Apresente-se, futuro Presidente

Alírio Moraes

O próximo Presidente do Santa Cruz

No dia 16 de dezembro, um novo presidente assume o Clube para o biênio 2015/2016. Trata-se, possivelmente, de Alírio Moraes. Mas, quem é Alírio Moraes?

Sei que trata-se de um advogado que ajuda(ou) o Santa Cruz na questão tributária e trabalhista. Afora isso, mais nada. Como torcedor, sócio desde que me entendo por gente e frequentador do Arruda, sou mais um dentre quase todos os tricolores que convivo que não conhece o seu futuro presidente. Há 2 meses peço através dos mais de 6 mil seguidores do twitter do torcedorcoral que alguém publique uma foto de Alírio Moraes e o twitteiro Henrique Figueira nos enviou um link (abaixo) que serviu para que eu, ao menos, possa dizer que “sei” quem é o futuro presidente Coral.

Esse fato serve para ressaltar algumas questões importantes acerca do nosso Clube que merecem ser discutidas.

1. O Santa Cruz nasceu do povo, vive para o povo, mas há muito tempo que deixou de ser do povo (quem não se lembra do “Colegiado”?). Na verdade, são poucos os que decidem o futuro do Santa Cruz há pelo menos 50 anos, tempo do qual ainda existem dirigentes que se fazem presentes ainda como dirigentes. O que poderia ser salutar tamanha “experiência” adquirida nos anos recentes tem se mostrado o retrato do amadorismo que o Santa Cruz vive(u). Todos nós já vimos, aqui mesmo em Pernambuco, times de futebol nascer e morrer com campos de treinamento, e o Santa Cruz, uma Instituição Centenária, não possui e nem tem previsão para ter o seu próprio CT. Não bastasse isso, a solução dita pelo atual presidente é “vender” a Sede (refiro-me “a nova Sede” porque a “velha Sede” nós perdemos na justiça e estamos tentando reaver)  para a criação de um Shopping. Isto, na verdade, era uma promessa de campanha (“promessa não, mas sim trabalho”, como afirmou) de sua reeleição em 2012 que, dentre tantas, não se concretizou. Só isso, diz o quanto paramos no tempo.

2. O Santa Cruz não tem discussão. Não se tem projeto. Ninguém sabe onde o Santa Cruz estará daqui a 5-10 anos, se na famigerada série D ou na sonhada série A. O Santa Cruz é um clube que possui poucas pessoas que discordam e que são capazes de emitir pensamentos diferentes e muitas que concordam, sem sequer pensar o que está sendo discutido. É um clube que não foi modernizado – em seu regimento – para preservar a discussão, a oposição de ideias, de fato e de direito. Prova disso é que não se tem oposição nestes moldes citados – se é que algum dia já teve. Lembro-me que na última eleição para Presidente do Mais Querido, a chamada oposição conseguiu míseros 8% dos votos (151 votos, que nem preenchem uma folha de papel para uma formação de um Conselho Deliberativo). E, poucos dias depois da eleição, os membros da oposição fundaram uma empresa, assumiram o América-PE e hoje tem um clube para chamar de seu. Enfim, conseguiram um Clube para gerenciar.

3. Todos nós sabemos da herança histórica deixada pelos presidentes anteriores a Antônio Luiz Neto. Estes ex-presidentes, sem exceção, têm sua parcela de contribuição para a situação vergonhosa que o clube vive(u). O Santa Cruz herdado por ALN era formado por 6 (seis, repito, seis) jogadores da base (repito, da base). Ou seja, o Santa Cruz Futebol Clube que Antônio Luiz Neto assumiu após a presidência de Fernando Bezerra Coelho era na verdade o “Santa Cruz Clube”, sem o “Futebol” no nome. Com acertos e erros, em sua minoria, o Clube voltou a ter futebol, ter vida, ter discussão e ter torcida. Avanços foram feitos, tanto na parte financeira (com a renegociação das dívidas federais) quanto na parte de “campo” (hoje, ao menos, temos um time que disputa uma série B e sonha, mesmo que distante, em voltar a série A). Mas, o fato é que todo torcedor percebe que ainda falta muito e acredita que poderia ter ser feito mais. Lembro-me que quando o Santa Cruz caiu para a série D, e por lá viveu 3 longos anos, eu acreditava que só conseguiríamos sair daquela situação se o Clube mudasse completamente a sua forma de gestão. Ledo engano, a melhora nessa parte foi a mínima suficiente para chegarmos onde estamos hoje. Enfim, estamos vivos, mas com uma sensação de que perdemos uma ótima oportunidade de profissionalizarmos o clube; de fazer do Santa Cruz de ontem, o Santa Cruz do futuro. Resta-nos, porém, o sonho de um menino de 100 anos que nunca perde a crença na nova geração.

4. O aniversário de 100 anos do Clube nos mostrou, de forma inconteste, o quanto o Santa Cruz é um clube amado. Foi uma explosão de sentimentos, advindas das mais ricas histórias vivencias pelo clube das Repúblicas Independentes do Arruda, desde sua criação até os dias atuais. Contraditoriamente, a passagem do Centenário também nos mostrou que o Santa Cruz não possui a capacidade de sequer planejar o seu  próprio aniversário, o que evidencia que o Clube não é capaz de cuidar de si próprio e da sua família, que é o seu maior patrimônio, a torcida.

Enfim, um Clube com o passado de glórias como o nosso, de tristezas e de alegrias, mas forte o suficiente para se reerguer, exige o melhor de todos os dirigentes, presidentes e torcedores. O Santa Cruz precisa ser administrado, sempre, por alguém que tenha projeto, capacidade de execução, que conheça o Clube e que permita a oxigenação de novas pessoas.

Se o Santa Cruz é o clube do Povo, o Povo deveria conhecer o seu futuro presidente sem a necessidade de uma apresentação. Mas, infelizmente, por razões históricas internas, de colegiados e afins, este não é o caso, e o futuro presidente terá que se apresentar à Torcida Coral.

As “portas” do Tordedor Coral estão abertas, Alírio Moraes.

 

” Segue a reportagem (clique AQUI) com Alírio Moraes …

AlirioMoraes

Alírio Moraes  – Provável futuro presidente do Santa Cruz

 

55 Comentários

  1. vladimir biro TOSA maceió/arcoverde
    1

    Infelizmente o futuro presidente é tininho,alirio vence de qualquer maneira a fantasiosa eleição e pede afastamento por conta do trabalho dos negócios e blá blá blá,e aln nos empurra de goela abaixo seu estagiário,já está tudo planejado.Peço a DEUS que esteja enganado pro bem do santa.

  2. O futuro presidênte vai ser sandro barbosa, o vice ataíde, diretor de futebol adriano…, e por aí vai. SALVEM O SANTINHA.

  3. Realmente. Só no SCFC, temos algo parecido. Não conhecemos o (futuro) presidente.

  4. Os conhecidos não fizeram nada mesmo, quem sabe um desconhecido seja melhor!

    • Só que o desconhecido está junto e misturado, ao que parece, com os atuais conhecidos.

  5. Amaro, eu sei disso, mas quem seria um bom candidato prá fazer frente a esse grupo atual?
    Para os conhecidos:
    Mexam-se!
    Apareçam!
    Candidatem-se!

    • Concordo. Não existe oposição no SCFC. Aparecer próximo às eleições facilita a vida de quem já está no poder. É torcer para que o “presidente desconhecido” faça algo diferente. Eu quero o Santa Cruz forte, seja com este ou aquele candidato.

    • o último que tentou foi esculhambado, denegrido e insultado. Foi Sérgio Murilo, que considero que tinha muito boas intenções e um programa sério de gestão.

      Aliás, alguém viu o programa de gestão da situação? Acho que é mais desconhecido que o futuro novo presidente.

    • Artur Perrusi
      5.3

      Se tívessemos um colegiado que fosse proporcional às forças políticas no Arruda, poderíamos cobrar mais da oposição. Mas como, se não fizeram a reforma do estatuto? A oposição só pode aparecer mesmo na época das eleições. Nossas eleições são “eleições” –casuísmo puro.

      Uma oposição só pode sobreviver e ser ativa politicamente “dentro” do Arruda e não fora dele durante dois anos.

      Nosso estatuto é uma aberração. Sabemos quem é quem obtendo respostas a duas perguntas:

      – vai fazer a reforma do estatuto?
      – qual?

    • Artur, dificilmente alguém fará mudança no estatuto, que lhe tire poderes (basta ver as alterações no nosso estatuto). Mas acho que a oposição poderia estar em programas de rádio criticando, contestando, apresentando propostas. Com isso se torna conhecido.

  6. Flávio Tricolor de Gravatá
    6

    Excelente texto, talvez um dos nossos “deuses do Olimpo Santacruzense” leia e possa aproveitar alguma coisa dessas palavras verdadeiras, sinceras e que acima de tudo representam o anseio da maioria da torcida do Santa Cruz Futebol Clube.

    Sinceramente é pedir muito isso?

    Pedir que tenhamos transparência, pedir que se tenha um planejamento pro futebol, um planejamento para as divisões de base e que se já que não nadamos em dinheiro se use a criatividade ou copie exemplos de outros clubes que deram ou estão dando certo para que possamos ter uma equipe forte, QUE RECEBA EM DIA e na parte estrutural que os esforços sejam envidados para construção do nosso Centro de Treinamento, nem que sejam apenas campos com uma sala pra servir de vestiários.

    Andar com fé eu vou a fé não costuma falhar!

  7. Esse próximo jogo do Mais Querido vai ser importantíssimo para o nosso time, por isso espero que a Família Tricolor compareça em massa para ajudar o Santa Cruz a somar mais uma vitória. Creio que o Santinha vai jogar melhor e vai vencer. Por isso Galera tricolor, vamos ao jogo apoiar o time das três cores.

  8. guilardo pedrosa
    8

    Lembrem-se do que o Governo fez com o Santa para obrigá-lo a jogar no ELEFANTE BRANCO. Mesmo que o nosso presidente tenha ” aberto as pernas” numa desmedida covardia e traição aos sócios, nós devemos ter vergonha na cara : ” TORCEDOR DO SANTA CRUZ QUE TEM CARÁTER NÃO ASSISTE JOGOS LÁ NO FIM-DO-MUNDO”. A nossa casa é o ARRUDA. NÃO VÃO À ARENA PARA AJUDAR A COBRIR BURACO DO GOVERNO. Mesmo porque esse time do Santa, com torcida ou sem ela não presta mesmo.

  9. O regime político do Santa Cruz não é o que aparenta ser, em vez de presidencialismo temos parlamentarismo, onde Sandro Barbosa é o primeiro ministro com poderes absolutistas. O cardeal Richelieu das Repúblicas independentes do Arruda. Adriano, Ataíde, Lima ministros da base aliada, e finalmente, os empresários dos jogadores, que são os financiadores das campanhas.

  10. Santana Moura
    10

    Oi Paulinho, muito oportuna a chamada, está tudo muito silencioso!

  11. Eduardo macedo
    11

    O próximo Presidente pode ter que se deparar com uma situação que eu acho que nunca aconteceu. O Santa pode ficar de fora da Copa do Brasil. Pelas minhas contas, o Santa Cruz para pegar a última vaga da CB 2015 tem que torcer para que, no mínimo, dois dos seguintes resultados aconteçam :
    1) São Paulo ser campeão da Sulamericana ou classificar-se para a Libertadores via Brasileirão;
    2) Corinthians classificar-se para a Libertadores via Copa do Brasil ou Brasileirão;
    3) Botafogo classificar-se para a Libertadores via Copa do Brasil ou Brasileirão.

    Se minhas contas estiverem corretas, a coisa tá feia.

  12. o negócio é oliveira acabar com essa mentalidade de que somos um time “rápido” e “habilidoso”, quando temos 80% de pernas-de-pau.. nosso time é ruim e ficaremos perto da décima colocação. Pior seria o rebaixamento. Precisamos, pra começar, de um 5 pegador para entrar no estadual com chances de ganhar.

  13. Assistir o Santa Cruz jogar é uma gangorra só.
    Alguém notou alguma diferença entre Canindé e Sabugosa? Eu sinceramente só notei a cabeleira. Um tem outro não.

  14. J. Antonio
    14

    O Santa Cruz é tão amador que Natan assinou a súmula com uma camisa e entrou em campo com outra resultado levou o terceiro cartão amarelo.

    • Arnildo Ananias de Oliveira
      14.1

      BEM LEMBRADO.

      É o “retrato fiel” do q é o nosso SCFC em termos de planejamento, organização, marketing, etc. E se o ALEMÃO ñ poder jogar o RESTANTE DO CAMPEONADO por razões de IMPEDIMENTO LEGAL, o Clube estará dando, POR ESCRTITO, toda a prova de sua INCOMPETÊNCIA ADMINISTRATIVA. Sinceramente… PQP!

      SAUDASANTA

  15. As características de todos os nossos laterais do elenco são de serem alas, em esquemas com 352. Nenhum dos laterais do elenco tem características de bom marcador que o esquema 442 exige, o mais próximo disso é o Tiago Costa!

    Agora 2 notícias não tão boas sobre o campeonato Pernambucano. O fim do patrocínio da Coca-Cola já para o ano que vem(espero que a federação consiga um substituto ainda melhor) pois representa mais recursos para os times pernambucanos como um todo.
    E a outra notícia negativa é o fato do Santa não poder jogar o 1° turno do estadual, ou seja, a nossa principal fonte de renda(bilheteria) como é que fica?? só fazendo pré-temporadas e amistosos??

    E o caso da numeração trocada do Natan é no mínimo inadmissível num clube co ma estrutura do Santa Cruz que se diz “profissional”!

    Mais um “causo” pra sua extensa coleção né diretoria!

  16. Robson-Pi
    16

    E não é que o homem falou no blog do torcedor.

    O advogado Alírio Moraes é o candidato da situação do Santa Cruz para a eleição que vai ser realizada no dia 15 de dezembro.

    Alírio explica que há um ano e meio vem trabalhando nos bastidores para um processo de reconsolidação fiscal do clube.

    “Vamos diminuir em 70% os débitos tributários e previdenciários do Santa Cruz. Além disso, conseguimos um investidor que vai assumir o pagamento das dívidas trabalhistas. Também apresentamos um projeto para zerar a dívida com o município. Tudo vai ficar resolvido até o mês de Novembro. De posse das certidões e com essas soluções trabalhistas, o clube fica viável”, explicou Alírio Moraes ao Blog do Torcedor.

    Essas soluções vão possibilitar ao Santa Cruz o acerto com a Caixa Econômica. Isso é o que garante o advogado.

    “Até Novembro estaremos com as certidões dando entrada para solicitar o patrocínio da Caixa Econômica. A negociação está bem avançada, só faltam as certidões. O contrato deve ser de 24 meses”.

    • O cara nem entrou e já está mentindo.
      Promessas e mais promessas, igualzinho ao atual presidente.
      CT, Shopping Arruda e só blá, blá, blá.

    • Artur Perrusi
      16.2

      Não duvido do advogado, mas é preciso muita fé para acreditar nas suas afirmações. Simplesmente porque já ouvimos, reiteradas vezes, tantas promessas, que tudo parece enrolação.

      Não dá mais para dizer “bora acreditar”. O jeito é dizer “bora desconfiar”.

    • Em janeiro ele lança uma rifa.

  17. J. Antonio
    17

    Já deve estar de olho na próxima candidatura para vereador

  18. O Santa Cruz tem uma dívida trabalhista de R$400 milhões segundo o blog de primeira. Hummm, mui estranho isso agora!
    Não dá prá acreditar. Tem coelho nessa cartola!

  19. Embora o momento do Santa Cruz também seja relativamente tranquilo, com o clube estabilizado no meio da tabela da segunda divisão, os ânimos estão mais acirrados antes das eleições de 15 de dezembro. O atual presidente Antônio Luiz Neto, após quatro anos no poder, vai tentar fazer o seu sucessor, mas não haverá conciliação com a oposição.

    O nome escolhido pelo grupo que atualmente está na presidência é o do advogado Alírio Moraes, cuja principal bandeira é o saneamento fiscal. Afirma que está há um ano e meio trabalhando para diminuir pendências tributárias e dívidas trabalhistas para conseguir as certidões negativas de débito. Com elas, o clube vai buscar um patrocínio de dois anos com a Caixa Econômica Federal.

    Mas a oposição tem críticas. Joaquim Bezerra, derrotado por Antônio Luiz Neto há dois anos, não encabeçará a chapa, mas está articulando o seu grupo. Quer um candidato para profissionalizar o clube e reclama de promessas de campanha não cumpridas pela atual gestão (como a construção de uma Arena). Disse, em entrevista ao Super Esportes, que o nome que será lançado é “forte, bastante conhecido dentro do Santa Cruz, mas nunca disputou eleição ou foi diretor do clube”.

    http://trivela.uol.com.br/eleicoes-coritiba-santa-cruz-sport/

  20. Esse empate do Santa Cruz contra a Ponte Preta foi um bom resultado, agora, espero que o Mais Querido jogue melhor e vença o próximo jogo terça-feira na ARENA PERNAMBUCO. Vamos ao estádio Família Tricolor, vamos apoiar o tricolor. O Santa precisa do nosso apoio.

  21. Permita-me a registrar um momento inesquecível que presenciei na data de 13 de outubro de 1985. Era um domingo e Santa Cruz e sport decidiam o segundo turno do campeonato pernambucano daquele ano. Ilha do Retiro lotada e divididas arquibancadas e gerais literalmente meio a meio. Um jogo duro e o time de lá, pra variar, era favorito a conquistar o turno. O time era dirigido pelo então Carlos Alberto Silva e tinha Luiz Carlos, Henágio, Ângelo, Zé Guimarães, etc. O Santa, treinado por Waldemar Carabina, tinha Birigui, Zé do Carmo, Neto e ele. Ele? Bom depois revelo quem era…

    Jogo, como disse bem disputado, mas o time de lá abriu o marcador com gol de …deixa pra lá. O time de lá teve chances de aumentar o placar, mas terminou primeiro tempo vencendo por um a zero.

    No segundo tempo, o jogo ficou bem mais equilibrado, mas, aos poucos, o Santa começou a pressionar o rival. Aos 38 minutos, houve uma falta no lado direito de ataque do Santa na barra onde fica a sede. Me lembro de um cara que olhou pra mim e me disse: te prepara boy pra balançar essa bandeira! Eu fazia, com muito orgulho, parte da Força Jovem, uma das torcidas organizadas do Santa. A falta foi cobrada pelo lateral direito Marco Antônio, Neto correu pro primeiro pau e a zaga correu também e a bola sobrou pra ele e ele não perdoa! Santa empatou 1×1! E o jogo acabou! Acabou nada! Ainda restava a prorrogação e os pênaltis, caso fosse preciso.

    Na prorrogação, ainda no primeiro tempo, o time de lá pressionando loucamente houve um chutão do nosso zagueiro Zito (pense num perronha!), Gabriel, o diabo loiro, raspou de cabeça e a bola sobrou pra ele na divisão do campo sozinho. Ele dominou a bola, deu uns três a quatro passos e enxergou o goleiro de lá, um tal de Paulo Cezar, vindo ao seu encontro desesperadamente e não teve dúvidas encobriu o goleiro quase do meio de campo e me lembro como se fosse hoje a bola descaindo feito pipa (ou papagaio, como queiram) no gol do placar e metade daquele povo subiu e fez tremer aquele estádio. PQP! Pensa que acabou? Nada! O time de lá que já pressionava passou a pressionar mais ainda, a ponto de que aos 14 minutos do segundo tempo da prorrogação, o zagueiro do Santa chamado Jorge colocou infantilmente a mão na bola e o juiz, Aristóteles Cantalice marcou pênalti! A torcida de lá já estava praticamente toda fora do estádio. Um tal de Adilson foi bater o pênalti. No gol São Birigui! Adilson cobrou no canto direito de Birigui e ele feito uma flecha defendeu o pênalti mandando a bola pro escanteio. O estádio veio abaixo! Após a cobrança a zaga tirou e o jogo acabou! Invasão de gramado, uma loucura…

    Depois desse jogo o Santa passou a ter uma sequência de jogos decisivos de outros campeonatos na ilha e todas ganhou do time de lá…

    Inesquecível para um jovem de apenas 15 anos de idade!

    Ah, quem era finalmente ele? Ele era simplesmente um tal de Marlon!

    Saudações Tricolores!

  22. Basta começar a encaixar as peças certas no time que o time joga. Alemão entrou não por mérito do técnico e já deu outra cara a zaga (mais segura e confiável). Se dependesse de Canindé ainda estaria no banco. Falta agora, Canindé colocar Ailton no lugar de Wescley. O time ganha mais padrão de jogo e tem mais posse de bola.
    Eu só não entendo por que caixas d’água Renatinho tem que entrar sempre na lateral, é uma implicância burra. Ficamos sempre desprotegidos com sua entrada. Renatinho é útil no ataque e não na lateral.
    Ailton e Alemão devem ser titulares contra o Vasco e Renatinho caso jogue, vá para o ataque.
    É o que eu penso.

  23. Espero que essa eleição no Santa comece a ser mais discutida:

    SANTA: Oposição detona “O Santa está sendo comandado por um fascista”

    Entrevista com Bartolomeu Bueno

    http://www.wareporter.com.br/santa-oposicao-detona-o-santa-esta-sendo-comandado-por-um-fascista/

  24. JOÃO BATISTA
    24

    Por incrível que pareça o rendimento de Renatinho, ontem, foi bom.

  25. Só espero que essa oposição não seja do tipo dos petralhas. Se não for, tem meu apoio!

  26. Aliazzzzzzzzzzz eu quero dizerrrrrrrrrr que se eleitooooo vô acabarrrrr com a cumilança. E minha primeira atitude como Rei das Republicas Indepentes do Arruda será acaba com a Comi-ssão peitimonial aliazzzzzz a têta é grande e o buraco é mais em baixo e fede muito

  27. TRICOLAÇO
    29

    Sandro já começa a sua campanha todo errado, querendo que saco vazio fique em pé. ASSIM NÃO DÁ!

  28. TRICOLAÇO
    30

    Sandro tem uma tese, que saco vazio fica em pé. ESSA EU QUERO VER!

  29. Espero que o Santa Cruz jogue bem e vença o Vasco da Gama. Vamos a ARENA Galera Tricolor com toda nossa família apoiar o Mais Querido. O Santa precisa do nosso apoio.

  30. Flávio Tricolor de Gravatá
    32

    A vitória veio contra o Vasco, falta a diretoria fazer a parte dela e pagar os salários atrasados.

    É muita choradeira, más já temos duas chapas para disputar as eleições do clube, porque será?

  31. Aproveitando que o tema do post é sobre eleição, replico um comentário meu feito no Blog do Santinha:

    Prefiro desejar algo mais, melhor.

    O estádio está sujo, sem manutenção, banheiros imundos, calçadas quebradas, sede pichada, piscina sem manutenção, fiação elétrica exposta, estragram a drenagem do gramado, ou seja, não cuidaram a da reforma feita por FBC.

    De patrimônio, ALN só fez arrendar o espaço para uma academia e uma sala de troféus feiosa e que só vive escura e fechada (parece mais um depósito).

    Centros de treinamento com ações na justiça, abandonados.
    Marketing não existe. Centenário foi uma piada. Não há prestação de contas (contra o regimento). Quanto foi arrecadado com o show de Roberto Carlos?

    Isso sem contar que o torcedor e sócio nunca é ouvido: burros-negros na diretoria, insistência em técnicos que a torcida não queria, material esportivo horrível, centenário lastimável.

    Em campo humilhações para Santa Ritas, Águias, Tupis, etc
    Nas bilheterias, os sócios são tratados pior que bicho, tendo seus ingressos vendidos por cambistas e apenas 3 caixas atendendo uma fila enooooorrmeee.

    QUERO MEU SANTA CRUZ GRANDE REALMENTE. Não vou me contentar com dois acessos que eram obrigação (até pra consertar os rebaixamentos capitaneados por Tininho e Jomar na era do Cabeção) e alguns Camp. PE.

    Não vou me contentar com a incompetência e amadorismo que se instalaram no Arruda.

    FORA ALN e leve os burronegros junto!

  32. A situação financeira dos clubes brasileiros é caótica e preocupante. A realidade atual foi sendo construída ao longo de anos de irresponsabilidade administrativa, com baixo desenvolvimento de suas fontes de receita, aumento constante das despesas e elevação brutal de seu endividamento.

    A filosofia da gestão de nossos clubes sempre foi gastar o que tem e o que não tem, deixando o desequilíbrio financeiro para os presidentes que sucedem o mandatário do momento. Uma total falta de respeito às entidades, que gera desconfiança do mercado e enfraquece suas marcas.

    Nos últimos anos os clubes viram um crescimento de suas receitas, especialmente com a TV. Mas ao mesmo tempo apresentaram um aumento substancial de suas despesas, especialmente para a manutenção dos departamentos de futebol, com salários de técnicos e jogadores fora da realidade.

    Um bom exemplo dessa situação foi o ano de 2012, quando houve grande injeção financeira por conta de um novo contrato com a Rede Globo, além das luvas recebidas pelos times, valores esses que não se repetiram em 2013.

    Os clubes gastaram todo esse montante e hoje encontram-se em uma situação financeira muito mais delicada que antes da assinatura deste rentável contrato.

    “Para operar, os clubes recorrem a empréstimos bancários caríssimos, devem impostos para o governo, sempre esperando uma ajuda e continuam inflando suas folhas salariais.” Amir Somoggi, consultor de marketing e gestão esportiva, sobre a crise financeira dos times de futebol

    Mas, se há mais dinheiro, como a situação piorou?

    A resposta é simples e direta. Entrou mais dinheiro, mas o modelo de gestão permaneceu inalterado, com descontrole total dos orçamentos. Para operar, os clubes recorrem a empréstimos bancários caríssimos, devem impostos para o governo, sempre esperando uma ajuda e continuam inflando suas folhas salariais.

    As dívidas bancárias geram altas despesas financeiras, e as pendências com o governo levam a aumentos dos gastos com atualização de tributos. Essa gestão desequilibrada coloca em dúvida como o nosso futebol pode evoluir de forma sustentada.

    A gestão atual é absolutamente ineficiente. Pelos meus cálculos, na última década os clubes brasileiros acumularam deficit de mais de R$ 2,6 bilhões, sendo que, apenas nos últimos três anos, esse valor ultrapassa R$ 760 milhões.

    Cai por terra, portanto, a tese que o problema dos clubes o passado e que, resolvendo isso, o futuro é promissor.

    O futebol brasileiro precisa rever seus conceitos e conter a gastança desenfreada sem nenhuma eficiência. A bolha financeira do futebol é uma realidade e consequência direta da falta de visão de longo prazo, somada à falta de entendimento que cada clube deve ser gerido sem paixões exacerbadas e irresponsabilidades administrativas.

    Pelo lado das receitas, os clubes precisam deixar de lado esse modelo cinza, sem graça, quadrado e investir em um modelo muito mais criativo, agressivo e apaixonante.

    As paixões devem ser trabalhadas junto do torcedor, a administração dos clubes precisa ser racional, profissional e eficiente Amir Somoggi, consultor de marketing e gestão esportiva, sobre o modelo de administração do futebol brasileiro

    O marketing dos clubes brasileiros tem que se transformar em uma das áreas mais importantes das entidades, gerando muito mais que ganhos com dois ou três patrocinadores e licenciamento de produtos. O departamento de marketing tem que ser o responsável por toda essa paixão que move os clubes, especialmente perante o seu torcedor.

    Contudo, de nada adianta um marketing super criativo em um modelo de gestão desequilibrado. Portanto, se o futebol brasileiro quiser evoluir de forma saudável, vai precisar de gestores muito bem preparados, com entendimento de modernas técnicas de gestão corporativa.

    Por isso o futebol brasileiro precisa mudar. As paixões devem ser trabalhadas junto do torcedor. A administração dos clubes precisa ser racional, profissional e eficiente.

    Com essa atitude teremos clubes financeiramente mais fortes, suas marcas muito mais valorizadas e respeitadas pelo mercado corporativo. Exatamente o que perdemos depois de anos de ineficiência com administrações pautadas em teses antiquadas e desatualizadas.

    http://noticias.uol.com.br/opiniao/coluna/2014/10/21/gastanca-desenfreada-levou-clubes-a-situacao-financeira-caotica.htm

  33. Arnildo Ananias de Oliveira
    36

    ÊTA TIME PRA GOSTAR DE SER RIDICULARIZADO À NÍVEL NACIONAL!

    Já não basta o título paraguaio de 1987:

    http://blogs.ne10.uol.com.br/torcedor/2014/10/21/rafinha-bastos-ironiza-o-sport/

    SAUDASANTA

  34. Arnildo Ananias de Oliveira
    37

    HERANÇA MALDITA DO VISCONDE DE SABUGOSA:

    essa exagerada quantidade de empates – onde na metade deles poderíamos ter ganho o jogo, tranquilamente – nos faz cair de posição PRA QQ TIME QUE NOS IGUALE EM Nº DE PONTOS pois nosso nº de vitórias só não é menor do que OS TIMES DA RABEIRA. PQP!

    SAUDASANTA

    • roberto gomes
      37.1

      Culpa de ALN e sua filosofia de segurar técnico até o fim e não ouvir a torcida. e de Sandro também de “segurar os amigos”

  35. Eu estava descrente na subida do Santa a série A, embora ainda ache difícil o acesso, mas, pra mim, o jogo decisivo, o jogo capital, será contra o Ceará. Se o Santa vence vai a 48 pontos e terça joga contra o Vila Nova, na Arena e ficaria teoricamente bem próximo do G4. Lembrando que o Santa terá o Avaí no confronto direto na penúltima rodada, no Arruda. AGORA, acho que nossa classificação depende da postura de nossa DIRETORIA. Se pagar pelo menos uma folha salarial até o jogo do Ceará motivará o grupo, se não pagar – pelo que vi na declaração de Gamalho – vai ser complicado. ACORDA DIRETORIA!

    • Arnildo Ananias de Oliveira
      38.1

      O CE VAI VIR VIRADO NUM MOIO DE COENTRO POIS SEU TÉCNICO FOI DEMITIDO NA MADRUGADA.

      ENTRETANTO, vi o jogo todo ontem e posso assegurar uma coisa: embora tenham um ataque arrasador a defezinha deles nada deve à nossa defesa na época do Visconde de Sabugosa com Nininho, Sena e o anãozinho na lateral-esquerda.

      Tb acho q se vencermos este jogo poderemos disparar (DESDE Q Ñ SEJEMOS CONTAMINADOS PELA SOBERBA) pois poderemos colocar pra trás ADVERSÁRIOS DIRETOS em confrontos EM CASA a exemplo do AVAÍ (principalmente), SAMPAIO. Espero que no nosso último jogo, em partida FORA DE CASA, contra o Atlético/GO, já estejemos classificados ou que, pelo menos, o burro-negro goiano já esteja “fora do páreo” e sem risco de rebaixamento. Mesmo assim, será uma pauleira pois “mala branca” virá de tudo que é lugar.

      Mas, não vamos nos PRÉ-OCUPAR pois já temos muito pra se OCUPAR: o CE.

      QUE TODOS OS DEUSES DO OLIMPO ESTEJAM DE NOSSO LADO

      SAUDASANTA

  36. Arnildo Ananias de Oliveira
    39

    ESSA DESGRAÇA DOS INFERNOS TOMOU NO FIOFÓ,

    com um gol do Goiás aos 46 do 2º tempo pra matar aquelas pestes todinhas do coração.
    Tem nada não: sinal de reabilitação à vista no próximo jogo (contra o Galo lá nas MG).

    KKKKKKKK

    SAUDASANTA

    • Coronel Peçonha
      39.1

      Arnildo,

      O pior é que foi um jogo com muitas chances para ambos os lados; para quem não tinha nada melhor para fazer, foi bom de ver (apesar do nível técnico baixo) e, claro, excelente ao final.

      Eu já tinha o empate como bom resultado… eu costumo dizer que cada vez fico mais apaixonado pela time-boi, porque é muita felicidade que ele nos traz.

      Por falar em boi-leão, DUBOI disse que se levasse Natan para a ilha da fantasia ia transformá-lo num homem inquebrável, pois parece que lá trabalha o que existe de mais moderno na medicina esportiva do mundo.

      Só não sei por que a ilha do chié não conserta Regis, ontem abriu o músculo de Pelezinho (kkkk, pelezinho, kkkk) de novo, Anderson Pedra se fufu, Jadilson se fufu nas duas pernas, enfim, que medicina boa danada: parece marketing de político em campanha.

      AO QUE IMPORTA: se o Santinha tivesse mandado Sabugosa para o sítio antes de quando mandou, teríamos muito mais chances. Mas eu ainda acredito.

      O Santa Cruz é minha pátria.

  37. Arnildo Ananias de Oliveira
    40

    PELAS MANCHETES (q parecem até COMBINADAS) DO JCOISA, DO DP MERDA, DA FOLHA DE LIMPAR B _ _ _ _ , etc, etc, chega-se fácil à conclusão q a coisa ruim dos 5º dos infernos perdeu o jg de ontem, diante do Goiás, por mero “vacilo” e eu chego a conclusão q ñ entendo NADA DE NADA de futebol e q ASSISTI OUTRO JG.

    “Coisa perde muitas chances, vacila no fim e é derrotado pelo Goiás por 1×0”;

    “Coisa vacila no final e perde por 1 X 0 pro Goiás”.

    Aliás, AO Q ME CONSTA, foi a 1ª vez q o Goiás ganhou de um time daqui, em Terras Pernambucanas. Do Santa Cruz TENHO CERTEZA q NUNCA GANHOU. Das barbies acho q ñ. “Caiu de quatro” diante do Salgayro qdo o enfrentou lá em Paulista, na Segundona. A cho q foi mais um feito dessa coisa maldita.

    E 6ª F É PAU, CIPÓ E PEIA NAS COSTAS DE UM IDOSO (q já é vovô q nem eu), LÁ PRAS BANDA DE BORANGABUÇU.

    RAÇA E FORÇA TERROR DO NE!

    SAUDASANTA

  38. Hélio Mattos
    41

    Terça feira estou lá e priu.

Regras de moderação do Torcedor Coral
O Torcedor Coral não se responsabiliza pelas opiniões de seus leitores, mas se reserva ao direitor de excluir, sem aviso prévio, os comentários que:
1. Façam acusações sem provas;
2. Configurem qualquer tipo de crime, de acordo com as leis do país;
3. Contenham ofensas pessoais a quem quer que seja, mesmo que o ofendido seja reconhecidamente um canalha;
4. Defendam ou enalteçam o LEF, pois nós somos liberais, mas nem tanto assim;
5. Utilizem e-mails falsos ou inexistentes;
6. Tenham características de chat ou bate-papo;
7. Copiem textos publicados em outros espaços virtuais, ao invés de publicarem os links das matérias originais.
8. Publiquem sistematicamente os mesmos comentários, repetições de ideias ou opiniões;
9. Publiquem comentários com prevalência em caixa alta, que é o mesmo que gritar na internet;
10. Manifestem intolerância à liberdade de opinião;
11. Tenham características de perseguição a outros leitores;
12. Manifestem, implícita ou explicitamente, mensagens eleitorais, tanto de candidatos a cargos no clube, quanto de partidos políticos;
13. Contenham mensagens abusivas, desagradáveis, ostensivas, cansativas e que não se utilizem de bom senso.

Algumas palavras estão programadas para cair automaticamente na moderação de modo a facilitar o cumprimento das regras. Assim, seu comentário será liberado o mais rápido possível, se for constatado que não houve violação.

O sistema anti-spam do Torcedor Coral, utilizado para evitar malwares ou vírus, ocasionalmente poderá reter indevidamente um comentário legítimo. Também poderão ser retidos indevidamente os comentários que contenham dois ou mais links, pois são através deles que ocorrem ataques ao blog. Tão logo esses casos sejam identificados, os comentários serão liberados.

Lembre-se, o trabalho no Torcedor Coral é realizado de forma voluntária por cada um dos editores, cronistas, moderadores e colaboradores, já que todos atuam profissionalmente em outras áreas. Dessa forma, tenha paciência, caso seu comentário não seja liberado imediatamente.

Para comentar regularmente, o autor deve ter um comentário aprovado anteriormente no Torcedor Coral.

Os casos omissos serão definidos pelos editores do blog.

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *