valorização de novos talentos. Isso norteou todas as ações do clube, culminando no Sevilha atual.

Basta olhar para a nossa própria história e veremos que essa é uma política que não nos é estranha e já nos trouxe muitas alegrias. Exemplos não faltam. E não basta contratar um jogador da região, ou colocar um moleque do Junior pra jogar. Por isso ressalto tanto a palavra POLÍTICA. São necessárias ações para valorizar e blindar essas futuras jóias. Dar estrutura para que possam trabalhar com dignidade e condições para que possam se desenvolver fisicamente e emocionalmente. Tem que se deixar de lado o discurso populista de imediatismo e fazer a torcida entender que esse é um trabalho lento, mas primordial para o futuro do clube. Um discurso honesto mostrando as necessidade e o que pretende se alcançar com o trabalho, usando os exemplos passados e atuais como referências para mostrar que dará certo.

É um trabalho de paciência, que não gera o mídia nem “oba-oba” da imprensa, mas que é vital para nossa sobrevivência. Se na condição atual, conseguimos achar jogadores como Hugo e Carlinhos Paraíba, imaginem se tivéssemos uma Política voltada para esse trabalho?

29 Comentários

  1. Grande texto, Leonardo! Temos que reafirmar o “óbvio” até que ele seja efetivado no Santinha. Na verdade, se fosse tão óbvio, redundante, não seria necessário ficarmos-nos repetindo. A diretoria apostou na tese da “experiência”; como se hoje em dia se conseguisse ganhar jogo sem força física, sem “pulmão”…
    Mas, acho que colocar Nereu na base, sem controlá-lo, sem monitorá-lo, também não vai adiantar. Torçamos.

  2. Paulo Aguiar
    2

    Léo,

    Parece simples e ao mesmo tempo tão difícil (já que ninguém copia este modelo)…. essa é a única saída.

    Finalmente, após a decepção do ano… alguma medidas (pela força da situação) devem ser tomadas, a principal: enxugamento do clube. Refiro-me ao uso ¨racional¨ dos recursos escassos.

    Acho uma boa (ótima, por sinal) a idéia de uma empresa comandar o futebol do Santa. Afinal, o que leva vários dirigentes incompetentes (¨que não ganham $$ nada¨) a se manter por vários anos no cargo de diretor de futebol ? Paramos de crescer há 20 anos !! Duas décadas perdidas !!! PQP, que me desculpem os de 45-65 anos, mas foi uma geração perdida no comando do Mais Querido. Resta-nos, abaixo dos 45, salvar este clube.

    Outra solução forçada será diminuir a folha… contratar jovens jogadores… afinal ficaremos quase 4 meses sem futebol (abril a julho)…

    Temos que tentar tirar o lado positivo da situação…. por menor que seja.

    Abraços!!!

  3. Concordo, porém com uma ressalva: Tiago Almeida, Max, Anderso e outras desgraças são pratas-da-casa, mas não têm a menor condição de jogarem no time titular do Santa, nem de serem reservas.

    []´s
    Erick Ramo

  4. Leonardo Jr.
    4

    Paulo,

    Só uma coisa me preocupa com a RT Sports assumindo o futebol do Santa. Os jogadores terão vínculo com a empresa e não com o clube. Chegou uma proposta um pouco melhor, o jogador vai embora e o clube sem nada. Aconteceu com alguns jogadores do CRB, o que fez a campanha deles despencar no campeonato.

    É uma boa saída desde que seja firmado um contrato sério e inteligente. Como nunca vi nada assim no Arruda, fico com os “pés atrás”.

  5. Paulo Aguiar
    5

    Léo,

    Sem dúvida… você está certíssimo!!!

    Mas, só um detalhe: o que ganhamos com a saída de Marquinhos Catarina ? e com a de Piauí ? …. Já ouvi muitos torcedores do CRB reclamando da ¨venda dos jogadores¨, mas, nenhum deles disse preferir ficar com a grana e ir para a série C…

    Se esta empresa ¨comandar¨ o futebol, profissionalmente, já terá sido de boa ajuda. Agora, se dentre os jogadores vendidos, nós tivermos uma parcela significativa, melhor. E, se nós tivermos nossos jogadores no meio, melhor ainda…

    abração !!

  6. Arnildo Ananias de Oliveira
    6

    Como já dizia o finado conterrâneo Nelson Rogrigues, “a coisa mais difícil do Mundo é se enxergar o óbvio ululante”.

  7. Milton Santos Jr.
    7

    A terceirização do futebol que defendi aqui e no blogdosantinha previa a supervisão de tricolores com notórios conhecimentos no ramo para o Santa não ficar inteiramente à mercê de interesses outros. O que salva neste momento é a suposta santacruzensidade de Ricardo Rocha. Resta saber se terá autonomia mesmo ou vai “compartilhar” a gestão com o atual presidente. Começou mal a coisa (com perdão da palavra) com essas renovações anunciadas de Genalvo e Jocemar nas quais a empresa contratada não teve participação. Outra coisa (desculpem-me, mais uma vez) que gostaria de saber é se a empresa cuida apenas de contratar e distratar com jogadores ou traz junto fisiologista, nutricionista etc.

  8. Fábio Martorano
    8

    Meus Amigos,

    O ano nem começou, mas a expectativa é que seja pior do que 2007. Josemar e genalvo continuam… e agora Ze do Carmo como Tecnico.. é brincadeira!! Se for pra ser zé .. é melhor Nereu!! Deus q me perdoe por falar isso, mais seria menos ruim!

  9. Fábio Martorano
    9

    “Mais não po… mas”, ja nao coloco acento por um mal costume.. mas o santinha ja ta me deixando analfabeto! kkk Abraços

  10. Quando Ricardo Rocha começou a aparecer na equipe profissional, eu estudava no colégio 2001 e um colega de sala era vizinho dele, e eles eram muito amigos. Posso garantir, Ricardo é tricolor. Só que a relação dele agora será uma relação profissional.

  11. Almir Xavier da Silva
    11

    Zé do Carmo treinador, Josemar e Genalvo de contratos renovados…

    E para piorar, um caminhão de jogadores do “clube de máscaras da ROSA e Silva (se estão na reserva lá, é porque não servem e se não servem para eles(as), não servem para nós também).

    É, o ano que se avizinha mostrará que talvez o ano de 2008 seja bem pior que 2007 (acho que vou bater o record cantando a trilha sonora postada no texto anterior e meu dedo médio viverá em riste).

    O Poço não tem fundo!!!

    OBS:Concordo em gênero, número e grau com o Tricolor Coral Fábio Martorano, se for para ser Zé do Carmo, é melhor que seja Nereu Pinheiro (raça não vai faltar, vide 1999, apesar de que Zé do Carmo foi um puta volante raçudo, mas já mostrou que ser treinador não é o negócio dele).

    Uma sugestão: Heron Ferreira. Lembram de 2002?

  12. Se Zé do Carmo tivesse passado pela máquina de transubstanciação do Reverendo Tsé-tsé e voltasse a jogar, seria uma boa.

    Para ser técnico do Santa, considerando as dificuldades que enfrentaremos em 2008, tenho cá minhas dúvidas. Tenho a impressão de já ter visto esse filme antes, e o final… Acho que não é necessário contar.

    Espero estar enganado, ou 2008 vai ser pior do que o ritual de morte dos burronegros.

  13. Almir Xavier da Silva
    13

    Tô com medo do Santa Cruz virar um saco de pancadas no PE.

    Por outro lado, tenho medo de que possíveis (porém improváveis) bons resultados em campo venham “cegar” a torcida e deixar tudo como está.

    É bronca, maior dilema esse.

    Se o time começar a “empolgar” no início do PE (o que eu duvido muito, porém torço para que queime a língua), o Sr. Presidente vai começar a esbravejar falando suas frases de efeito tipo: “Será uma revolução histórica”, “Eu sempre acreditei no MEU trabalho à frente do Santa Cruz”… e outras que possam surgir.

    Se com o time na draga em que está o cara está metendo a boca e falando para DEUS e o mundo, o que dirá quando o time voltar a ganhar?

    DEUS permita que tudo dê certo esse ano, chega de sofrimento.

  14. Leonardo, você não está sendo repetitivo. Até as pedras sabem que um bom trabalho nas divisões de base pode ser a nossa salvação.

    E nem é necessário recorrer à história de outros clubes, do Brasil ou do exterior, como argumento. Basta lembrar que os grandes times do Santa Cruz sempre foram formados, em sua maioria, por jogadores formados no clube e outros garimpados na nossa região.

    Entre os da casa basta lembrar de Givanildo, Cuíca, Terto, Fernando Santana, Ramon, Luciano, Carlos Alberto Barbosa, Jadir, Alfredo Santos,Zé do Carmo, Ricardo Rocha e, vá lá, Rivaldo, Wálber e Leto. Sem contar os ilustres desconhecidos que ganharam destaque depois de vestir o manto tricolor, casos de Betinho, Erb, Nunes, Joãozinho, Fumanchu, Levi, Wilson Carrasco, Wolney, Marlon, Edson, Henágio, Baiano….

    Além de PSG e Sevilha, podemos mencionar os clubes brasileiros que se deram seguindo a política de fazer um bom trabalho de base: Internacional, Grêmio, São Paulo, Fluminense, Atlético Mineiro….. Se é bom para eles, por que não será para nós?

    Há um projeto, ainda inscipiente, de melhoria das divisões de base do Santa, que teve início com a campanha para a reforma da concentração e do CT Valdomiro Silva. Acho que é bom, só não sei se o tumulto instalado no clube irá atrapalhar o seu andamento.

    Não sei a quantas anda, pois não tive mais notícias e perdi o contato com as pessoas que fazem parte do projeto (são quase quatro semanas de molho ou funcionando meio-expediente, devido a um problema de coluna – provavelmente hérnia de disco). Quem pode informar melhor é Gerrá, que faz parte do grupo de futebol.

    Eu fui sondado para fazer parte do grupo de futebol, mas até agora não tive condições de colaborar (ajudei na compra de material lá na Tupan).

    Em todo caso, achei um contato que pode ser interessante: o irmão de um amigo meu, professor estadual, toma conta de um grupo de quase 100 garotos nas mais diversas faixas etárias. É tricolor doente, recusou a ajuda de vários políticos e, ao saber do projeto, ficou interessado em selecionar e encaminhar os melhores ao clube

    Um aspecto importante a ser observado na parceria com a Empresa de R. Rocha é não juntar as divisões de base no pacote. A parceria deve ser limitada ao futebol profissional, para que não se corra o risco de acontecer a mesma coisa que aconteceu no Corinthians. Lá, os melhores jogadores produzidos na base foram usurpados pela MSI em conluio com Dualib e suas ratazanas e o clube ficou a ver navios.

    Claro que R. Rocha não é mafioso russo, não está lavando dinheiro e duvido que queira prejudicar o Santa. Mas, um pouco de cautela não fará mal a ninguém.

  15. milton pereira
    15

    Houve a lamentável tragédia no Estádio da Fonte Nova, e a turma daquí (burronegros, com certeza) já está querendo vistoriar o Arruda, novamente. Certo.
    as, E OS OUTROS ESTÁDIOS, estão uma beleza ? Sobrará novamente para o Santa. Até um problema na Bahia é ensejo para que a mídia burronegra querer nos prejudicar !

  16. Se não me engano, a ilha do chié foi considerada em piores condições do que o Arruda no relatório que analisou os 29 estádios no Brasil. Se for tomada alguma providência em relação ao Mundão, tem que ser feito o mesmo em relação ao campinho do mangue.

    Depois do jogo do descabaçamento houve a ameaça de interdição do Arruda, mas a ilha do chié, que se encontra em piores condições, nem sequer foi lembrada, seja pela imprensa ou pelo Ministério Público.

    Vi mais uma vez a matéria a respeito da Fonte Nova, e acho que as nossas condições não são tão graves. O estádio Baiano é mais antigo (quase 20 anos) e parece ter um padrão de construção bem pior do que o nosso. A placa de concreto que cedeu me parece ter uma espessura bem menor que o que temos no Arruda, sem contar o desgaste, também maior.

    Temos infiltrações na parte superior das arquibancadas e pontos com ferragens expostas, mas os nossos problemas maiores parecem estar mesmo na parte elétrica, instalações sanitárias e acessos.

    Em todo caso, existe um cronograma para a execução de obras básicas, que foi apresentado ao MPPE e à Justiça, o qual eu não sei se está sendo cumprido. O que eu vi, foi a melhora na iluminação do acesso às arquibancadas e o nivelamento do piso, não sei quanto ao restante.

    Evidentemente, mesmo que as condições do campinho burronegro sejam piores e que os outros estádios estejam em condições semelhantes ao nosso, a imprensa marron de pernambuco fará carga sobre o Santa Cruz e não dirá uma nota sequer sobre o restante. O mesmo vale para o Ministério Público.

  17. Carlos Henrique
    17

    o caminho a seguir amigos seria algo trágico. falei aqui em suicídio, mas, isto não acontecerá. no início achei até possível. agora, esta em nossas mãos. alguém acorrentado dentro da sede. um sequestro relâmpago. ou até um ato extremamente impactante.
    em 2008, estaremos perto do fim. mas não acabaremos.

  18. Visitei a página do SINAENCO e vi o álbum de fotos (vinte e três) da Fonte Nova. Nossa situação não passa nem perto daquilo.

    O padrão de concretagem é inferior e o desgaste é infinitamente maior, havendo trechos com buracos enormes e até plantas nascendo nos lances de arquibancada.

    Vi os álbuns dos estádios de pernambuco, e o nosso tem apenas sete fotos, contra 13 da ilha do chié e 14 da Barbie. Mais fotos significam mais problemas encontrados.

    Do Arruda existem duas ou três mais detalhadas (banheiros, bares, e banco de reservas), mas nenhuma que mostre comprometimento estrutural capaz de provocar acidentes como o da Fonte nova.

    Agora é aguardar o relatório a ser divulgado no dia 29/11/2007, e que deve acrescentar coisas como higiene, conforto, instalações elétricas, etc.

    Uma coisa é certa, os nossos co-inimigos estão estão piores ou, no mínimo, em iguais condições. Se não pode haver jogos no nosso estádio, não pode haver em nenhum dos campinhos de Pernambuco (estádio, mesmo com seus problemas, só existe o nosso).

  19. Fabiano Pinheiro
    19

    Ducaldo, também vi as fotos dos estádios e concordo com você. Inclusive das apenas 7 fotos mostrandos os problemas masi graves do estádio, 3 ou 4 são referente a questão da visibilidade provocado por aquelas pilastras no meio da arquibancada inferior. Ou seja, nenhuma foto mostrando problemas graves na estrutura.
    E discordo respeitosamente do texto de Leonardo. Erramos muito nas contratações dos jogadores, mas nossos pior erro foi no escolhas dos treinadores. Mesmo com esses jogadores, se tivéssemos um treinador razoável, o time não caia.
    Também achei bom a parceria com Ricardo Rocha, mas acho que ele começou com o pé esquerdo ao escolher Zé do Carmo como treinador. É a repetição dos mesmos erros desse ano.
    Paciência!

  20. insatisfeito
    20

    desse jeito, não vai pra frente. Teria que ser um técnico EXPERIENTE, que saiba de cuidar da divisão de base e de jovens, como Marcelo Vilar ou Marcelo Veiga…

  21. Quer dizer que o sr dr delegado renovou os contratos de Genalvo e Jo
    semar antes de contratar um treinador, vejo que o pessoal do blog acredita em papai noel, achando que este cidadão renunciaria, volto a
    insistir, teremos que achar outra via para tira-lo da presidencia, chega
    de tanta incompetencia. Com relação a Zé do carmo, vamos dá um vo
    to de confiança a ele, coragem ele tem.
    Saudações Corais.

  22. Zé do Carmo,eu particularmente não gostei.Mas,como torcedor ardoroso do Santa Cruz,estimo que ele tenha êxito suficiente para tirar este gigante do marasmo em que se encontra.Um nome que eu gostaria muito de vê-lo por aqui, era o ex-goleiro e ídolo Birigui.Acho que nem se quer seu nome foi lembrado.Vamos em frente…

  23. Dirceu_Maranhão
    23

    Caros amigos tricolores,

    Tenho um sentimento forte que o Sr. Edson Nogueira não vai renunciar. (uma pena)

    Zé do Carmo é um vencedor e quer se firmar como treinador, vamos apostar, acredito nele. (não temos dinheiro pra contratar um medalhão).

    Vamos montar uma campanha para filiação de novos sócios, é a única solução para sairmos desta situação. Acredito que tricolores como eu, que moram longe de Pernambuco, tenham interesse em se filiar. Suponho que mil tricolores pelo Brasil a R$ 50,00 cada um já geraria uma Receita de R$ 50.000 (beirando a folha do Barras/PI, finalista do Brasileirão da série C).

    Por falar nisso, acompanhei jogos do Moto Clube, Sampaio Correia e Imperatriz, aqui no Interior do Maranhão e vi bons jogadores. Inclusive um, Walber, foi direto para o Atlético/PR. Olho neles.

    A disposição para ajudar no que for preciso,

    Saudações.

  24. raul cavalcanti
    24

    O problema é que, mesmo o tricolor que mora fora querendo se associar, não vai dar em nada, porque nem boleto existe pra enviar. É muito “profissionalismo”.

  25. Geraldo Tricolor da Iputinga
    25

    Uma das caracteristicas na administração Edinho: sempre convidou os amigos para o comando técnico. Será que com Ricardo Rocha vai ser assim também.?

  26. André Tricolor Virtual
    26

    Valeu “Leonardo”, pelo texto, e tenha certeza que mais um alerta repetitivo não nos incomoda. Incomoda sim, não sermos ouvido e não seguir a solução que pode ser mais útil para nós …

    Meu querido “Erick Ramo” como está São Paulo??? O “Tiago Almeida” é um bom jogador, tem habilidade, um bom toque de bola, chuta bem, porém o garoto tem o mesmo peso de quando tinha 15 anos … Ou seja, nossos atletas de base não tem um trabalho de Reforço Muscular, não são bem Nutridos, não são acompanhados por Psicólogos (embora tenhamos uma voluntária nessa área), ainda não se desvincularam com as bebidas alcólicas e nunca conseguem ter uma sequência de jogos no time Profissional … O Zagueiro Hugo é um menino perto do Zagueiro Breno do são paulo. E isso conta muito!

    Como bem disse o texto do “Leo”, é imprescindível a valorização e profissionalismo no trabalho das CATEGORIAS DE BASE. Caramba, no domingo passado no “Esporte Espetacular” vimos a Matéria sobre os jovens que saem do Nordeste do Brasil para jogarem em Potugal, entre eles jogadores do Porto de Caruaru … A concentração mais parecia um HOTEL, a alimentação da melhor qualidade possível … Precisamos dá um lugar DECENTE e CONDIÇÕES para os jovens desenvolverem o seu potencial.

    Abraços !!!!

  27. Almir Xavier da Silva
    27

    Concordo plenamente com o André, as categorias de base são a salvação dos clubes do Brasil.

    Só o Santa Cruz não vê isso.

    Também concordo que Thiago Almeida é bom jogador, além do mais, é prata-da-casa, assim também como eram Roberval, Rovésio, Elvis e outros.

    Hugo que me perdoe, mas ele é safado. Depois vocês vão ver porque.

  28. Almir, a história de Hugo já foi comentada muitas vezes aqui, e tem vários lances obscuros, especialmente quanto ao comportamento dele dentro do clube.

  29. Almir Xavier da Silva
    29

    Valeu Dulcado!

    Eu sei que tem umas histórias dele meios esquisitas, mas não podemos afirmar sem provas. Só sei que onde há fumaça, há fogo.

    Quando tem muita gente falando é porque é verdade, ainda mais quando é gente que vive o dia-a-dia do clube.

Regras de moderação do Torcedor Coral
O Torcedor Coral não se responsabiliza pelas opiniões de seus leitores, mas se reserva ao direitor de excluir, sem aviso prévio, os comentários que:
1. Façam acusações sem provas;
2. Configurem qualquer tipo de crime, de acordo com as leis do país;
3. Contenham ofensas pessoais a quem quer que seja, mesmo que o ofendido seja reconhecidamente um canalha;
4. Defendam ou enalteçam o LEF, pois nós somos liberais, mas nem tanto assim;
5. Utilizem e-mails falsos ou inexistentes;
6. Tenham características de chat ou bate-papo;
7. Copiem textos publicados em outros espaços virtuais, ao invés de publicarem os links das matérias originais.
8. Publiquem sistematicamente os mesmos comentários, repetições de ideias ou opiniões;
9. Publiquem comentários com prevalência em caixa alta, que é o mesmo que gritar na internet;
10. Manifestem intolerância à liberdade de opinião;
11. Tenham características de perseguição a outros leitores;
12. Manifestem, implícita ou explicitamente, mensagens eleitorais, tanto de candidatos a cargos no clube, quanto de partidos políticos;
13. Contenham mensagens abusivas, desagradáveis, ostensivas, cansativas e que não se utilizem de bom senso.

Algumas palavras estão programadas para cair automaticamente na moderação de modo a facilitar o cumprimento das regras. Assim, seu comentário será liberado o mais rápido possível, se for constatado que não houve violação.

O sistema anti-spam do Torcedor Coral, utilizado para evitar malwares ou vírus, ocasionalmente poderá reter indevidamente um comentário legítimo. Também poderão ser retidos indevidamente os comentários que contenham dois ou mais links, pois são através deles que ocorrem ataques ao blog. Tão logo esses casos sejam identificados, os comentários serão liberados.

Lembre-se, o trabalho no Torcedor Coral é realizado de forma voluntária por cada um dos editores, cronistas, moderadores e colaboradores, já que todos atuam profissionalmente em outras áreas. Dessa forma, tenha paciência, caso seu comentário não seja liberado imediatamente.

Para comentar regularmente, o autor deve ter um comentário aprovado anteriormente no Torcedor Coral.

Os casos omissos serão definidos pelos editores do blog.

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *