Feito em casa

feito_em_casa-thumb

Nosso treinador tem reclamado aos quatro ventos a ausência de um finalizador no nosso elenco. Brada que precisamos de um homem de referência para aumentar a nossa competitividade. Todo time que se preza tem que ter aquele finalizador por excelência, aquele matador que quando domine a bola na área, a torcida adversária já comece a chorar.

Eu até concordo com ele em certo ponto. Mas… Todos sabem a situação em que se encontra o clube. Então a minha pergunta:

Onde encontrar um jogador com tais predicados sem ter que despejar um caminhão de dinheiro por ele?

Difícil, não? Quem tem esse tipo de jogador não quer abrir mão, senão por uma fortuna. São jogadores que valem muito, pelo seu faro de gol. A dificuldade é tão grande, que mesmo jogadores já com a idade avançada, como é o caso de Marcelo Ramos, permanecem com o mercado aberto e são disputados por vários clubes.

Pensemos então nas qualidades/características que são necessárias para um jogador desse tipo prosperar. E aí não estou me referindo aos fundamentos básicos do esporte. É claro que o jogador tem que saber dominar a bola, chutar bem… Mas pra ser um “Matador” precisa ter habilidade acima da média? É óbvio que, se um jogador tiver uma habilidade acima da média e ainda souber fazer gols, vai ser um fenômeno, certo?

Vejo duas qualidades necessárias para que um jogador se torne um artilheiro, e peço licença para citá-las:

Saber se Posicionar e Tranquilidade.

Ele nem sempre vai precisar ser rápido. Nem sempre vai precisar de uma habilidade acima da média. Mas se ele estiver bem posicionado e tiver tranqüilidade na hora da finalização… Já era!

Sabendo da dificuldade de conseguir artilheiros no mercado da bola, por que o clube não se compromete em formar jogadores com essas características? É preciso algum milagre pra isso? Ou seria necessário apenas o comprometimento de todos os envolvidos com o clube?

Deixem-me levantar uma questão: será coincidência o clube ter revelado excelentes zagueiros nos últimos anos? Pensem na fase que vivemos e pensem quais os setores do time foram mais exigidos. Que tal? Deixamos de agir como um clube grande, de vocação ofensiva, pra brigar por empates, comemorar vitórias cada vez mais raras e termos nossas defesas bombardeadas. Não à toa zagueiros e goleiros fazem seus nomes no Arruda.

Um bom posicionamento não é uma qualidade inata. É algo que se aprende, que se adquire com experiência e repetição. Só que para adquirir essa experiência é preciso de tranqüilidade e paciência. Por isso digo que a revelação de jogadores, de artilheiros, inclusive, é de responsabilidade de todos os envolvidos com o clube!

O clube em si tem de proporcionar uma boa estrutura de treinamento para a base, com profissionais que sejam capazes de ensinar a arte de um bom posicionamento aos jovens aspirantes a artilheiros. Fico pensando nos treinadores de Goleiros e se um cara como Ramon não poderia orientar treinamentos específicos só para Atacantes, só para dar um exemplo.

E a torcida também tem o seu papel. Como citei, um artilheiro precisa de Tranquilidade. Alguém aí lembra quando foi a última vez que um jogador criado nas categorias de base do Santa entrou em campo absolutamente tranqüilo, sabendo que tinha o apoio da torcida? Será que a torcida está disposta a ter um pouco mais de paciência na formação dos nossos jogadores, passando a eles um pouco da tranqüilidade e confiança que precisam?

Outra alegação é que não podemos arriscar. Não podemos fazer experiências. Não podemos errar. Escuto esse discurso há vários anos. E nunca é hora de apostar. Nunca é hora de se arriscar. Pelo menos com os jogadores da casa. Mas o risco com os de fora é sempre altíssimo.

Não dá pra acreditar num projeto desses sem o comprometimento total de todos. Revelar jogadores tem que ser uma missão do clube, levada a ferro e fogo, porque nossa sobrevivência depende disso. Dá muito mais trabalho? Sim. Rende muito mais frutos ao clube? Sem dúvida!

E aí Sérgio China? Em vez de pedir por reforços, que tal desenvolvê-los em casa? E aí torcida? Vamos apoiar?

26 Comentários

  1. carlos gaspar
    1

    O problema que um torneio desse, que vamos disputar, nao permite fazer teste, nem paciencia da torcida.

  2. É verdade, Carlos. Mas já estamos fazendo testes com Sérgio China. Ou não estamos?

    Saudações corais,

    Dimas Lins

  3. Acho que, infelizmente, não há mais tempo para aplicar esse planejamento na série D. Se o planejamento, desde o início da gestão FBC, tivesse priorizado as categorias de base…

    De todo modo, nunca é tarde demais, e podemos priorizar, agora mesmo, as categorias de base, com uma filosofia de jogo mais atinada com nossa tradição: ataque, ataque e ataque.

  4. Eu não entendo uma coisa. O Porto faz um trabalho que resulta em que boa parte de seu time principal é formada por jogadores vindos dos juniores. Eles estão sempre fazendo bons campeonatos nessa categoria. Daí os jogadores chegam no time de cima e muitos se destacam. Por que no Santa não há essa dinãmica. Temos – e tivemos – vários artilheiros no juniores que não conseguem sequer jogar no profissional!
    Agora mesmo temos 3 nomes: Gilberto, Yuri e Thomas Anderson. Os dois primeiros fizeram gols pra danar no campeonato de juniores, por exemplo. Mas prefer-se dar chance a Pedro Henrique, por exemplo – jogador limitado e farrista consagrado…
    Para completar, a torcida do Santa Cruz não dá a menor chance para os da casa. Nenhuma. O cara já entra vaiado.
    Discordo dos que comentaram: acho que SEMPRE é momento de fazer jogadores! Isso não é experiência, pelo amor de Deus!! É a lógica de todo grande clube.

  5. André Tricolor Virtual
    5

    “Leo”

    Eu acredito que o clube só irá ‘voltar as atenções’ para os valores da base quando tivermos o Departamento efetivamente organizado, com nosso Centro de Treinamento servindo como ‘Quartel General’ dessa atividade. É claro, que alguns nomes já vem sendo utilizados a algum tempo,tais como, “Thomas”, “Memo”, “Miller”, que inclusive não se firmaram por não terem tido sequência nos campeonatos!

    Aposto muito no “Gilberto” como atacante! O que é feito em casa pode nos trazer bons benefícios, assim comoe os gols nos campeonatos … agora sem balançar a rede na Série D estaremos correndo o risco de não nos classificarmos!

    * Crescer significa mudar, e mudar envolve RISCOS, e temos que estar preparados para qualquer momento que iremos passar, pois a Série D é algo desconhecido no Futebol Brasileiro!

    Abraços a Todos !!!

    >>> VIVA SANTINHA !!!

  6. Arnildo Ananias de Oliveira
    6

    Com licença pra tocar no seguinte assunto:

    Acho que é hora de fazermos um LOBBY sem TRÉGUAS pró Arruda, senão vejamos:

    JC de hoje:
    1. Caderno PRINCIPAL, coluna Repórter JC, DESTAQUE NACIONAL-“O destaque de ontem da mesa-redonda sobre futebol na Rádio CBN NACIONAL foi o Estádio do Arruda. Os radialistas disseram não entender O PORQUÊ de o governador Eduardo Campos (PSB) CONSTRUIR UMA NOVA ARENA quando poderia reformar o Arrudão.

    2. Caderno de ECONOMIA, Coluna JC Negócios, Plano B da Copa: “O sucesso da restauração do José do Rego Maciel para o jogo da seleção brasileira pode ter um efeito NÃO PROGRAMADO pelo governo do Estado. Cresceu NA IMPRENSA NACIONAL a percepção de que, em lugar do complexo de São Lourenço, SERIA MAIS VIÁVEL, restaurar o Arruda.
    OBS: Notem que “o clamor” parte SEMPRE da imprensa NACIONAL e nunca dessa nossa imprensa BURRO-NEGRA tendenciosa e comprometida.

    QUE DEUS NOS AJUDE dado que não gozamos das benessess do C13 e isto poderia ser o princípio de nossa redenção EM TODOS OS ASPECTOS, principalmente O FINANCEIRO.

  7. Arnildo Ananias de Oliveira
    7

    Mudando DIAMETRALMENTE agora: tou num CAGAÇO sem limites com esse time aí.

    Que porra vamos tirar proveito com um amistoso diante de um Carpinense da vida ? Se ganhar, é o mesmo que bater num aleijado. E, se perdermos ? Putz, empate com um Centro Limoeirense da vida. Onde vamos parar? Acorda Direção: cadê os homesns-gol ? Dia 5 está SE AVIZINHANDO.

    Temos que sair dessa série maldita este ano pois, do contrário, incorremos no risco de “jogar por terra” todo esse excelente trabalho que se vem fazendo.

    QUE DEUS NOS AJUDE MAIS DO QUE NUNCA.

  8. Arnildo Ananias de Oliveira
    8

    Olha, o MR era um jogador super-frio: não se apovorava ao ver a meta escancarada na sua frente.

    No Arruda, até o Ramon – nosso ícone de artilheiro dos anos setenta – teve que aguentar críticas ácidas vinda das sociais pelo preço de ter sido egresso das divisões de base. Acho que, NAS CIRCUNSTÂNCIAS ATUAIS – em face dos MATA-MATA não podemos, por razões óbvias, nos dar ao LUXO de APOSTARMOS TODAS AS FICHAS nos meninos da base À ESTAS ALTURAS DO CAMPEONATO.

    Entretanto, nos jogos do Arruda, dependendo das circunstâncias, se sairmos bem nos jogos fora de casa, acho que devemos sim, PARALELAMENTE, independentemente de se contratar homens-gol já consagrados, ir dando espaços a um Gilberto, um Yúri ou um Tomaz Anderson da vida.
    É o que penso.

    E QUE DEUS NOS AJUDE E ILUMINE NESSA EMPREITADA DE REGRESSO PAULATINO À SÉRIE A.

  9. Endosso a posição de Arnildo — a voz da experiência.

  10. Luiz Ferraz
    10

    Só sei de uma coisa…
    a cada ano perdemos revelações da casa…
    e agora?
    Nem isso temos mais…estão reformulando, td bem…mas a situação atual das categorias de base n está nada agradávelA.ALguém sabe dizer com quem Fred Arruda deixou esse legado?como está o ct?como estão as categorias de base,infelizmente n posso acompanhar o dia a dia do clube…=/

  11. Devido ao estilo de competição que vamos disputar, realmente não há espaço para muitas experiências.

    Mas, trata-se apenas de uma posição no ataque, e não experimentar quatro ou cinco jogadores em posições diferentes. Não se trata de mexer no time inteiro.

    O restante do time, com uma ou outra dúvida,, já está mais ou menos definido. Por que não dar uma oportunidadezinha a Gilberto?

    Ele foi puxado para o time principal em 2007, com as péssimas condições de trabalho da era diminutiva, por ter sido o artilheiro dos juniores naquele ano.

    Foi o artilheiro do campeonato de 2009 (23 gols) e, pelo que acompanho desde 2007, tem potencial para ser aproveitado.

    Yuri foi o terceiro artilheiro em 2009, com 16 gols, e chegou a ser apontado por Fito Neves como futuro centroavante do Santa. Mas, foi devolvido aos juniores juntamente com o meia Ibson (5º colocado na artilharia com 09 gols).

    Quando é que vão parar com esse besteirol de “novo demais” e “inexperiente”? que eu saiba, experiência se consegue com a prática.

    O negócio é dar apoio, trabalhar a cabeça dos garotos para que tenham confiança, aguentem a pressão da torcida e colocar no time gradativamente.

    Pode ser que aprovem, ou não. Mas isso só saberemos vendo-os em campo, e não, guardados eternamente na concentração ou só participando de treinos para serem dispensados quando estourarem a idade.

  12. Essa é uma discussão na qual todos têm razão, exceto o planejamento do Santa…

  13. J. Antonio
    13

    Concordo com o texto só que no momento a prioridade principal é sair dessa série D nenhuma empresa sobrevive
    trabalhando apenas 6 meses do ano vejamos o Pernambucano de 2008 parou no dia 19.04 ficamos 2 meses e meio parado
    para voltar em atividade em 06.07 na série C e só jogou até
    06.09 ficamos mais 4 meses parado.
    Novamente o Pernambucano parou em 19.04.09 todas as outras séries estão jogando e vamos ficar mais 2 meses e meio parado. Portanto temos que subir de qualquer maneira e um jogador é de fundamental importância para ser contratado aliás esse tal jogador o time da seita utiliza em todos os campeonatos que disputa é um artilheiro nato e atua fora de campo chama-se “extra campo” claro que o time que atuar dentro das 4 linhas tem que ser competitivo

  14. Acho que ultimamente o Santa não revelou quase nenhum atacante , se compararmos aos bons zagueiros revelados.Acho que os últimos foram Carlinhos Bala e Maurício Pantera.
    Todavia acho que nenhum outro clube, deu tanta projeção a tantos atacantes como O Santa Cruz nestes últimos anos. alguns desconhecidos , outros desacreditados no cenário nacional, encontraram no tricolor uma grande oportunidade de destacar suas carreiras.
    Se não vejamos:
    01 – Marcelo Ramos
    02 – Grafite
    03 – Carlinhos Bala
    04 – Nêne
    05 – Jorge Henrique
    06 – Finazzi
    07 – Reinaldo
    08 – Thiago Capixaba
    09 – Jailson
    10 – Maurício Pantera
    11 – Márcio Barros

    Todos estes saíram do Santa Cruz, para times da 1.Divisão , muitos deles chegaram aqui morto na parada.
    Mas revelação mesmo, prata da casa o último foi Carlinhos Bala, que comeu o pão que o diabo amassou para se firmar, e antes dele Maurício Pantera, que foi para o Grêmio.
    E Antes de Maurício Pantera, quem foi? Só me lembro de Ramon.
    Então, a falta de um bom atacante revelado pelas categorias de base, merece um estudo de por quê não se firmam no time principal.

  15. Ernani Jose Barbosa
    15

    Acredito que tudo tem o seu devido tempo e lugar, agora mesmo o chamamento é para ESTRUTURAÇÃO definitva, com UM PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO PERMANENTE do nosso CLUBE QUERIDO.
    Não adianta dar o passo maior que as pernas, como se pensássemos que estamos em condições financeiras e estruturais para tudo. O nosso único CT VALDOMIRO SILVA (que Deus o tenha, pois foi um grande baluarte da nossa causa, e nos doou do seu trabalho e bolso este patrimônio) segundo todos que hoje entendem de infra-estrutura, não reúne as mínimas condições, por isso o PROFISSIONAL treina em Paulista, no ADEMIR CUNHA.
    Ora, irmãos, se nem temos hoje onde o profissional treinar, a não ser no próprio Estádio, o que podemos exigir dos Dirigentes atuais em termos de DIVISÕES DE BASE, totalmente desintegradas pelas gestões anteriores. Minha gente, o Santa Cruz tem que montar uma Estrutura Profissional, passando estes JUNIORES ou SUB- , para participarem de competições REGIONAIS e NACIONAIS, onde obterão cancha e estabilidade para demonstrarem seu futebol, somente assim quando forem estrear no PROFISSIONAL não tremerão.
    Por outro lado, o MOMENTO É CRÍTICO para nossas aspirações, por isso, a DIRETORIA DEVERÁ SER PRAGMÁTICA, já que não dispõe de CAIXA para investir em medalhões, pelo menos deve apostar em valores (destaques dos times da Região), pelo menos um quatro, e inserir no atual plantel para alavancar as nossas possibilidades de SERMOS CAMPEÕES.
    O sacrifício será válido e oportuno, agora sem IMPLEMENTAR AÇÕES PROPOSITVAS DE SÓCIOS, EVENTOS E OUTRAS FORMAS DE ANGARIAR MEIOS E EMPOLGAR A NOSSA SOFRIDA LEGIÃO, FICA MUITO DIFÍCIL…
    OLHEM QUE NOSSAS CONQUISTAS SEMPRE FORAM MUITO SOFRIDAS, ALTAMENTE DOLOROSAS, por isso, acho que mais uma vez será assim, de novo…
    IRMÃOS SANTACRUZENSES! UNI-VOS É CHEGADA A HORA, MAIS SÓCIOS, MAIS EVENTOS, MAIS RECURSOS E FONTES, ARRUMAÇÃO GERAL DA CASA, ESTATUTO DEMOCRÁTICO…
    ACIMA DE TUDO COERÊNCIA, AFIRMAÇÃO, LÓGICA, TENACIDADE, RESPEITO, RESPONSABILIDADE, SERIEDADE, PROFISSIONALISMO e VERDADEIRO AMOR POR ESTE NOSSO IMACULADO CLUBE.
    O SANTA CRUZ É A MINHA LEGIÃO, MEU PAIS. MINHA PRÓPRIA VIDA…

  16. Arnildo Ananias de Oliveira
    16

    Vão TODOS no blog do Juca Kfuri e dêm uma força através de seus comentários pra que o Arrudão seja o escolhido (1ª matéria de hj lá: ACORDA RECIFE, de Antônio Azevedo). Eu coloquei o meu lá.

    Vamos nessa PERRUSI que você tem, mais do que ninguém, o dom da palavra (oral e escrita). E v. tb DIMAS.

    O SANTA CRUZ AGRADECE.

  17. Arnildo Ananias de Oliveira
    17

    Tão falando aí que contrataram o VALDIR PAPEL? É um bom nome HOJE? Desconheço seu potencial no momento.

    QUE DEUS NOS AJUDE.

  18. Dayvison Santos
    18

    Essa questão é primordial REVELAR JOGADORES!
    E se tivesse essa cabeça desde o pernambucano estaríamos com dois atacantes mais experientes, caso o Bittencourt subisse os garotos pra treinar com Marcelo Ramos e Márcio Barros, aí deixa os cara nos juniores e perdendo a oportunidade de conviver e aprender com um grande artilheiro, será que alguns dos juniores treinarem com o profissional teria algum problema?

    Eu Acredito que não, o Santa Cruz tem que começar a pensar no Santa Cruz, só treinador e jogador tem prioridades?

    Se não tem CT tem que procurar alguma alternativa.

    Vamo abrir o olho diretoria de Futebol, a Infame da Série D tá aí… E Valdir Papel num serve não, na boa… Reinaldo 2005 tá por onde? Sou 10.000 vezes mais ele.

  19. Concordo com Leo. Há uma diferença entre lançar jogadores da base e jogá-los as feras. O melhor momento para um jogador da base entrar no time é quando a equipe está entrosada. O atleta entra aos poucos e não tem a obrigação de resolver. Ele é apenas uma alternativa e um jogador em formação.

    O grande problema no Santa é que, quando lança um jogador, ele tem que resolver a parada assim que entra. Aí, camaradas, a possibilidade de dar certo é de zero tendendo ao infinito.

    Neste aspecto, gostei do que ouvi na entrevista de Sérgio China a este blog.

    Saudações corais,

    Dimas Lins

  20. Passando pelo J Coisa ví uma pergunta no blog do Torcedor que me chamou atenção: O Arruda poderia sediar os jogos da copa 2014?
    Depois colocaram um video com uns babacas falando escremento.
    Minha gente quanto as essas asneiras ditas por esses meninos que ainda mijam na cama e debeis mentais é preciso analisar o seguinte:
    1-A pergunta o Arruda poderia sediar a copa 2014?
    veja o verbo empregado “poderia”. ja utilizado na intenção de impossibilidade.

    2-Não foi ninguém da diretoria do Santa ou torcedor que cogitou essa possibilidade não, foi a CBF, os jogadores da seleção, Ricardo Teixeira, etc. quer dizer gente que entente, imparciais e justos.

    3- Esses infelizes que aparecem no video tiveram uma diarréia mental e disseram vamos fazer um video? O resultado foi isso aí, quando vi o primeiro falar, sem jeito, sem base, sem graça, sinceramente não vi o resto é perda de tempo. o Santa cruz é grande e não precisa desses jornaisinhos e nem de uma radiozinhas não.

    4- Voces já imaginaram se o Santa tivesse jornal, televisão, páginas na intenet feito o JCoisa a toda hora puxando o saco, com fotos, com elogios, imagine? Agora, mesmo assim a torcidazinha deles é menor, o campo deles é menor, tudo lá é menor.

  21. MARCELO BARBOSA
    21

    O Santa Cruz tá perdendo Yuri, pois Sérgio China não quiz o menino no profissional, o garoto é matador entretanto para o profissional ele não serve. O pior é que ele tá se transferindo para o time do mangue ou para a barbie, pois recebeu proposta dos dois.

  22. sandro coralense
    22

    temos que fazer o que o são paulo aprendeu há anos: as revelações das categorias de base devem ser emprestadas para times menores onde ganharão experi6encia e não sofrerão a pressão de ser jogador da casa. com o desenvolvimento dos mesmos, ou são bem vendidos ou voltam pra mostrar o seu valor no time de origem.

    devemos emprestar thomas anderson, gilberto e miler pra times da série c, que não serão nossos adversários e são times onde nossas pratas podem ser titulares.

    SAUDAÇÕES TRICOLORES

  23. sandro coralense
    23

    se fizermos a arena coral e reformamos os outros estádios pra servirem de apoio durante a copa, teremos três estádios modernizados. do contrário: teremos três estádios em ruínas e um elefante branco moderno.

    temos que unir as três torcidas e reformarmos os três estádios, proporcionando ainda humanização às favelas do arruda. isso é tão lógico que até o presidente do sport já está a favor.

    SAUDAÇÕES TRICOLORES

  24. Yuri tem contrato profissional até 2011 com o Santa.

    YURI SAVARONI BATISTA DA SILVA
    APELIDO: YURI
    NASCIMENTO: 02/12/1990 (18 anos)
    NACIONALIDADE: BRASILEIRA
    ESTADO/CIDADE: RECIFE
    INSCRIÇÃO: 295767
    ÚLTIMAS MOVIMENTAÇÕES
    PROFISSIONAL
    NACIONAL DEFINITIVO – ANDAMENTO
    SANTA CRUZ FUTEBOL CLUBE/PE – 00010PE
    CONTRATO: 557709/PE
    INÍCIO: 18/04/2008
    FINAL: 18/04/2011

  25. Dayvison Santos
    25

    Só pra tirar o 24… Isso é coisa de Barbie… Não se pode deixar um post com 24 comentários kkkkkkkkk

  26. Como eu afirmei no texto. Para o Santa Cruz, nunca é hora de lançar jogadores.

    Agora é porque estamos na quarta divisão, nãopodemos arriscar de forma alguma. Aí contrataremos um jogador pra resolver, e… se fala em Valdir Papel?

    Vamos para terceira, e também não poderemos arriscar, porque a situação ainada é periclitante. Ao chegarmos na Segunda, é um campeonato forte, os jogadores não estão maduros e não poderemos lançá-los… Na primeira divisão então? Experiências nem pensar!

    E no Pernambucano? Mas precisamos de títulos! Não podemos nos arriscar no Pernambucano!

    E assim a vida caminha… E vamos fazendo experiências com os de fora, enquanto os da casa ficam relegados SEMPRE a segundo plano.

Regras de moderação do Torcedor Coral
O Torcedor Coral não se responsabiliza pelas opiniões de seus leitores, mas se reserva ao direitor de excluir, sem aviso prévio, os comentários que:
1. Façam acusações sem provas;
2. Configurem qualquer tipo de crime, de acordo com as leis do país;
3. Contenham ofensas pessoais a quem quer que seja, mesmo que o ofendido seja reconhecidamente um canalha;
4. Defendam ou enalteçam o LEF, pois nós somos liberais, mas nem tanto assim;
5. Utilizem e-mails falsos ou inexistentes;
6. Tenham características de chat ou bate-papo;
7. Copiem textos publicados em outros espaços virtuais, ao invés de publicarem os links das matérias originais.
8. Publiquem sistematicamente os mesmos comentários, repetições de ideias ou opiniões;
9. Publiquem comentários com prevalência em caixa alta, que é o mesmo que gritar na internet;
10. Manifestem intolerância à liberdade de opinião;
11. Tenham características de perseguição a outros leitores;
12. Manifestem, implícita ou explicitamente, mensagens eleitorais, tanto de candidatos a cargos no clube, quanto de partidos políticos;
13. Contenham mensagens abusivas, desagradáveis, ostensivas, cansativas e que não se utilizem de bom senso.

Algumas palavras estão programadas para cair automaticamente na moderação de modo a facilitar o cumprimento das regras. Assim, seu comentário será liberado o mais rápido possível, se for constatado que não houve violação.

O sistema anti-spam do Torcedor Coral, utilizado para evitar malwares ou vírus, ocasionalmente poderá reter indevidamente um comentário legítimo. Também poderão ser retidos indevidamente os comentários que contenham dois ou mais links, pois são através deles que ocorrem ataques ao blog. Tão logo esses casos sejam identificados, os comentários serão liberados.

Lembre-se, o trabalho no Torcedor Coral é realizado de forma voluntária por cada um dos editores, cronistas, moderadores e colaboradores, já que todos atuam profissionalmente em outras áreas. Dessa forma, tenha paciência, caso seu comentário não seja liberado imediatamente.

Para comentar regularmente, o autor deve ter um comentário aprovado anteriormente no Torcedor Coral.

Os casos omissos serão definidos pelos editores do blog.

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *