De olho na base

olheiro

Sempre fui um entusiasta defensor da valorização do trabalho feito nas divisões de base como o principal caminho para tirar o nosso Santa da situação em que se encontra. Revelar é preciso, para que possamos montar times fortes, conquistar títulos e sanear as contas do clube. Sim. Tudo isso é possível com um trabalho bem feito na base.

Quem acompanha o Torcedor Coral a mais tempo, sabe que eu já apontei alguns exemplos de clubes europeus que fazem um trabalho excepcional na busca e renovação de talentos (como o Sevilha da Espanha). Dessa vez, o olhar é para os maiores clubes do país e de como eles tratam as suas divisões de base.

Obviamente, não existe um único modelo, mas ao se observar as diferentes metodologias um fato se destaca: não existe mais espaço para amadorismo. Na busca por novos talentos, os jovens são submetidos a testes físicos, técnicos e psicológicos. Em alguns casos, é até considerado o histórico familiar.

O início de todo esse trabalho ainda tem no olheiro a sua figura principal. A forma de o clube lidar com esses profissionais é que tem apresentado novidades. O Grêmio, por exemplo, tem um programa de licenciamento para Olheiros. Ao invés de receber salários, o profissional recebe um percentual em caso de venda do jogador. Esse percentual varia conforme a idade em que o atleta é levado ao clube. O site do Grêmio conta com informações de todos os seus olheiros (foto, telefone celular e área de atuação).

O Vitória da Bahia possui seis olheiros contratados, com carteira assinada, que passam o ano viajando e procurando jovens de 10 anos em diante. Hoje, 96 atletas moram em alojamentos dos clubes. Isso gera um gasto de cerca de R$ 200 mil por mês. O Internacional-RS tem um sistema mais complexo, com testes sazonais em diversas regiões do país e um departamento exclusivo de avaliação técnica. Os garotos pré-selecionados participam de uma bateria de exames de quatro dias, o que dá mais tempo do garoto mostrar o seu talento e capacidade.

O Santos resolveu apostar em uma franquia de escolinhas (Projeto Meninos da Vila). Hoje são 13 unidades espalhadas pelo país e quando algum jovem se destaca é enviado a Santos para um período de testes. O Palmeiras possui o Green Talent, programa que organiza todo o departamento de base do clube, a partir do trabalho de olheiros. São seis profissionais espalhados pelo estado de São Paulo, quase todos ex-jogadores do clube. Acho esse detalhe particularmente interessante, pois os ex-atletas já possuem uma identificação com o clube. Por exemplo, no Paraguai, essa tarefa está a cargo dos ex-jogadores Arce e Gamarra. Já o Cruzeiro prefere investir em jogadores “semiprontos” com 18, 19 anos. Além dos grandes clubes, empresas como a Traffic estão investindo alto nesse segmento, contratando olheiros e já contando com um CT no interior de São Paulo.

É sabido e notório que a nossa atual condição financeira nos impede de ter uma estrutura como a desses clubes, apesar de, na gestão atual, termos conquistado consideráveis avanços. Dá pra notar também que nem todas as soluções adotadas dependem única e exclusivamente de dinheiro. As franquias de escolinhas e os olheiros contratados e remunerados pela venda dos atletas pode ser um caminho a ser adotado sem maiores prejuízos aos cofres do clube. Se o Clube optar por escolinhas próprias no interior, poderia se beneficiar da lei de incentivo ao esporte, captando recursos e promovendo o esporte.

Cabe ao clube tratar como questão de sobrevivência o trabalho e a revelação de talentos que nos ajudem a sair da atual situação. E cabe a torcida apoiar e entender que sem essa priorização da base, cada vez mais nos afastaremos de nosso passado glorioso e nos aproximaremos de um futuro nebuloso.

E aí? O que vamos escolher?

33 Comentários

  1. geraldinho
    1

    desculpa aê… ei isporti VTNC (VAI-TOMAR-NÕ-CÚ)

  2. Grande artigo, Leo. Propositivo! Factível!

    Fred Arruda, o caminho está traçado…

  3. Fabiano Pinheiro
    3

    Texto muito importante. Divisão de base é o melhor caminho para o clube ser sustentável. O Santa tem grande potencial para revelar valores. Infelizmente, deixou de usar esse potencial e perdeu de revelar jogadores como Hernandes, que passou por aqui.
    A divisão de base precisa de idéias e projetos, mas antes de tudo precisa HOJE e urgente de verbas mínimas para se manter. Mesmo com toda a urgência que o futebol profissional clama, é imprescindível que uma parte dos recursos do clube (uma pequena parte, que seja) seja revertida para manter a base.

  4. insatisfeito
    4

    FURAÇO!
    A mulher do Belluzzo é TRICOLOR!
    informação de primeira fonte!
    O Belluzzo viu o jogo das arquibancadas junto com a gente e fez questão de tirar uma foto com a bandeira do SANTA CRUZ para levar para a mulher dele!
    Quando eu disse que era tricolor, ele VIBROU!
    Dois presidentes do Karai!
    Canal do Karai! é só juntar os dois e eles conversarem!

  5. insatisfeito
    5

    ACABOU A GOGA!!!!
    O PRÓXIMO TIME NA LIBERTADORES SERÁ O SANTA CRUZ!

  6. Hélio Mattos
    6

    Tô aqui muito pau da vida com o Bolg do santinha! Dô o maior pitu na patroa pra ir secar o ixport, fico nessa situação de embriaguez maravilhosa e resolvo voltar para casa só para postar e olhar as reverberações e cadê?
    Tá o bicho todo alugado para um tal de observatório verde sei lá o que, sem dar espaço para nenhum comentário!
    Agora tôi aqui que nem um condenado!

  7. Hélio Mattos
    7

    Em tempo: adoro o torcedor coral mas, para as fofocas e fuleragens o santinha às vezes parece mais um chat.

    À propósito, não só as divisões de base como toda e qualquer nrevelação tem que render para o CLUBE DAS MULTIDÕES, com certeza!

    Chega de ser vitrine.
    Quanto foi mesmo que o Ixport pagou por Ciro?
    Ele tá à venda agora por 10 milhões.
    Isso em quantto tempo?
    Não é um bom negócio???

  8. Fabiano Pinheiro
    8

    Helio, o OV dá espaço sim pra comentários. Já passou, inclusive de 250 comentários agora a pouco. Tem uns 2 comentários de Palmeirense, uns 10 de burronegra mordida e o resto é da turma do blogdosantinha.
    Vai lá!

  9. José Augusto
    9

    Comentário Moderado:

    José Augusto é um troll babaca da Coisa. Vai chorar tua megalomania na Ilha dos Porcos, troll!

  10. Geraldo Tricolor da Iputinga
    10

    Êsse tal de Zé Augusto tá ensandecido, ou melhor, mordido do porco. Ah! coitadoooooooooooooo. Acho melhor ir a um psicanalista.

  11. Leo, o texto vai no “X” da questão. Infelizmente, parece que nesse momento findaram-se os recursos para a base. Pelo que ouvi, profissionais fundamentais que vinham trabalhando no clube foram demitidos. Como escrevi em um texto recente, temos de voltar a ter um “patrimônio de jogadores”.

  12. Geraldo Tricolor da Iputinga
    12

    Não estou muito inteirado do que realmente está ocorrendo nas divisões de base do Santa Cruz, principalmente no aspecto do planejamento. Pelas noticias que tenho escutado ou lido, tudo está sendo remontado partindo do zero. Parece ser o caminho encontrado buscando eliminaremm todos os vícios existentes. Nos últimos tempos as divisões de base dos Santa só trouxeram prejuízos e frustrações. As revelações só proporcionaram alegrias para empresários e outros clubes que levaram promessas a custo zero, e nunca sobrava nada para o tricolor do Arruda.

  13. Excelente texto, Leonardo.

    Acredito que a melhor forma seria aquela adotada por Inter e Grêmio. Os dois juntos têm, segundo matéria da revista Placar, mais de 140 escolinhas/olheiros em todo o pais.

    Um diretor do Inter declarou que elas são mantidas cedendo 30% dos direitos a quem descobriu o atleta, ficando o restante nas mãos do clube.

    Sei que houve melhoras substanciais no tratamento aos garotos do Santa e tem gente boa trabalhando com eles, mas a estrutura (CT) ainda é pra lá de deficiente.

    Se não engano, somos bi-campeões estaduais no infantil e temos bom material no juvenil, de onde foram promovidos vários atletas para os juniores, como parte da reformulação das categorias de base – aquela que o tapado do Lula Carlos noticiou como fechamento.

    Ele só “esqueceu” de noticiar que o time de juniores, reformulado, já estava em campo uns dias depois da publicação da sua notinha escrota.

    É torcer para que não demore muito a sair do papel o projeto da equipe capitaneada por Fred Arruda.

  14. Eheheheh! muito boa a foto do olheiro – na cor adequada para hoje.

  15. Aviso aos navegantes:
    A quinta-Santa volta amanhã a partir das 18:00 horas, lá na sede do mais querido.

  16. Assunto da mais alta relevância. Principalmente num momento em que a base está relegada a segundo plano. Ora, se há dificuldades no futebol profissional, imaginem vocês o que ocorre na nossa base.

    Não sei como, dinheiro é dinheiro e sem ele é difícil apontar caminhos, mas é preciso continuar investindo na base. É fundamental para o nosso futuro. Nossa resurgimento como um clube forte, passa por aí.

    Ontem, entrevistando Sérgio China, perguntamos sobre a experiência dele no Atlético-PR. Sua resposta mostra o quanto estamos longe de revelar grandes jogadores.

    Aliás, a entrevista é imperdível. Estou transcrevendo a gravação e publicaremos o mais rápido possível.

    Saudações corais,

    Dimas Lins

  17. JULIO CESAR
    17

    CAROS AMIGOS
    FINALMENTE UM TEXTO QUE FALA DO NOSSO GRANDE DEFEITO QUE É MENOSPREZAR AS DIVISÕES DE BASE. SE HÁ 20 ANOS ATRÁS TIVESSÉMOS LEVADO A SÉRIO AQUELA CAMPANHA NA TAÇA CIDADE DE SÃO PAULO FUTEBOL JR, ONDE SAIRAM PARA O MUNDO RIVALDO LETO E WALBER COM CERTEZA NÃO ESTARÍAMOS NESTA SITUAÇÃO VERGONHOSA. ACHO QUE NA BASE É QUE ESTA A SOLUÇÃO DOS NOSSOS PROBLEMAS, SO FOMOS FORTES QUANDO NOSSO CLUBE TINHA JOGADORES FORMADOS EM CASA QUE HONRAVAM NOSSO PAVILHÃO. TENHO 29 ANOS E NÃO VI AINDA O SANTA PASSAR 3 ANOS NA DIVISÃO DE ELITE, MINHA GERAÇÃO DE 79 A 09 TRINTA ANOS SÓ VIU O SANTA SER CAMPEÃO EM 6 OPORTUNIDADES MUITO POUCO . UM GRANDE ABRAÇO
    ACHO QUE SERGIO CHINA NÃO É TECNICO PARA NOSSA REALIDADE AGORA OS ERROS ESTÃO SE REPETINDO O REMO/PA SO VAI JOGAR UMA PARTIDA OFICIAL EM 2010 UM ALERTA PRA GENTE A UNICA COISA QUE SERGO CHINA FEZ DE BOM FOI FAZER O GOL DE MEIO DE CAMPO CONTRA O FLAMENGO

  18. sandro coralense
    18

    um sábio tricolor falou para um burro-negro, ontem:

    A ESPERANÇA É A ÚLTIMA QUE MORRE, MAS MORRE!!!!!!

  19. Arnildo Ananias de Oliveira
    19

    LEONARDO JR,

    Já dizia o nosso saudoso dramaturgo e conterrâneo NELSON RODRIGUES: “a coisa (êi coisa, VTNC) mais difícil de se enxergar é o ÓBVIO ULULANTE”.

    DIMAS,

    Apressa aí a entrevista com o China.

    E, como sou o pior dentre TODOS os ateus, apelo:

    QUE DEUS OLHE POR NÓS MAIS DO QUE NUNCA!

  20. Essa questão da base precisa ser pensada e apressada,o tempo
    urge, estamos parados no tempo, direção tricolor mexa-se e
    encontre uma fórmula de manter uma boa base, por exemplo,
    temos o corinthians que esta semana vendeu um garoto de 17
    anos sem nunca ter jogado no time principal, por 6 mi de
    euros ao Manchester. A base é uma das soluções para sairmos
    do fundo do poço em que nos encontramos.
    Saudações corais.

  21. Paulo Aguiar
    21

    Léo e tricolores,

    Olhem esta matéria

    http://www.olheiros.net/artigo.aspx?id=1207

  22. O site é bem legal. Mas, cabe uma ressalva, o ranking é furado em relação à colocação dos clubes daqui.

    Se o critério é baseado nos títulos e melhores colocações de 2007 a 2009, a coisa deveria estar abaixo de Porto e Barbie. E com uma colocação igual ou abaixo do Ypiranga, considerando que ambos têm um 2º lugar no pernambucano e a coisa não participou da Copa -SP.

    Campeonato pernambucano

    2007 Náutico Porto
    2008 Porto Ypiranga-PE
    2009 Náutico coisa

    Copa São Paulo de juniores

    2007 – Porto 11º
    2008 – Porto 37º Ypiranga 87º
    2009 – Porto 47º Ypiranga 74º

    Até nisso a cachorra de peruca rouba?

  23. Campeonato pernambucano de juniores desde 1993:

    Campeão vice
    1993 Santa Cruz ?
    1994 Santa Cruz ?
    1995 Santa Cruz ?
    1996 Santa Cruz ?
    1997 coisa Porto
    1998 coisa Santa Cruz
    1999 coisa Unibol
    2000 Santa Cruz coisa
    2001 coisa Santa Cruz
    2002 Santa Cruz barbie
    2003 Santa Cruz barbibe
    2004 Porto Santa Cruz
    2005 Barbie Santa Cruz
    2006 coisa Santa Cruz
    2007 Barbie Porto
    2008 Porto Ypiranga-PE
    2009 barbie coisa

    Santa 7 títulos
    Coisa 5 títulos
    Barbie 3 títulos
    Porto 2 títulos

  24. Ih! saiu tudo torto. Mas dá pra entender.

  25. Ed Morte
    25

    Uma pena que a categoria de base do Santa Cruz, foi relegada a segundo plano, a verdade é que a categoria de juniores hoje, está praticamente desativada.
    Esta de dizer que foi um planejamento, de remanejar e dispensar garotos , não cola.
    A verdade é que Fernando silva, está priorizando o dinheiro todo para o profissional que em parte é correto. Mas a base esta a mingua, quase fechada.
    seria importante inverter esta prioridade financeira.

  26. Dinheiro é um problema, sem dúvida, mas que não pode inibir o clube e nos privar de soluções criativas e inteligentes.

    Os olheiros de Grêmio e Inernacional são pagos por produtividade. Se um garoto for bem e vendido ganham um bom dinheiro.No Grêmio, se o olheiro levar um moleque de 16 anos tem 5% de participação. 17 anos, a participação aumenta para 10%. A partir de 18 anos a participação é de 15%. Com relação a franquia de escolhinhas, me corrijam se estiver errado, so entraríamos com material esportivo e com a marca do clube.

    Não podemos deixar que o dia-a-dia penoso nos tire a capacidade de pensar no futuro. Tem gente competente lá dentro capaz de soluções criativas para a Base, mas é preciso o comprometimento de TODO o clube.

  27. Saudações corais pra todos.
    Sem base toda casa cai……………………….!

  28. caimos………………………!

  29. Leo tá matando a pau. Concordo inteiramente. O nosso problema é financeiro, mas tb de vontade político-administrativa. A base precisa ser nossa prioridade — a priorização de um setor é um processo, mas deve começar logo!

  30. Gilbert Chaves
    30

    Amigos,
    Por mais incrivel que possa parecer hoje foi uma dia ótimo .
    mais vou informar aos amigos que quando uma PESSOA MORRE DE GRIPE SUÍNA. O QUE OCORRE ?
    VIRA ESPIRITO DE PORCO.
    SAUDAÇÕES TRICOLORES.

  31. Na quinta feira passada eu falei que em uma semana eu me
    associaria e pedi que me cobrassem, antes que me cobrem, me
    antecipo e informo que oficialmente faço parte dessa legião
    de apaixonados pelo Santa, sou sócio com muito orgulho e
    alegria, pena estar distante, senão iria comemorar hoje no
    retorno da quinta Santa.
    Saudações corais.

  32. carlos gaspar
    32

    Com fernando silva dentro do clube, mandando e desmandando, nossa base ta lascada. Não vejo muito futuro para os nossos jogadores.

  33. sandro coralense
    33

    GASPAR, TEU VENENO NÃO ACABA NÉ COBRA CORAL.

Regras de moderação do Torcedor Coral
O Torcedor Coral não se responsabiliza pelas opiniões de seus leitores, mas se reserva ao direitor de excluir, sem aviso prévio, os comentários que:
1. Façam acusações sem provas;
2. Configurem qualquer tipo de crime, de acordo com as leis do país;
3. Contenham ofensas pessoais a quem quer que seja, mesmo que o ofendido seja reconhecidamente um canalha;
4. Defendam ou enalteçam o LEF, pois nós somos liberais, mas nem tanto assim;
5. Utilizem e-mails falsos ou inexistentes;
6. Tenham características de chat ou bate-papo;
7. Copiem textos publicados em outros espaços virtuais, ao invés de publicarem os links das matérias originais.
8. Publiquem sistematicamente os mesmos comentários, repetições de ideias ou opiniões;
9. Publiquem comentários com prevalência em caixa alta, que é o mesmo que gritar na internet;
10. Manifestem intolerância à liberdade de opinião;
11. Tenham características de perseguição a outros leitores;
12. Manifestem, implícita ou explicitamente, mensagens eleitorais, tanto de candidatos a cargos no clube, quanto de partidos políticos;
13. Contenham mensagens abusivas, desagradáveis, ostensivas, cansativas e que não se utilizem de bom senso.

Algumas palavras estão programadas para cair automaticamente na moderação de modo a facilitar o cumprimento das regras. Assim, seu comentário será liberado o mais rápido possível, se for constatado que não houve violação.

O sistema anti-spam do Torcedor Coral, utilizado para evitar malwares ou vírus, ocasionalmente poderá reter indevidamente um comentário legítimo. Também poderão ser retidos indevidamente os comentários que contenham dois ou mais links, pois são através deles que ocorrem ataques ao blog. Tão logo esses casos sejam identificados, os comentários serão liberados.

Lembre-se, o trabalho no Torcedor Coral é realizado de forma voluntária por cada um dos editores, cronistas, moderadores e colaboradores, já que todos atuam profissionalmente em outras áreas. Dessa forma, tenha paciência, caso seu comentário não seja liberado imediatamente.

Para comentar regularmente, o autor deve ter um comentário aprovado anteriormente no Torcedor Coral.

Os casos omissos serão definidos pelos editores do blog.

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *