Ressurreição

Funeral de um lavrador (Chico Buarque)

Reproduzir

Boas-vindas delirantes do Torcedor Coral ao Blog do Santinha, que ressuscitou ontem do mundo dos mortos. A crônica é uma adaptação do texto original de mesmo nome publicado por este autor no Estradar.

A notícia espalhou-se como rastilho de pólvora por toda a Judeia. Eleazar[i], irmão de Marta e Maria, ressuscitara, como por encanto, pelas mãos de um homem comum, após quatro dias de sua morte, em Betânia. Ouvi o impressionante relato de um viajante de passagem por Hebron e quase não pude crer em meus ouvidos. Diante do sepulcro, um galileu ordenara ao morto para que saísse da caverna e ele obedeceu.

Tamanha obediência de um defunto a um homem comum intrigou-me sobremaneira, ainda mais que, mesmo bem vivo, Maquerunte, um vira-lata que peguei para criar desde filhote há cinco anos, jamais se submetera à minha vontade.

Durante duas noites não pude dormir, nem deixei de pensar na narrativa do peregrino sobre a ressurreição de Eleazar. Cheguei mesmo a ter dor de estômago na segunda noite, embora suspeitasse que a desagradável sensação física tivesse mais a ver com o guisado de sangue, tripas e miúdos de bode, bem condimentado, que comera horas antes, por causa dos gases que se espalharam no ar e expulsaram Maquerunte para longe de mim, do que a notícia do homem ressurreto.

Ao acordar, veio junto com uma rajada de vento a junção de uma coisa à outra. Se fora possível a ressurreição de um homem, não seria também o retorno de outro da morte?

Naquela manhã, jejuei em busca de respostas e de conforto intestinal, por causa da refeição da noite anterior. No início da tarde, já estava convencido que deveria partir para Betânia, a fim de compreender todos os eventos da ressurreição. Desejava intimamente aprender e, quem sabe eu mesmo, trazer de volta do mundo dos mortos um amigo que falecera dias atrás em Jerusalém.

Parti naquela noite para o norte em direção à Betânia pela estrada de Belém. Levei comigo algumas cabras para vender no caminho, além de Maquerunte, infiel animal que só me acompanhou na viagem, porque foi arrastado pela coleira amarrada a uma das patas de meu jumento.

Na noite seguinte, como num sinal dos céus para que eu desistisse da jornada, uma cabra desgarrou-se do rebanho e fugiu para o deserto da Judeia. Com medo de me perder e morrer de fome e sede, ordenei que Maquerunte resgatasse o animal. Ele recusou e continuaria a recusar a cumprir minhas ordens expressas, caso eu não o ameaçasse de abandono em meio ao deserto ou afogá-lo nas águas do Mar Morto. Em menos de dois quartos de hora Maquerunte retornava com a cabra desgarrada, apesar dos seus rosnados de protesto. Tentei recompensá-lo com um delicioso cozido de estômago e entranhas de cabrito, mas o cachorro recusou, talvez por causa das lembranças dos gases que se espalharam no ar na noite insone em Hebron.

Na manhã seguinte, chegamos à Belém. Perquiri os aldeões sobre os eventos de Betânia, mas as informações e opiniões foram desencontradas. Alguns homens falavam de intervenção divina, enquanto outros repeliam a morte factual de Eleazar. Para estes, Eleazar fingira a morte propositadamente com a intenção de atribuir santidade ao homem que supostamente o trouxe da morte. Insisti em desconstruir essa lógica e pedi explicação sobre o cheiro de decomposição que exalava de seu corpo no momento em que saiu do sepulcro. Depois de um longo silêncio, um dos homens de Belém justificou o odor com a simples falta de um banho regular.

Deixei os homens de pouca fé, pelo baixo nível dos argumentos, e segui para o mercado central para vender todo o meu rebanho. Como o preço da arroba do bode gordo estava em alta, pude apurar um bom dinheiro e até comprei, contrariando minhas orientações sobre economia de subsistência, novas alpercatas e continuei a trilhar o caminho para Betânia.

A cidade ainda estava em polvorosa com a notícia da ressurreição de Eleazar. Peregrinos acampavam em frente à sua casa e ouviam relatos maravilhosos sobre o retorno da morte do irmão de Marta e Maria. Ali também as informações eram desencontradas. Mas entre eles, ao menos, encontrei um judeu que presenciara o momento da ressurreição. O Galileu pediu que retirassem a pedra, ao que Marta protestou, pois reconhecia que defunto de quatro dias cheirava mal. Então disse o Galileu para que todos ouvissem: “aquele que crê, ainda que esteja morto, viverá”. Em seguida, o Gigante, como o chamara o judeu em razão de sua altura incomum entre os homens da Judeia, simplesmente teria ordenado para que ele saísse do sepulcro. A testemunha ocular tomou-se de espanto ao ver Eleazar sair do túmulo de volta à vida. O ex-morto tinha pés e mãos atados com bandagens e cheirava mal, tal qual dissera sua irmã. Por fim, concluiu que as palavras do Galileu deveriam ser uma espécie de feitiço capaz de reverter a morte. À noite, num momento de sossego, pensei sobre o que dissera o judeu. Não seriam as palavras pronunciadas pelo Galileu a chave do mistério?

Durante os dias que passei acampado em frente à casa, não pude ver Eleazar. Nenhum familiar, aliás, dirigiu-se à pequena multidão para dar o testemunho de fé, o que fez surgir a desconfiança sobre a ressurreição.

Senti força nas palavras que o viajor atribuíra ao Galileu. Por isso, decidi não perder mais tempo e rumei para noroeste a caminho do Jardim do Sepulcro, em Jerusalém, distante dez estádios de Betânia.

Já era noite quando entrei em Jerusalém pela Porta de Susã, vindo da estrada que leva a Jericó. Avistei o Jardim de Getsêmani e soube que ali, dias atrás, um homem fora preso por se aclamar o Filho de Deus. Não tinha tempo a perder com noticiário policial. Tangenciei o Templo pelo Alpendre de Salomão, atravessei o Pórtico Real e cruzei a ponte em direção ao Palácio de Herodes. Ao avistar a movimentação da páscoa, retrocedi. Entrei pela Porta das Ovelhas e ganhei a estrada para Samaria. Nos arredores da cidade, avistei de um lado o Tanque de Betesda e do outro, a Fortaleza de Antônia, onde o mesmo homem que havia sido preso no Jardim de Getsêmani, segundo relatos de alguns judeus, fora ridicularizado e chicoteado no local. Finalmente, cheguei ao meu destino, o Horto do Sepulcro.

Maquerunte seguiu o rastro de morte que descia do Gólgota, local de crucificação de criminosos e inimigos de Roma, e apontou o caminho para a caverna onde fora enterrado Samarone, o amigo em que eu depositava a esperança da ressurreição. Retirei a pedra do túmulo com minhas próprias mãos, enquanto Maquerunte brincava com um fêmur ao meu lado. Dei um cascudo na cabeça do cachorro, pois precisava de silêncio para concentrar toda a minha fé. Apontei meu cajado de pastor para a caverna e ordenei que ele saísse. Houve um silêncio sepulcral e nem mesmo Maquerunte teve coragem de irromper com o seu latido a solidão da noite escura. De dentro da caverna nada se moveu. Respirei fundo e redobrei a minha fé. Lembrei-me das palavras do Galileu e as repeti como um mantra.

― Aquele que crê, ainda que esteja morto, viverá!

Depois, respirei ainda mais fundo e ordenei:

― Sama, levanta-te e anda!

Diante de novo silêncio, deixei o formalismo de lado e apelei em tom coloquial:

― Vai sair ou não vai, carai?!

De repente, uma voz estrondosa, como um estampido de um trovão, pronunciou-se de dentro da caverna.

― Sair, não saio. Se tu quiseres, entra!

Tremi as pernas e Maquerunte tentou fugir. Segurei-o pela coleira de barbante e chamei-o de frouxo, depois de dar-lhe uns tabefes.  Em verdade vos digo, também estava apavorado, mas deveria, afinal, contar com a possibilidade concreta de reviver o morto.

Mandei Maquerunte na frente para abrir caminho, mas ele girou o focinho com muita destreza e mordeu a minha mão. Depois fugiu noite adentro me deixando a mercê daquela alma penada e depenada. Sozinho, hesitei.

― Já que não vens, fechai a entrada, então!

Achei o defunto por demais aborrecido e pouco afeito à gratidão. Peguei meu candeeiro no lombo do jumento, enchi os pulmões de coragem e entrei. Lá dentro, um fedor horrível subia pelas paredes caiadas do sepulcro. “Sama deveria estar morto há meses e não há dias, como pensava”, engendrei. Adiantei-me em passos vacilantes e pude notar que o morto ainda se encontrava deitado.

― Já não te ordenei que levantasse?! – disse com surpreendente firmeza.

― Levantar o cacete! Tu ousas me acordar e ainda queres que eu salte da cama, como um soldado diante de uma inesperada inspeção militar?!

― Teu sono profundo vem da morte, irmão.

Samarone comentou alguma coisa sobre a minha leseira momentânea e fez um movimento de quem tornaria a dormir.

― Não compreendo… Não estavas morto?

― Morto de sono, palerma!

Fiquei confuso. Se Samarone apenas dormia, por que se alojava então numa caverna no Jardim do Sepulcro?

O suposto defunto me explicaria tudo em troca de comida e bebida. Voltei ao jumento e peguei no alforje uma garrafa de vinho e um resto de farinha e rins de bode, que cheirava um pouco melhor do que Samarone. Acendi uma fogueira e chamei-o cá fora para fazer o desjejum.

Samarone me explicou que ficara impressionado com as palavras do Galileu e resolvera aderir aos Seus ensinamentos depois da pregação no Monte das Oliveiras. De lá para cá, percebera que tudo dera errado para o Filho do Homem, pois Ele não só foi preso pela polícia romana, como apanhou na cadeia e foi condenado à crucificação. Assim, resolvera protestar diante do Templo contra a prisão do Galileu, chamou ainda a eleição dos anciões para o Sinédrio de fraudulenta, e, por sua blasfêmia, também fora condenado à morte pelos fariseus. Com medo de morrer, refugiou-se no Horto do Sepulcro, depois de simular o seu próprio fim. Dizia que, apesar da falta de água, luz, vinho, saneamento básico, aqueduto, mulher e, principalmente, do Santinha, a vida não era tão mal assim. A economia com o aluguel, que andava pela hora da morte, compensava tudo isso.

Contei a Sama da minha jornada em busca de sua ressurreição, depois que soube do retorno de Eleazar do mundo dos mortos. Terminei por pedi que viesse comigo, pois dividiria com ele o meu próprio rebanho de cabras. “O que for meu, será teu também, exceto, é claro, mulher, filhos, minha cama, dinheiro, propriedade, cuecas e escova de dentes”, acrescentei.

Embora Samarone enxergasse em meu ato um pequeno exemplo dos ensinamentos cristãos, entristeceu-se ao saber que eu havia oferecido um boi no despacho que fiz numa encruzilhada de Hebron para trazê-lo de volta à vida.

Talvez por isso, tive que retornar sozinho para casa. Samarone, o profeta do Azar, como seria conhecido doravante, temia ser perseguido pelos seguidores da Santa Cruz e, assim, condenara a si a viver enterrado em seu próprio túmulo.

Longo anos se passaram depois daquele dia no Horto do Sepulcro. Maquerunte voltou para casa, não por amor ao dono, mas pela garantia de vida mansa e cheia de fartura. E de alguma forma, posso afirmar que Samarone, ainda que simbolicamente, voltou dos mortos, pois manda, de tempos em tempos, notícias da Santa Cruz.


[i] Correspondente em hebraico a Lázaro, nome de provável origem grega.

74 Comentários

  1. Paulo Fonseca
    1

    Como é o negócio? o Blog do Santinha voltou ? ai meu Deus do Céu …

    hahahhhahahahah

  2. rubemjunior
    2

    Por mim enterrava o Blogdosantinha, sem direito a retirada dos ossos.

  3. Arnildo Ananias de Oliveira
    5

    ALN

    Não tenho dúvidas q o grande timoneiro deste título pernambucano foi o Presidente do SCFC, o ALN. Pessoa simples, agregadora, trabalhadora e, acima de tudo, um obstinado tricolor. Em nenhum momento tive dúvida de vir a me arrepender em lhes ter dado meu voto, na última eleição do Clube.

    Foi com outra pessoa obstinada, seu tio, o velho Tofinha, q fui impelido a comprar 2 cadeiras cativas q possuo no Estádio José do Rego Maciel numa época q, sequer, residia em Recife. Estava, casualmente de férias, na minha Terra Natal.

    Há alguns anos atrás, bati um papo rápido com o ALN na sala de espera do meu médico oncologista, quando o mesmo acompanhava a sua secretaria q Tb estava se recuperando de um processo cancerígeno. NUMA CONVERSA RÁPIDA, logo estávamos conversando sobre a espantosa trajetória de queda do “Mais Querido” e da necessidade q urgia de se resgatar a AUTO-ESTIMA tricolor.

    Alguns até pode estar se perguntando se embriagado estou com O PERFUME DE CAMPEÃO NO AR q ESTÁ IMPREGNANDO toda a Veneza Brasileira. Eu diria q estou ainda inebriado mas principalmente espantado de ver, de repente, minhas duas filhas – a Leila e a Ana Carla –q nunca foram assíduas aos estádios de futebol, se juntar, de uma hora pra outra, a mim e ao meu filho Marco André, q se largou lá de Brasília, pra cerrar fileiras junto aos demais 55 a 60 mil tricolores q se fizeram presentes ontem, no Mundão do Arruda, de uma forma drasticamente fanática, para o meu espanto.

    Realmente, não contive o orgulho dessa repentina solidariedade, espontânea, das minhas meninas, uma delas já mãe de netinhas gêmeas, igualmente tricolores Santacruzenses.

    Mas, voltando a falar no ALN, devo dizer q ontem à noite, meu filho esteve com o mesmo no Spettus do Derby em jantar festivo de comemoração ao merecido título de 2011, pelo menos até pouco mais de meia-noite e, hj, já o encontramos cedinho, trabalhando, lá no Santa Cruz Store, ocasião q pediu licença pois o pai do garoto Gilberto o aguardava, para uma conversa. Não sem antes sublinhar q a Arena Coral “iria sair do papel”, embora ñ saiba, exatamente, em q moldes. Entretanto, AFIRMOU, tratar-se de um projeto VIÁVEL.

    Eu sou daqueles q entendo q o melhor da FESTA É ESPERAR POR ELA. Fui pra casa com minhas filhas e sobrinha e ñ acompanhei a bebemoração do meu filho, embora já tivesse tomado todas, até o início da partida. Finda esta, fiquei num estado de torpor e letargia e fui pra casa esperar “cair a ficha”.

    Contente Tb fiquei com o retorno do blog do Santinha mas ficaria mais ainda se presenteado fosse com uns textos alusivos à conquista assinados pelo SAMARONI lá e o ARTUR PERRUSI aqui.

    É isto aí. Agora é “acordar pra Jesus” e nos prepararmos, em todos os aspectos, pro nosso retorno a série “C” pois, como diz um provérbio chinês, uma grande caminhada COMEÇA COM O PRIMEIRO PASSO.

    AVE O TERROR DO NE

    SAUDASANTA

    • Leonardo Brandão
      5.1

      Prezado Arnildo,

      Agora a frase que tem que ser dita por vc é: To sentindo o cheiro de acesso no Ar!!

      Estava faltando o seu texto!!

      Abraço!

    • Ana Paula
      5.2

      Esse é o grande Arnildo!!!

  4. Arnildo Ananias de Oliveira
    6

    DIMAS,

    q texto caprichado! E, pelo q já constatei, a lacuna já foi preenchida, em parte, com o novo texto do Samarone. Agora, só falta o Artur.

    SAUDASANTA

  5. JÚNIOR CORAL
    7

    Como é que Jeovânio fica de fora da Seleção do Campeonato ??

  6. Hélio Mattos
    8

    kkk!!!
    O ressurreto Samarone.
    Que seja muito bem vindo de volta à vida!

  7. JÚNIOR CORAL
    9

    Gilberto acaba de fechar com o Internacional/RS por 2 Milhões, 1 Milhão a mais que a proposta do Corinthians.

    Fonte: Blog do Torcedor.

  8. rubemjunior
    10

    O Blogdosantinha já chegou com os pés de foca.

    Já começamos perdendo o jogo para a coisa(vtnc).

    Se o blog não pensasse em voltar, teriamos vencido o jogo ontem.

    Tenho dito. Vamos dar um tempo pessoal, depois da série D o Blog retorna, eu acho mais coerente.

    • Carlos André - Natal/RN
      10.1

      Pelo contrário amigo ! Vendemos Gilberto por 2 Milhões e mais uma poupança do direito federeativo de 30% … dá-lhe Blog ! Dá-lhe Samarone !

  9. Marcelo Costa
    11

    Enquanto as bonecas torcem pra clubes, nós fazemos parte de uma nação.

    Uma nação sem fronteiras, sem muros, sem preconceitos, mas unidos por uma paixão chamada Santa Cruz!

    O trisuper é soberano, aqui é Santa Cruz!

  10. Arnildo Ananias de Oliveira
    12

    SARAVÁ EWERTON SENA!

    E o sarará paraibano, hein? Aquele loiro oxigenado além de ter feito aquela grosseria covarde com o “carrapato” do Arruda ainda levou uma saraivada de bolacha do mesmo. Já tinha sido humilhado em campo (não só domingo mas EM TODOS os jogos q pegou pela frente o Éwerton Sena).

    E o garoto, com aquela humildade franciscana q Deus lhe Deu, prá lá de constrangido de ter batido num ancião, ainda se desculpou com a Nação Coral e até mesmo, com aquele bando de cornos marginais q compõem, na sua grande maioria, aquela corja maldita dos 5º dos infernos.

    O CHEIRO DE CAMPEÃO IMPREGNOU TODA RECIFE.

    SAUDASANTA

    • augustus
      12.1

      Bom dia a todos!
      um absurdo, o pessoal da coisa não saber perder!
      tem que na vida saber ganhar e saber perder.

    • Geraldo Mesquita

      Êles não sabem nem onde estão e nem o que são, então como saberão perder?

  11. Fábio Belmino
    13

    É quase um orgasmo ver nossa diretoria dá tanto olé, foi olé nos nossos adversários e olé na imprensa.
    A ultima foi a transferencia de Gilberto.
    Ontem Roberto Nascimento ja tinha desmontado todo o time e alocado nossos guerreiros em outras agremiações. kkkkkkkkkkkk
    Quando essa imprensa não recebe a merenda ficam loucas.
    Estou confiante na diretoria pela primeira vez em minha vida, destaco que no quesito do não desvio de verba tambem confiava na gestão FBC.
    Creio que agora o dinheiro da transação de Gilberto será aplicada no clube e não em campanhas político-partidárias e em vantagens pessoais.

    • Anderson Seabra
      13.1

      Olé, olê… é no boi, nos adversários e na imprensa, essa diretoria tá dando um chocolate nas demais. Olé, olê…

  12. Dimas, belo texto!

    Não posso deixar de falar sobre o rescaldo do clássico, me permitam.

    1 – O bandeirinha que corria do lado das sociais, não tenho dúvida que estava no bolso. Dois lances na mesma jogada ele deixou de marcar impedimento cabeludo. Nossa sorte é que o time do boi é tão ridículo que sequer entrava na nossa área, méritos também ao nosso sistema defensivo, mas não tenho dúvidas que aquele cidadão estava com más intenções;

    2 – Sr. Jeovânio fez um partidaço e queimou minha lingua quando percebi que estava marcando bala. Estava preocupado, mas aquela sequência de tomadas de bolas, culminando com um voo na bola que deu nas pernas do rival, foi sensacional;

    3 – Cadê o time das decisões? Cadê o time de chegada? Antes das partidas finais quando nossa amada imprensa falava a todo canto do estado que a coisa é time de chegada, é o time das decisões, é o flamengo de Pernambuco, etc…. naquela oportunidade falava pra Peçonha que nada aquilo era verdadeiro, ao menos, como a imprensa falava. Se bem olharmos, em 1996, das 15 decisões entre Santa e a coisa, tínhamos ganhado 8 contra 7 deles. Depois de 96 eles ganharam tudo. Mas observe as circunstâncias dos títulos de 99,2000, 2003 e 2006. Em todas elas, a exceção do último, sempre a coisa levava vantagem. Todas essas finais na ilha do chié, jogando pelo empate!. Assim é muito bom né verdade? Agora quero ver time de chegada, time de decisão revertendo uma situação de desvantagem..aí eu quero ver! Não deu outra. E olhe que a única vantagem do Santa era jogar a última partida em casa.

    4 – No tocante ao público de domingo, acredito que não tinha mais de 8 mil coisentos. Aquele primeiro jogo no Arruda, tinha mais adoradores de mastro do que domingo passado. Isso significa dizer, por outras palavras, que foram cerca de 54/55 mil tricolores (ao menos oficialmente). Em suma: o maior público do Brasil não foi do clássico Santa e coisa. O maior público do Brasil aconteceu, de fato, no clássico, MAS FOI EXCLUSIVAMENTE DA TORCIDA DO SANTA CRUZ! Isso é fato!!

    Saudações Tricolores!!

    • Mário
      14.1

      Concordo plenamente com o item 1

    • JÚNIOR CORAL
      14.2

      Cobrão, voce esta correto, todas estas decisões passadas a coisa sempre decidia em casa e com vantagens, me lembro na final de 2000 ou foi 2003 que o Santa Cruz tinha que ganhar 3 vezes da coisa, a primeira foi na ilha e a coisa jogava pelo empate(Decisão do 2ºTurno)o santa perdeu, mesmo se passasse pra final a coisa ia jogar pelo empate e a última partida seria na ilha do chié.

      E tem mais, quantos campeonatos o Santa Cruz já eliminou a coisa em decisões de turnos ou clássicos decisivos, se a coisa fosse time de chegada teria ido para a final em 1993, 1995, 2001, 2002, 2004, 2005,(em 2006 ganhou por causa de Lecheva).

      Santa Cruz rumo aos Campeonatos Brasileiros Série D,C,B,A.

      Ninguém segura mais agente !!!

  13. Anderson Seabra
    15

    Essa festa vai ser multiplicada por 5 caso consigamos subir de divisão nosso foco principal: SER CAMPEÃO BRASILEIRO DE TODAS AS DIVISÕES.

  14. Blog do Santinha eu não achava, mas passei a achar. Dá azar!

  15. Roberto Santos
    17

    Precisamos fazer uma mobilização para a manutenção do time, precisamos urgente da renovação de Thiago Cardoso, Thiago Mathias e de Zé Teodoro até 2014, ano do centenário. A torcida paga, pode fazer um treino Santa a contra Santa b para a manutenção dos craques que a torcida vai ajudar.

    • Fábio Belmino
      17.1

      Leandro Souza na minha modesta opinião ainda é mais importante que Thiago Matias, porém desejo a renovação dos dois e a do paredão é obrigação da diretoria e de nós torcedores bancarmos.

    • Roberto Gomes

      Tambem acho ! Pela idade e pelo futebol.

  16. óia a cobra
    18

    Não gostei do texto.
    ***
    Zé cogitou a possibilidade de manter todo elenco e só perder 2 jogadores vamos ver como fica isso.
    Já perdemos Gilberto, aliás não perdemos, ganhamos, e o negócio foi melhor que se esperava para ambas as partes. Vai ser difícil contar com o paredão mas Diego Lima corresponde.
    Só não acho bom negócio o Tiago Cardoso ir pro analtico, ele merece ir pra time melhor e maior, sinceramente ir para o analtico é regredir, é sair da vitrine e ir pro depósito. Boa sorte pra ele.

    Eu liberaria Thiago Matias também. Foi muito bom, mas ele pode ser muito mais útil ao criciúma

  17. óia a cobra
    19

    Uma vassourada boa aí vinha a calhar.
    Marquinhos que ja venceu o contrato, Diego Biro, Bruno Leite, Zuba, jakson, Alexandre Silva, Helton, Cleber Goiano, Rodigo Gral.

    Pegava gente nova aqui mesmo do Pernambucano.

    Futebol é resultado e esses aí não acrescentaram nada ao clube.

    • Leonardo Brandão
      19.1

      Só discordo de Rodrigo Grahl e Cléber Goiano, creio que serão importantes para o nosso acesso.

      Abraço!!

    • Idem

    • Roberto Gomes
      19.2

      Aqui não tem mais jogador de qualidade. os “melhorzinhos” a coisa levou

  18. Tibério
    20

    Blog do santinha nunca mais…

    Se voltar vou Hackear, digo logo….

  19. Luiz Ernane
    21

    Texto excelente, mistura de boa literatura e humor. Se tivesse mais duzentas páginas, leria da mesma forma. Parabéns Dimas pelo bom trato com as palavras e pela analogia da vida de Cristo com a nossa cruz pesada da Série D.

  20. Anderson Seabra
    22

    Amistosos internacionais estão na moda, vamos fazer um evento desses trazer um clube europeu ou sulamericano (como o Fortaleza e Vitória trouxeram o Boca ano passado) e iniciar os preparativos para série D. Tem que ser um evento grande com jogo televisionado para o resto do Brasil. O Esporte Interativo cobriu o jogo entre Fortaleza e Boca.

    NORDESTÃO: DEVEMOS DISPUTAR!

    Outro ponto que não deve ser esquecido é a questão da Copa do Nordeste. Vi o presidente afirmando: “Se houver data participaremos”. Acho que o Santa Cruz deve participar obrigatoriamente dessa competição, se não puder com a equipe titular que leve os juniores. Será tudo pago (hospedagem e viagem), ainda haverá premiação para os melhores colocados e os jogos serão transmitidos para todo o Brasil (os patrocinadores agradecem). Qual competição o Santa Cruz realiza nessas condições ? Além disso, a competição servirá, mais uma vez, como preparativo para série D e para revelar novos pratas-da-casa (já que infelizmente não sei porque não participamos da Taça São Paulo). Não participar do Nordestão e não saber aproveitar as oportunidades, temos que ir, nem que seja com os pratas-da-casa. É dessa maneira que o Vitória tem vários jogadores se destacando todos os anos.

    Saudações Corais

    • Roberto Santos
      22.1

      Estão formulando uma tabela para o nordestão e colocando o Santa em um nível inferior, classificatório, junto com outras nove equipes:
      No Grupo A estariam: América/RN, Treze/PB, Botafogo/PB, Santa Cruz/PE e Fortaleza/CE.

      No Grupo B ficaram: C S A/AL, C R B/AL, Fluminense de Feira/BA, Confiança/SE e Sergipe/SE.

      É notório que o grupo B é bem mais fraco deveria haver uma mescla melhor (CSA,CRB, Flu de Feira não estão bem), quem puder entrar em contato com a diretoria, dê essa sugestão da mescla.

      para um posterior classificação para enfrentar sport, náutico, vitória, bahia, abc e Ceará.

      Eu preferia que fossem quatro chaves de quatro times ida e volta (6 rodadas), quartas, semi e final (mais seis jogos) 12 rodadas.

    • Fabiano Pinheiro

      Não creio que seja um nível inferior,mas sim os clubes que não jogam séries A ou B e, por isso, têm datas disponíveis entre maio e julho.

  21. Tricolor
    23

    Anderson, ano passado até o PSV da Holanda veio fazer alguns amistosos aqui, inclusive com o Ceará!

    Quanto a negociação do Gilberto para o Inter/RS( melhor inter/RS que pra porra de Curinthia) ouvi algumas pessoas falando que a negociação gira em torno de 2 milhões e o Santa teria direito ainda a 15% do passe, mas, de aocrdo com esse site lá do RS:

    http://wp.clicrbs.com.br/duplaexplosiva/2011/05/16/inter-pode-anunciar-a-sua-primeira-contratacao-para-o-brasileiro/?topo=13,1,1,,,77

  22. Paulo Silva
    24

    Ainda sobre o Campeonato, tem duas coisas engasgadas que preciso falar:
    1 – antes do último jogo um diretor da coisa disse que o Arruda “é um campo neutro”. É incrível como esses escrotos não conseguem esconder o medo do Terror do Nordeste. Por isso essa insistente agresão, essas aleivosias gratuitas contra o Gigante que acordou. Algum psicólogo aí por favor explique essas agressões dos adoradores de mastro.
    3 – Um radialista da CBN, um ralfe não sei do quê, comentando o lance inicial do penúltimo jogo, disse que “o Santa Cruz precisa investigar e apurar o que aconteceu de verdade”. Outro fdp. Insinuava contra o nosso capitão, após ver o timinho deles levar dois gols do time do santo nome, em plena casa dos festejos. Desse aí eu tenho pena. O por fora deve ter sido minguado nessa semana.

  23. Bruno Albuquerque
    25

    Thiago Cardoso não pode sair!!!! Tem matéria dizendo que a barbie ofereceu 36mil de salário, 3 vezes mais do que ele ganha no Santa. Isso não é uma proposta difícil de cobrir.

    Acredito também que seria prudente aumentar o salário de todos os jogadores considerados titulares a fim de prolongar o contrato e majorar a multa em caso de rescisão, priorizando claro os que já tem algum tipo de proposta para deixar o Clube.

    Tiago Cardoso, Leandro Souza, Jeovânio, Wesley, Tiago Cunha, Natan, Memo e Renatinho são jogadores imprescindíveis parar a Série D. Portanto, devem ser olhados com muito cuidado o contrato desses jogadores. Devemos cobrir a todo custo qualquer proposta.

    INDEPENDENTE DE CAMPANHA DE SÓCIO OU NÃO, TODO TORCEDOR DO SANTA CRUZ TEM OBRIGAÇÃO DE SE TORNAR SÓCIO E PAGAR SUAS MENSALIDADES EM DIA, INCLUSIVE AGORA NESSE PERÍODO DE “RECESSO”. CASO CONTRÁRIO, PERDEREMOS JOGADORES E AÍ A SITUAÇÃO FICARÁ COMPLICADA.

    Saudações Corais.

    • Rosa Lucia
      25.1

      Concordo plenamente, assino embaixo Bruno.

      Hoje, na Folha, foi noticiado que um conselheiro do sport está preocupado com a repercussão do BOI, pois esse será o símbolo que nós, adversários deles, falaremos, mudando assim o mascote, para os rubro-negros será sempre o leão, kkkkkkkkkkk

      Arnildo, o CHEIRO DE CAMPEÃO NO AR tomou conta do planeta Terra, nos recantos mais longínquos que esteja um TRICOLOR CORAL, ah, como se espalhou!

      Obrigada time de guerreiros, comissão técnica e toda a diretoria e, como não poderia deixar de citar, toda a nossa imensa e linda torcida MAIS APAIXONADA DO BRASIL.

  24. JÚNIOR CORAL
    26

    Cobrão, voce esta correto, todas estas decisões passadas a coisa sempre decidia em casa e com vantagens, me lembro na final de 2000 ou foi 2003 que o Santa Cruz tinha que ganhar 3 vezes da coisa, a primeira foi na ilha e a coisa jogava pelo empate(Decisão do 2ºTurno)o santa perdeu, mesmo se passasse pra final a coisa ia jogar pelo empate e a última partida seria na ilha do chié.

    E tem mais, quantos campeonatos o Santa Cruz já eliminou a coisa em decisões de turnos ou clássicos decisivos, se a coisa fosse time de chegada teria ido para a final em 1993, 1995, 2001, 2002, 2004, 2005,(em 2006 ganhou por causa de Lecheva).

    Santa Cruz rumo aos Campeonatos Brasileiros Série D,C,B,A.

    Ninguém segura mais agente !!!!

  25. Gleibson
    27

    Parabens a Diretoria pela negociacao de Gilberto, caladinho resolveu a negociacao de Gilberto e a imprensa burro negra comeu MOSCA pensando que ele iria para o curinthians e depois ser emprestado a coisa, tenho certesa que no internacional ele sera titular.

  26. Arnildo Ananias de Oliveira
    28

    BRUNO ALBUQUERQUE,

    Concordo em gênero, número e grau com tudo q escrevestes acima. Já falei REITERADAS VEZES a alguns Diretores do Clube q TEMOS Q OUSAR mais um pouco e é INEVITÁVEL q essa folha creça de 80 a 100%.

    É o q penso, pra evitar um “desmanche”.

    SAUDASANTA

    • Roberto Gomes
      28.1

      O aumento da folha nesse percentual não deve ser somente no salario e sim tambem no prazo contratual, ou seja renovando por mais um ou dois anos os jogadores que aprovaram, como por exemplo o goleiro, o zagueiro Leandro Souza, e Geovânio, uma vez que Wescley ja acertou.
      Saudações Corais

  27. Gleibson
    29

    Acho que a Diretoria deve aproveitar a empolgacao e convocar os torcedores para se asociar, para poder manter os atletas deveria fazer um comercial com os atletas que estao recebendo propostas de outras equipes e falando que a permanencia deles dependa dos torcedores, criar algum eslogan para essa campanha de socios. VAMOS MANTER O TIME DE GUERREIROS SE ASOCIANDO.

  28. Gleibson
    30

    Alguem da Barbie mandou colocar uma placa na frente do xiqueiro HEXA E LUXO, Alguem do Santa Cruz tem que mandar fazer alguma novidade tirando onda com o time do BOI.

  29. Engraçado o Corinthians. Queria levar Gilberto pagando menos que o Internacional, baseado no apalavrado e ficou com raivinha do Santa Cruz. É bom lembrar que o jogador chegou a abandonar a concentração por causa do seu procurador e do Corinthians. O Inter, ao contrário, sem alarde e sem tentar desestabilizar o time na reta final do campeonato, ofereceu mais ao Santa e levou o jogador.

    Quer levar o atleta, pague o quanto pesa. Queria ver se fosse o contrário, se o Corinthians ia entregar um atleta a um clube que pagasse menos. Enfim, falaram muito e ficaram chupando dedo.

    Saudações corais,

    Dimas Lins

    • Anderson Seabra
      31.1

      Um conselho para o Corinthians Dimas, pague 3 milhões que o Gilberto vai para o Parque São Jorge.

    • Roberto Gomes
      31.2

      Dimas, além de que o negocio foi feito diretamente com o diretor de futebol que veio pessoalmente do RS para cá tratar com ALN, jogador e o pai,sem intermediário.

  30. óia a cobra
    32

    Minha gente, eu entendo a empolgação de vocês, mas não vamos pensar que esse dinheiro da renda e da venda de Gilberto,vai resolver de vez nossos problemas e vamos sair aumentando o salário de todo mundo como se tivéssemos dinheiro sobrando. Isso não é assim.
    Os jogadores contratados assinaram contrato para ficar até dezembro e até lá o dinheiro deve ser o que foi acordado. O Santa não foi benevolente ao dar gratificações por vitórias e pelas conquistas?
    E tem mais, quando foram contratados o que foi dito a eles foi que o projeto ERA SAIR DA SÉRIE D e a serie D nem começou ainda.

    • Tribomjardim
      32.1

      Mas alguns poderiam ser garantidos para o ano que vem…principalmente o paredão.

    • Roberto Gomes

      Exatamento, é como eu disse, esse aumento de salario deveria incluir tambem a dilatação do prazo contratual de um ou dois anos, principalmento daqueles jogadores que aprovaram dentro do campo, evitando todo ano sair em busca de novos jogadores. O dinheiro que se gasta todo ano seria compensado com a renovação antecipada desses atletas.

  31. Hoje, há mais de 10 mil sócios em dia, no Santa.

  32. óia a cobra
    34

    Não Gleibson não agimos assim.
    O analtico tá se gloriando de uma permanencia que quem na verdade quem defendeu foi o Santa Cruz e não eles e em gratidão ao que fizemos por eles querem tirar nosso goleiro.
    Timizinho frouxo e amolecado

  33. rubemjunior
    35

    Vamos agora ficar antenados nas renovações de contrato e contratações, principalmente de laterais direito e esquerdo.

    Saudações Corais do Arruda.

  34. óia a cobra
    36

    Tiago Matias com muita vibração chegou pra Zé e disse: Conseguimos.
    Vejam como respondeu Zé Teodoro.
    “NÓS NÃO CONQUISTAMOS NADA AINDA”
    AÍ me veio o porque.

    PORQUE O PROJETO É CONSEGUIR SAIR DA SERIE D. Toda essa comissão técnica e elenco que aí está, ao vir para cá foi dito a eles apenas uma letra do alfabeto: A letra D.
    E o compromisso ao assinar o contrato era tirar o clube da serie D, para não cometer o mesmo erro de FBC que desmontou o time ao terminar o pernambucano.
    Então; torcida, jogadores, elenco e diretoria estamos no meio do caminho. Não se conquistou nada. NOSSO ALVO É SERIE D. O COMPROMISSO ASSINADO FOI COM A SÉRIE D.

  35. óia a cobra
    37

    Peço a diretoria que escreva isso em letras garrafais na concentração:

    NOSSO COMPROMISSO E OBJETIVO É SAIR DA SÉRIE D.

  36. Anderson Seabra
    38

    JOGOS TELEVISIONADOS NA SÉRIE D

    O Santa Cruz tem que negociar seus direitos televisivos, não podemos prescindir da TV nos nossos jogos da Série D, toda a atenção da torcida estará voltada para essa competição, nos jogos fora do Arruda a audiência será extraordinária. Portanto, sugiro a direção do clube não esperar ser procurado por qualquer emissora de TV, o interessante mesmo é ir atrás e oferecer o direito de arena do clube através do site oficial do clube. O que não podemos é ficar sem assistir os jogos do clube durante o campeonato brasileiro.

    Em 2008, pela série C, Campinense X Santa Cruz na TVU deu 21 pontos de audiência contra 15 pontos entre Palmeiras X Grêmio pela série a na Globo.

    Nós temos uma boa marca quem vai comprar?

  37. óia a cobra
    39

    Não vamos mos deixar contaminar pela febre do ouro.

    Todos aí sabem que o compromisso é com a série D. os pagamentos estão em dia e a cada vitória tem didin a mais no bolso.
    É melhor ficar na vitrine e ser mais valorizado.
    Vamos deixar de oba oba.
    Vamos cumprir o que foi acordado.

  38. Paulo Silva
    40

    Anderson, e asistirmos implica em audiência, anúnciante$ etc. Fundamental que o marketing do Clube trabalhe isso. Outra coisa seria os tricolores que manjam de redes sociais, facebook, twiter etc arrumar um jeito de usar essas ferramentas para mobilizar novos sócios. Pensei num grande evento de associação em massa, uma mobilização só, feito fizeram agora em São Paulo no caso do churrasco em Higienópolis. Um dia para fazer novos sócios – haveria um evento na sede do Santa, e as pessoas mobilizadas pelas redes sociais iriam pra lá no mesmo dia e hora associar-se e pagar a primeira mensalidade. Por aí. Mas tem que ser já, aproveitar esse clima.

  39. óia a cobra
    41

    Porque tem jogador ai com o sentimento de dever cumprido se a série D nem começou ainda?

  40. Sobre a saúde financeira do clube
    http://www.pe.superesportes.com.br/app/18,103/2011/05/17/noticia_santa_cruz,9708/cofre-do-santa-cruz-esta-ficando-cheio.shtml

    Uma boa notícia com certeza!

    O triste é ver um clube com a visibilidade que tem na mídia, inclusive nacional( vide enceramentos de espeorte espatacular, entre outrso) memso estando numa serie D, receber de todos os patrocinadores 620 mil durante os 5 meses (Jan/Maio) o que se não estiver enganado fica na média de 124 mil reais/mês! O que é um valor muoito aquem do que reprensenta a marca do SANTA CRUZ F.C. Sem falar no valor da cota de televisão que tambem não corresponde a grandiosidade da audiência( imagina quanto a emissora de televisão responsável pelo televisionamento não recebe pelos seus anunciantes antes, durante e depois de uma partida do Santinha.)

  41. rubemjunior
    43

    Temos que buscar um parceiro forte para transmissão de nossos jogos na série D.

    Quem sabe a Record ou Band ?

  42. óia a cobra
    44

    Todo Pernambuco parou para assistir Santa Cruz X coisa do boi, e o quanto não representou em pontos para a rede bobo de audiencia?

  43. Marcos Almeida
    45

    Saudações tricolores! É perfeitamente normal que muitos jogadores queiram reajustes salariais após a conquista do título. Não sabemos que cláusulas existem nos contratos e como a diretoria tratou disso quando eles chegaram, incluíndo o treinador. Como disseram mais acima, alguns são fundamentais para série D. Necessário muita cautela nessa negociação para evitar desgastes e perdas. Esse dinheiro de Gilberto será muito bem vindo, tomara que seja à vista. Existe muita especulação dessa imprensa ridícula. Muito importante será o apoio dos torcedores se associando. Santa Cruz para sempre.

  44. óia a cobra
    46

    Já vi tamufú mermo, quando pegamos num valor desse estamos nos sentimos ricos!

    Com esses valores nunca poderemos sonhar com jogadores de expressão teremos sempre que trabalhar com a base e jogadores regionais. Feliz de nós se conseguirmos ser campeões outra vez.

    Futebol se faz com muito dinheiro minha gente.

    Como poderemos sonhar com arena e modernização? Aliás sonhar podemos o que não podemos é concretizar.

  45. óia a cobra
    47

    Temos que pensar na ampliação do Arruda. A cada dia a família coral aumenta e esse povo acha pouco todo dia é fuck, fuck danado, aí mô vey o Arruda tá ficando pequeno, temos que ampliar.

  46. Arnildo Ananias de Oliveira
    48

    ÓIA A COBRA,

    Se o garoto Gilberto tivesse sido vendido por 5 milhões pra mim ñ passava ainda de uma simples “migalha”, imagine por 2!

    NINGUÉM está pensando q de uma hora pra outra nos transformamos num BARCELONA da vida. Muito pelo contrário: é justamente por achar q estamos numa grande merda haja vista q, sequer, fazemos parte da máfia do c13 (mesmo q seja participando como um membro de 2ª ou 3ª classe, como é o caso da coisa maldita dos 5º dos infernos) q entendo q devemos OUSAR e ACREDITAR nesta FABULOSA TORCIDA.

    E OUSAR nesta hora é EVITAR O DESMANCHE q, só ñ ocorrerá se REFORMULARMOS os contratos do plantel, principalmente da “Prata da casa”, impondo prazos mais longos e, conseqüentemente, MULTAS RESCINSÓRIAS MAIS DIGNAS ($$$$).

    O Renatinho taí, em vias de ser convocado pra sub-20. Idem o Memo. Tivesse o Gilberto um contrato de 30 a 40 mil por mês, com prazo longo (v. teria dúvidas de um valor inferior caso jogasse no time de satanás?) ñ o estaríamos perdendo por esta “migalha” nem o estaríamos vendendo de maneira açodada. Mas isto ñ ocorreu por falta de empenho da Diretoria ñ. Simplesmente, fizeram a cabeça do rapaz e, depois de sua ascensão “meteórica” ñ houve quem o fizesse assinar um NOVO CONTRATO, tal qual ocorreu com quase todos os “emergentes”.

    Sou o cara q mais faz loas, aqui, a essa atual administração. Mas, ñ tenho dúvidas q ela ñ é tb a “última Coca-Cola do deserto” pois, pra dar um “show” nas GESTÕES TRICOLORES das últimas 3 décadas, ñ precisa ser nenhuma BRASTEMP. Basta ter só HONESTIDADE e trabalhar pelo SCFC. Acredito ainda num PLUS dessa Diretoria, mas ñ será, com certeza, num “passe de mágica”.

    Por exemplo, na véspera da decisão reclamei dos preços de cadeiras de R$ 50,00 pra sócios e de R$ 60,00 pra ALUGUEL (ou seja, ñ sócios). QUAL SERIA A VANTAGEM DE SER SÓCIO NESSAS HORAS? UM MÍSERO “ÁGIL” DE R$ 10,00? Aí me falaram q os preços ainda Ñ ESTAVAM FECHADOS como, de fato passaram, respectivamente, pra R$ 60,00 e R$ 70,00. Até concordo com os R$ 60,00, mas, o valor do ALUGUEL de cadeiras ñ poderia ser jamais menos que R$ 100,00 reais (ÁGIO de R$ 40,00 pro ingresso de SÓCIO).

    Vocês duvidam q ñ venderiamos TODAS do mesmo jeito? Deixamos de arrecadar a mais, só aí, perto de umas 2000 X 30 = 60 mil reais! Eu por exemplo, comprei cadeira de TODO PREÇO: proprietário a 20, sócio a 60, aluguel a 70 e, dos cambistas, a 100 paus (cadeiras essas de custo 0,00, pois foram distribuídas aos patrocinadores (Votorantim, Coca-Cola, etc) e cairam nas mãos dos atravessadores cambistas. Tenho guardado tais ingressos e, inclusive, já os mostrei ao Presidente ALN.

    Temos é q Acabar com essa estória q o Santa Cruz só congrega pobres. Conheço pessoas que veio do Maranhão, do RJ, de SP e de Miami EXCLUSIVAMENTE pro jg de domingo. Será q esse pessoal tava preocupado se pagaria 100 ou 200 reais por uma cadeira?

    Então, Tb ñ tenho dúvidas q a salvação do nosso SCFC só acontecerá qdo o mesmo poder se associar e pagar sua mensalidade, TRANSPARENTE E INDIFERENTEMENTE, caso more na rua das Moças, em Caruaru ouy Petrolina, na 5ª Avenida em NY, em Tóquio, Bombaim (Mubai) ou Calcutá
    .
    É O Q PENSO.

    TOU CONTAGIADO POR ESSE AROMA GOSTOSO DE CAMPEÃO QUE TEM IMPREGNADO MINHAS NARINAS.

    SAUDASANTA

  47. Arnildo Ananias de Oliveira
    49

    E q dizer do nosso “carrapado” marcando um Paraíba da vida com 100 mil de salário enquanto o mesmo ganha, AGORA, 5 mil por mês? E qdo ñ ganha aquele garoto do SPFC q tb se irritou com o nosso carrapato?

    SAUDASANTA

  48. Se eu tivesse uma empresa de marketing esportivo, trataria de transmitir os jogos da D, especialmente do Santa: é lucro certo e audiência idem.

Regras de moderação do Torcedor Coral
O Torcedor Coral não se responsabiliza pelas opiniões de seus leitores, mas se reserva ao direitor de excluir, sem aviso prévio, os comentários que:
1. Façam acusações sem provas;
2. Configurem qualquer tipo de crime, de acordo com as leis do país;
3. Contenham ofensas pessoais a quem quer que seja, mesmo que o ofendido seja reconhecidamente um canalha;
4. Defendam ou enalteçam o LEF, pois nós somos liberais, mas nem tanto assim;
5. Utilizem e-mails falsos ou inexistentes;
6. Tenham características de chat ou bate-papo;
7. Copiem textos publicados em outros espaços virtuais, ao invés de publicarem os links das matérias originais.
8. Publiquem sistematicamente os mesmos comentários, repetições de ideias ou opiniões;
9. Publiquem comentários com prevalência em caixa alta, que é o mesmo que gritar na internet;
10. Manifestem intolerância à liberdade de opinião;
11. Tenham características de perseguição a outros leitores;
12. Manifestem, implícita ou explicitamente, mensagens eleitorais, tanto de candidatos a cargos no clube, quanto de partidos políticos;
13. Contenham mensagens abusivas, desagradáveis, ostensivas, cansativas e que não se utilizem de bom senso.

Algumas palavras estão programadas para cair automaticamente na moderação de modo a facilitar o cumprimento das regras. Assim, seu comentário será liberado o mais rápido possível, se for constatado que não houve violação.

O sistema anti-spam do Torcedor Coral, utilizado para evitar malwares ou vírus, ocasionalmente poderá reter indevidamente um comentário legítimo. Também poderão ser retidos indevidamente os comentários que contenham dois ou mais links, pois são através deles que ocorrem ataques ao blog. Tão logo esses casos sejam identificados, os comentários serão liberados.

Lembre-se, o trabalho no Torcedor Coral é realizado de forma voluntária por cada um dos editores, cronistas, moderadores e colaboradores, já que todos atuam profissionalmente em outras áreas. Dessa forma, tenha paciência, caso seu comentário não seja liberado imediatamente.

Para comentar regularmente, o autor deve ter um comentário aprovado anteriormente no Torcedor Coral.

Os casos omissos serão definidos pelos editores do blog.

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *