Justiça, ora, a justiça!

justiça-no-futebol

Não existe justiça no futebol. Talvez o esporte imite a arte, como a arte imita a vida. Na vida nem sempre prevalece o justo e muitos são os atalhos para se tomar o certo por errado. Tem-se a impressão, aqui e acolá, que mais vale a destreza do advogado do que a verdade dos fatos ou a interpretação do juiz que o texto da lei. A lei, me ressinto em dizer, não serve à justiça. Serve, quando muito, à própria lei. Não. Não existe justiça no futebol. Se houvesse, algum tribunal desportivo daria, por unanimidade, a vitória ao Santa Cruz no Clássico das Multidões. O resultado final não valeria, porque não seria justo, nem verdadeiro.

Ontem, o Santa Cruz pôs o rival sob seu jugo. Foi soberano. Saiu de um primeiro tempo equilibrado para um segundo absoluto. Sobrou em campo. Foi tamanha a superioridade que o empate serviu à torcida adversária como um título de copa do mundo. O Santa, apesar da empáfia do lado de lá, mandou no jogo. Tanto que abusou.

No final da partida, eu gritava em vão para o time segurar a bola no ataque. Minha voz foi abafada pelos gritos de olé! Grita-se olé!, quando muito, numa goleada, onde não mais é possível dar chances ao azar. Em um clássico, tudo pode acontecer até o apito final. Cada jogo do passado está aí para provar. Dizia a Paulinho, segundos antes do lance capital, que só um milagre tiraria a vitória. O milagre nasceu de um tolo desejo de vingança dos que, em campo, engoliram calados, durante toda a semana, o outro lado cantar de galo. Deixaram, então, de fazer justiça para serem justiçados. Da vingança fez-se a soberba, que tombou castigada nos minutos finais. Eis a justiça no futebol.

O pênalti não foi cometido por um só jogador, mas por todo o grupo. Começou no ataque com uma tentativa de drible desnecessária, passou por um vácuo na lateral direita até terminar na área, desmantelado no chão. O correto seria prender a bola e gastar o tempo. O tempo, ah!, o tempo, compositor de destinos e regente de movimentos precisos. Faltava uma réstia de momento, um triz de minuto. Que os segundos passassem com a bola em nossos pés.

Na arquibancada, explodi impaciente e demorei a me acalmar. Não se pode contar com a vitória antes do fim. A soberba nos tirou a liderança e a vantagem de disputar em casa os jogos finais.

A raiva passou quando eu já ia longe do Arruda. Então prevaleceu reconfortante a confiança que podemos, sim, ser tricampeões. Basta manter o rumo, a humildade e os pés fincados no chão para que no futebol, enfim, se faça justiça.

Nota da Redação:

Desativamos temporariamente o nosso template oficial com o objetivo de minimizar os efeitos da instabilidade do site. Além disso, estamos trabalhando para melhorar a performance de uma maneira geral, o que requer tempo e dedicação. Contamos com a compreensão de todos.

61 Comentários

  1. Luiz Ernane
    1

    Excelente texto. Parabéns.

  2. Flávio tricolor de Gravatá
    2

    Isso não é um texto é um poema.

    Como sempre diz o grande tricolor Arnildo, nunca o cheiro do tricampeonato esteve tão forte.

    Andar com fé eu vou a fé não costuma falhar!

  3. Tricolor Coral
    3

    Faltou responsabilidade ao time.

    Agora uma coisa(vtnc) seja dita, estava muito bom dar olé naquele time fraco da ilha do boi.

    Se não subir a soberba, seremos tri campeões.

  4. Tricolor Coral
    4

    Olhando o lance da penalidade novamente, não tinha como o scorte Recife fazer um gol naquele momento.

    Toso foi infeliz na jogada, ou até displicente.

  5. Dimas esgota meu estoque de adjetivos, francamente. Texto impecável, do início ao fim. Não tenho nem o que acrescentar (a não ser o pequeno detalhe de que a nossa soberania foi imposta sobre a Coisa mesmo sem Natan e Renatinho, e COM Caça Rato), crônica perfeita.

    Olha, vai capturar a essência das coisas bem assim lá no Mundão do Arruda, ô seu Dimas! 🙂

    • Tiago,

      Obrigado pelas palavras. Nessa hora nem sei o que dizer. Fica a satisfação e a gratidão pelos elogios.

      Saudações corais,

      Dimas Lins

  6. Fabiano Pinheiro
    6

    Pra mim a vantagem é pegar o Ipiranga ao invés da Barbie. Porque decidir em casa já deixou de ser vantagem a muito tempo. Vide os últimos resultados da série C e do Nordestão.
    E talvez tenha sido melhor sofrer agora por conta da soberba. Uma vitoria maiúscula ontem nos encheria de soberba que agora não temos mais.
    Como diria um famoso (e teimoso) profeta: Gastamos nossa soberba na hora certa.

    • Eduardo Ramos
      6.1

      Perfeito!

    • santana moura
      6.2

      Perfeito Fabiano, conorco contigo, jogar em casa há muito não faz diferença para os diversários e sim para nosso time. Com Marcelo no comando, hoje, já não tenho medo de perder, seja em casa ou fora, pois sei que ele vai por um time em campo pra decidir. A pegada está maravilhosa e a desconcentração de Tozo tem explicação: um jogador que entra numa hora tão crucial do jogo, com todo mundo gritando olé, aumenta a responsabilidade da equipe e instiga o adeversário.

  7. Tricolor Coral
    7

    Vejam que massa.

  8. Coronel Peçonha
    8

    Grande Dimas,

    Tive as mesmas sensações, mas confesso que ontem à noite, quando então vi que a jogada da suzie que originou o penalty não daria em nada, não teria ninguém para ele tocar a bola, confesso que me lembrei das origens barbianas de Tozo…

    Em todo caso, é mais correto dizer que foi uma sequência de pequenos equívocos que resultou no empate, como você disse.

    As cachorras de peruca, que arrotavam favoritismo antes da partida, sairam falando em soberba do Santa Cruz…

    O Santa Cruz é minha pátria.

  9. Samuel Maceió - TOSA
    9

    Thiago Cardoso vai pegar penalti quando mais precisarmos!
    E esta defesa será nas finais!!!!

  10. Samuel Maceió - TOSA
    10

    A coisa dos infernos perdeu o seu artilheiro, ficarão sem um homem de referência na área, é capaz até de eprderem para o Ypiranga, aí a gréia vai ser total!!

  11. Parabéns Dimas. Placar de 2 x 1 não dá prá gritar olé enquanto a bola rola.
    Santa Cruz e Ipiranga na final.

  12. Muito estranho!!!!!!

    Na maioria das vezes o jogador comete um pênalti visando a bola. Tenta acertá-la, erra e acerta o adversário.

    Ao contrario, Tozo visou, intencionalmente, o jogador da coisa, querendo cometer a penalidade.

    A diretoria tem que ver isso, se não sabe, podem estar querendo beneficiar o time do mangue e prejudicar o SANTA CRUZ.

    Se fosse por mim, esse Tozo seria desligado do grupo e dispensado do SANTA. Não tem condições de vestir a CAMISA CORAL. Nessa reta final ele pode aprontar novamente.

  13. Belo texto, Dimas.

    Apesar de não ter assistido ao clássico (somente os primeiros 30 minutos de jogo pela TV), mas vendo os comentários gerais, pra mim, o Santa Cruz vem consolidando um futebol de toque de bola, como arma principal. E por que falo nisso? Porque pode parecer estúpido, mas um simples jogo de toque de bola o que deveria ser normal e de praxe, pra nós, torcedores do Santa Cruz, virou um verdadeiro sonho. Faz tempo que nosso time não cogitava tocar a bola de pés a pés, principalmente no setor de meio campo. Claro que não viramos o Barcelona. Muito, mas muito longe disso. Mas não podemos negar que a melhoria nesse aspecto é visível. Parece que a fase dos “chutões” foi afastada do Arruda.

    Com isso, o jogo de futebol começa aparecer. As jogadas fluem, mesmo que aqui, acolá, percam-se gols. Mas o futebol de toque de bola, movimentação, aliada a vontade de vencer, a garra, sem dúvida são componentes essenciais a que um time se aproxime de uma vitória. Ontem ficamos muito próximo dela, mas sem dúvidas que os jogos que tenho visto do Santa e pelo que puder me informar do jogo de ontem me faz ter certeza que estamos, de fato, no caminho certo para alcançar os objetivos.

    Não posso deixar de elogiar a postura do nosso técnico que de tão criticado (por mim, inclusive) é responsável por essa agradável mudança. Outro detalhe. A contratação do meia Raul também foi fundamental.

    Se foi doloroso ter sofrido um gol ao apagar das luzes ontem, ao menos, fica a certeza mais que cristalina que ninguém em Pernambuco é melhor do que o nosso Santa Cruz.

    • Flávio Tricolor de Gravatá
      13.1

      Bem observado Cobrão fazia tempo que não via o Santa Cruz trocar passes e manter a posse de bola por algum período de tempo e se não consegue melhorar ainda mais esse fundamento é por falta de qualidade de alguns jogadores. Mesmo reconhecendo que essa falta de qualidade de alguns atletas corais vem sendo superada com muita dedicação em campo.

      Sobre Martellote acho que ele tem sido humilde o suficiente pra manter o que vem dando certo, isso é um bom sinal!

  14. Belíssimo texto de Dimas.
    As vezes nos beneficiamos da injustiça no futebol. As vezes, como ontem, somos vítimas.
    Quanto a Tozo, não vamos alimentar essa ideia de má-fé no lance do pênalti. Claro, houve muita imprudência. Mas também houve um erro coletivo do time e até da torcida, com o olé.
    Apesar do erro incrível, acho que Tozo ainda vai nos ajudar muito.

  15. Eduardo Ramos
    15

    Dimas, parabéns! Muito bom!

    Do time de ontem, três jogadores destoaram: Thiago Costa (contratem Peri, do Salgueiro), Renan Fonseca (fraco) e Jefferson Maranhão (me lembrou Zinho Enceradeira, que é, ou era, diretor do flamengo).

  16. Eduardo Ramos
    16

    Não devemos crucificar Tozo. E Dimas foi muito feliz na sua análise.

    Estávamos sem qualquer ânimo após à derrota contra o Chã Grande. Hoje, um novo Santa Cruz. Ser campeão ou não, faz parte dos mistérios do futebol.

    Justiça seja feita: Caça-Rato jogou bem. Perdeu 2 gols mas aí é querer demais.
    Apesar de jogar pouco tempo, Caio Tavera me deixou uma boa impressão.

    O melhor em campo: Ânderson Pedra.

  17. Blog do JCoisa afirma que o Santa já acertou com Jonathan Balotelli do Pesqueira, mas a diretoria ainda não confirmou.

  18. Sou o único pessimista por aqui? Ainda bem! Essa situação toda me lembrou a decisão da medalha de outro no volei masculino na ultima olimpíada. Como já disse alguém, perdemos o tri mais fácil do Brasil. Meu interesse agora é na série C. Foi tudo muito triste. Por outro lado, concordo com todos que apontam a melhoria gritante no time. Todo crédito a MM. Espero que isso se reflita em resultados na série C. Fora tozo.

  19. não houve soberba. o time fez o que o treinador vem implantando, o toque de bola. poderiamo ter recuado, talvez fosse melhor, mas essa parece não ser a filosofia do técnico.
    o que houve foi uma tremenda irresponsabilidade de Tozo e a torcida tirando onda gritando olé.

  20. santana moura
    20

    Dimas, se toda vez que você escrever um texto sair uma pérola destas, você deve escrevê-lo todos os dias. Acho que o maior responsável por esta brilhante insspiração é o time de Marcelo Martellote que tem jogado com a alma, comendo grama, pegando firm sem violência. Isto é muito bonito. Do lado de ca´não vemos ninguém mandando quebrar o jogador adversário para sobreviver. O fuetebol do Santa e doe outros seria, ainda, mais belo se os árbitros não tivessem tanta dependência da Federação, assim, quando o jogador desse um soco no ar, simbolizando um soco no juíz, ele o colocaria pra fora de campo, mesmo que fosse do time do coaração do Presidente da FPF.

  21. Concordo com Almir.
    Vencemos o Náutico de 2X0 porque após o primeiro gol não recuamos. Contra a Coisa, idem e até podíamos feito o terceiro. O importante é que o time não está abrindo mão de jogar futebol, como Santana falou, mesmo com todas as dificuldades.
    Parece que MM aprendeu, com a derrota em casa para o Fortaleza na COPA/NE, que o time não pode entrar em campo exclusivamente para se defender.
    Logicamente, no finalzinho há de se ter mais cuidado e concentração. O time vai aprendendo. Todos vão aprendendo, até nós.

  22. Tricolor Revoltado
    22

    Parabéns Dimas!!!!
    Já li e re-li o texto umas dez vezes.
    Parece meu reflexo – em sentimentos e ações – no último domingo.
    Bons textos são assim: eles demonstram com exatidão fatos e pensamentos, refletindo na escrita o sentimento do leitor.

    “Se houvesse, algum tribunal desportivo daria, por unanimidade, a vitória ao Santa Cruz no Clássico das Multidões. O resultado final não valeria, porque não seria justo, nem verdadeiro.” – Put@ que P@ariu… profundo!

    “Ontem, o Santa Cruz pôs o rival sob seu jugo” – Fantástico e verdadeiro!

    “O pênalti não foi cometido por um só jogador…” – Só dei um desconto a Tozo depois de ler este comentário!

    “A raiva passou quando eu já ia longe do Arruda” – Esse foi o sentimento de mais de 90% da torcida.

    MAIS UMA VEZ – PARABÉNS DIMAS!

  23. Arnildo Ananias de Oliveira
    23

    PARABÉNS DIMAS, TEXTO MAIS DO Q LÚCIDO

    Tb ñ tenho dúvida q temos o melhor time da competição e, quiçá, O ELENCO tb. Ñ vejo goleiro melhor q o nosso (o das barbies é uma desgraça de frangueiro), um goleador q nem o DM9 (joga em qq time série A), idem um meia da qualidade técnica do Natan, afora esse rapaz q veio do ABC (muito bom de bola) e, por aí vai: Renatinho e os demais da base.

    Nosso grande erro nesse jogo foi querer dar olé num Clássico e como j colocado, tal como no jogo com o Fortaleza, ñ soubemos segurar um jogo ganho daquele. Realmente precisamos aprender, e muito, com os platinos.

    Acho q passaremos pelas barbies, mas Ñ VAI SER MOLE. Se chegarmos INTEIROS às finais tb ñ tenho dúvidas q comemoraremos o TRI em plena casa de jacutinga.

    É isso aí.

    SAUDASANTA

    • não houve olé do time. o que houve foi a empolgação da torcida. o time estava tocando a bola com responsabilidade. pelo visto, vc defende o famoso esquema que se usava o ano passado. fazer um gol e botar o time atrás com medo de atacar.

  24. Se a contratação de Jonathan Balotelli for confirmada é ponto pra diretoria de futebol. Centroavante de área, que sabe usar bem o jogo de corpo tá difícil de encontrar e se esse cara ainda chuta bem, nem se fala.

    Pode dispensar aquela lista que postei aqui: PC, D.Santos, Philco, Ewerton Heleno e Maquinho.

    Leandro Souza já foi reintegrado e vai jogar a Série C. OK

    Falta trazer o zagueiro Leandro Camilo sub-20 que está emprestado ao Grêmio e contratar um lateral esquerdo e outro direito.

    ah… claro, recuperar André Dias e Maizena também.

    Acho que com isso, dá pra começarmos bem a Série C e se passarmos pelo Inter (que também tá com interesse dividido com a sulamericana) podemos até fazer bonito na Copa do Brasil.

  25. retificando… “Renato” Camilo

    • Eduardo Ramos
      25.1

      Só li agora.

      Ainda precisamos de um lateral esquerdo pois Tiago Costa é fraco. E mais um zagueiro porque esse Renan também é fraco.

    • Vai ser dificil encontrar alguém melhor do que Thiago Costa. Não sei se Patrick joga bem, se não prestar temos a necessidade de contratar mais um lateral-esquerdo.

    • Eduardo Ramos

      Concordo. Vi poucas vezes mas quem me deixou boa impressão foi Peri, do Salgueiro.

  26. Flávio Tricolor de Gravatá
    26

    Digo e repito: contra o Náufrago vai ser a final do campeonato, já contra o boileão vai ser a entrega de faixas!

    Rumo ao tricampeonato!

  27. Vamos esquecer TOZO, vamos apoiar o time , quando é para criticar não tenho medo de falar oque penso , agora o elenco merece todo o apoio, agora so resta uma pergunta o dinheiro esta aparecendo so espero que o nosso presidente pague os compromisso , POR FAVOR PRESIDENTE PAGA OQUE DEVE

  28. A FPF tem bons motivos pra desejar que o Náutico passe às finais do Pernambucano.

    Explico.

    Pelo regulamento, nas partidas finais caso as duas equipes vençam cada uma partida ou empatem, independente de números de gols feitos ou sofridos (saldo de gols) haverá uma terceira partida com mando de campo da FPF. Em outras palavras, se chegar na final Santa e sport e havendo um terceiro jogo, sem dúvidas, que a FPF ficará numa sinuca de bico! Achava-se que seria esse terceiro jogo na Arena, mas rasgaram a boca. Então, esse jogo seria aonde? Hoje ouvi um dirigente da coisa afirmando hipoteticamente que não aceita esse terceiro jogo no Arruda. O Santa também não aceitaria o jogo lá no Chié. E aí? Seria nos Aflitos? Em Caruaru? João Pessoa? Imaginem vocês que cenário teríamos qualquer que fosse esses lugares???

    Pra evitar essa bela dor de cabeça, além das confusões do próprio regulamento, não tenho dúvidas que o pensamento da FPF é que o Náutico ganhe o duelo com o Santa. Nesse caso, havendo o terceiro jogo da final, não resta dúvida que seria no Arruda!

    Dito isto, impõe-se:

    É bom ficarmos atentos com a arbitragem, principalmente para esses dois jogos contra a barbie!

  29. vava da tosa maceio
    29

    bom dia a todos tricolores em especial a meus amigos da tosa em maceio estive no recife domingo tive o praser de me hospedar no mesmo hotel com a delegação do meu clube de coração convercei praticamente com quase todos atletas e senti que o time esta muito comprometido com o campeonato pedi autografo de auguns denis marques. raul. e o craque do time natan . ja meu amigo biro biro estava como senpre DOIDO não deu treguas aos atletas comprou uma camisa nova e pegou autografo de todo mundo vi a hora o cara ter um treco de tão emocionado que estava pedi para ele tirar uma foto minha com meus idolos o cara tremia mais do que vara verde a foto ficou toda tronxa o bicho bateu um papo com o marcelo de quase meia hora e terminou esquecendo o dele lenbro a todos da tosa maceio que domingo aqueles que não viajar ao recife estaremos no manos bar com local reservado e tv 42″ so para nossa torcida apartir das duas da tarde

    • Samuel Maceió - TOSA
      29.1

      E aí Vavá meu irmão!!!!

      tu vieste e nem me ligaste cara!!

      rapaz deve ter sido um dos dias mais felizes da vida de biro biro!!

      agora me responde uma coisa, ele precisou ir ao hospital?
      Ele ficou trêbado, sem conseguir andar?
      teve um piripaque com a pressão nas alturas?

      Eu me lembro que quando viajávamos para os jogos do santinha, biro biro já chegava na fronteira entre alagoas e pernambuco bêbado!!!!! ele e Nildo já desciam da van tungados e tropeçando!!

      kkkkkkkkkkk

      abraços para todos da TOSA!!!!

  30. Acho que tudo isso esta sendo premeditado para tirar o Santa Cruz da disputa do campeonato, a imprensa tendenciosa esta querendo colocar o Santa Cruz como favorito para que os jogadores , treinador e diretoria fiquem pensando que ja ganhou, temos que seguir como nos dois ultimos anos , manter a HUMILDADE isso é fundamental , e deixar pra la o oba oba de ja ganhou , nois tricolores sabemos que estamos apresentando o melhor futebol do estado por isso não devemos deixar essa empolgação chegar aos atletas, sobre o caso de DM9 isso é boato da Barbie para tirar foco de DM9 das finais porque todos sabem do potencial do nosso MATADOR, DOMINGO É OBRIGAÇÃO LOTAR O ARRUDA COM OLÉ E TUDO.

  31. Leandro Rodrigues
    31

    Pessoal. O Santa Cruz se não mais é o Terror do Nordeste nos dias atuais (voltaremos em breve a ter essa alcunha), com certeza nunca deixou de ser o Terror de Pernambuco dentro dos gramados! Hoje, restou demonstrato que os rivais bicolores tremem perante O Mais Querido. Primeiro, o bicolor rosa faz proposta discarada para tirar o Predador. Depois, ao confirmar, ainda entrega o Bicolor Boileão da ilha da fantasia, afirmando que este foi que deu outra investida em DM9. Aliás, acho que este sempre tremeu e por isso sempre usou o extra campo para nos prejudicar. Inveja pura.

    Com essas notícias vindo à tona, a imagem de Tozo, em minha opinião, fica mais comprometida ainda. Porém, não há como confirmarmos que houve algum suborno, embora muitas coisas indiquem. Uma pena se for o caso, pois ele tem (ou teve, depende de MM) a chance de entrar para a hitória do time mais popular e amado do Estado.

    Bem, olhando pelo lado positivo, isso me deixa orgulhoso do time que estamos formando e mais esperançoso para que a justiça técnica que apresentamos no segundo turno seja feita nessa fase final e levantemos o caneco histórico para nossa torcida, uma vez ser mais do que merecido.

    Tenho fé que passaremos por cima desse extracampo imposto pelos bicolores e o Predador honrará a nossa camisa, como tem o feito até aqui e meterá gols das duas comadres de origem aristocrata.

    Saudações Corais ao Time do Povo.

  32. Uma pessoa muito ligada ao Santa Cruz me confidenciou hoje que a barbie além de ter sondado DM esta semana, já havia procurado Raul oferecendo vantagem financeira pra ele “facilitar” as coisas naquele jogo dos Aflitos.

    É por essas e outras que – ao contrário de muitos tricolores – não gosto da barbie. Se enganam que a barbie é “nosso amigo”. Nunca foi. Em 1993, a barbie comprou Edinho melhor zagueiro nosso. Até hoje aquela entrada violenta de Washington em Lúcio Surubim, por trás, e no meio de campo, aos 30 minutos do primeiro, também em 1993, não sai da cabeça dos tricolores, sem falar do emblemático campeonato de 1974, onde perdemos o hexacampeonato e todos sabem do real motivo. Em 1979, o Santa Cruz havia perdido nas finais os dois primeiros jogos para barbie em circunstâncias estranhas. No terceiro jogo, foi afastado o goleiro e o resultado é que fomos (bi) campeões por 3×1.

    Quem não se lembra que essa mesma barbie sondou nosso goleiro, Tiago Cardoso, justamente nas semifinais do campeonato?

    A gente costuma se armar contra a cadela de peruca nosso inimigo, mas muito cuidado com a barbie. É o falso amigo. E com falso amigo a gente tende se abestalhar. E é justamente aí que mora o perigo!

    Saudações Tricolores!

  33. Palavras de Mario Sergio quem mexe certo tem resultados positivos, por isso Mateloti não ivente domingo que vamos nos classificar para a final e seremos tri campeão.

  34. vava da tosa maceio
    34

    é isso mesmo meu amigo samuel não ti liguei porque o biro nao estava bebendo nada a emoção era tão grande que ele preferil ficar no hotel mesmo assim era nosso motorista so eu bebia mais ficamos muito feliz levei thayna e a esposa e biro biro levou o matheus e a esposa assistimos o jogo nas cadeiras convessei muito com o denis marques. raul. e natan esses caras vão nos dar o tri canpeonato são gente boa e do bem não se enludem com besteiras que falam por ai o nosso time hoje é o melhor do estado e todos estão temendo poque o terror do nordeste esta voltanto com força total se DEUS quiser e ele quer vamos voltar a era 70 onde todos temião o nossso time que era o melhor do pais saudações a todos tricolores e nossos amigos de maceio que quiserem ir ao jogo domingo entrem em contato com DOUGLAS PASSOS (82) 99825119 e qum não for viajar estarei no manos bar apartir das duas da tarde com local reserva so para torcida tricolor e tv 42″

  35. Quase todos estão otimistas e não é pra menos, nos dois clássicos fomos muito melhores. Temos o melhor time e o melhor elenco, entretanto já perdemos títulos nesta condição. Costumo acreditar mais quando não somos favoritos. Enfim, são apenas conjecturas, superstições. Sou dos poucos que não conseguem deixar de pensar que perdemos mais um título ganho naquele pênalti maldito. Domingo estarei lá como sempre, mas espero um jogo nervoso , a definição só virá nos últimos instantes da derradeira partida. Sofrimento decorrente de um lance infame.

  36. rubemjunior
    36

    De volta depois de um longo tempo de inatividade.

  37. tá muito estranho essa nova aparência do blog. os comentários ficaram muito distantes…. apenas uma opinião própria.

  38. Deixa de pala Rubens Jr,todo mundo sabe que vc tava postando aqui e no blog do santinha com o fake de Tricolor Coral inclusive elogiando o time,tais pensando que aqui tem menino buxudo é? Saudações

  39. Creio que vamos ganhar o clássico das emoções no próximo domingo no Mundão do Arruda por isso espero que a Torcida Mais Apaixonada do Brasil compareça com força para ajudar o Mais Querido a vencer esse jogo. Também espero que o Santa Cruz jogue melhor, jogue com amor a camisa, jogue unido, aproveite as oportunidades para marcar gol. Tenha cuidado para não tomar gol, sejam disciplinados para não haver expulsão. Vamos lutar do começo ao fim porque o jogo só termina quando o juiz dá o apito final. Finalizo dizendo vamos levar nossas para encher o Arruda de gente. Vai ser uma festa bonita.

  40. André Lins
    40

    Cobrão, não me lembrava do caso do goleiro em 79, acho que o goleiro venal foi em 74 – Raul Macel e o lat. esquerdo – Celso, jogadores. que apanharam do Luciano, agora em 79, perdemos dois jogos no final em faltas cobrafas por Valtinho da barby, realmente muito estranho.

  41. Arnildo Ananias de Oliveira
    41

    SE DER MUITA COCEIRA NAQUELAS TRANCINHAS DE DM9 HOJE,

    as barbies q saiam de baixo!

    SAUDASANTA

  42. TRICOLAÇO
    42

    O teste para ser campeão não vai ser fácil, mas a hora é nossa. Fomos humilhado durante décadas, que só me conformo quando colocar os soberbos em seus devido luigares. Pra isso precisamos de força, determinação e diciplina, coisas que estou vendo nos últimos jogos, com exerção do último minuto do anterior, quando a torcida começou a cantar olé com um gol de diferênça. Vamos em frante com essa mesma pegada, sem perder o foco. Porque para vercer qualquer coisa, temos que vercer a nós mesmo. RUMO AO TRI. DALE SANTINHA….!!!!!

  43. Hélio Mattos
    43

    Chupa Barbie!

  44. santana moura
    44

    É muito bom ver o técnico do Santa Cruz optar pela simplicidade, o feijão com arroz, dando liberdade para que os jogadores façam o que gostam – jogar futebol – com responsabilidade, com dignidade, sem bumbum na parede, a não ser quando o time adversário força isto, como aconeceu ontem nos últimos minutos. Os jogadores devem se dedicar mais à preparação física, para não pendurar a língua no final e tomar gol. Vamos à luta no próximo domingo. O Náutico avisou que está vivo, mas nós também estamos e se a arbitragem não coagir nosso time, com critérios diversos do adversário, nossos atletas tem condições de jogar bem e alcançar um bom resultado. Justiça é deixar que se decidam as coisa no campo e não com artifícios casuístas como esta história dos cartões. Grande invenção para forjar resultados! VENCER OU VENCER, é a única alternativa confiável.

  45. duduzinho ramos!!

    se compararmos o nosso elenco com outros podemos falar que é fraco, vc se refere ao Renan como fraco.

    fraco comparado a quem? Cesar,Leandro Souza,Vagner? os da susy,barbye? o próprio willian era fraco ano passado entrou bem e vem dando conta do recado e ai?? concordo com vc quando fala de perí porque esse me agrada.

    cuidadooo! empatamos o classico por achar que estava ganho, e ontem o time entrou achando que ia ser facil! Silas não é burro leu o time no primeiro tempo e no segundo eles jogaram bem melhor, se entrar com o mesmo esquema domingo vai ser mais complicado ainda!

    sei nãooo sei nãooo!!

    • Silas não leu o jogo coisa nenhuma. A coisa rosa depois que levou o gol partiu para cima do Santa Cruz, apenas isto. Jogamos sem Natan, sem lateral-esquerdo, com Renatinho fora de forma, enfrentamos um tima que foi pro Arruda pra jogar atrás, até Rogério tava marcando, inclusive levou cartão.
      Engana-se quem pensou que o jogo seria fácil. Lá nos Aflitos, a barbie saiu pro jogo e estavamos com Natan e Raul em campo. Ontem, eles entraram com 3 volantes e num esquema bunda na parede.

  46. Celso Henrique
    46

    Cadê os comentários desse blog?

  47. Hélio Mattos
    47

    Esse novo lay out, coincidencia ou não, tá me deixando confuso..

  48. TRICOLAÇO
    48

    Esse blog é a alma do SANTINHA. Por isso, Ele precisa estar bem vivo para que o SANTINHA também esteja. Vamos levantar mosso blog.

  49. Não gosto desse jornalista Claudemir Gomes, mas achei interessante esse utro lado que ele colocou sobre o esculhambado regulamento dos cartões:

    Aprendendo com o erro

    Adotar o número de cartões como critério de desempate nas semifinais do Pernambucano foi um erro. Isto é fato. Porém, disputados os jogos de ida, em que pese à notória intimidação dos árbitros em aplicar o que determina a regra, vimos que é possível aprender com os erros. No segundo turno a média foi de seis cartões por partida. Domingo, no clássico – Santa Cruz 1×0 Náutico – o árbitro, Gleydson Leite, fez duas advertências com cartão amarelo. Em Caruaru, na goleada – 5×1 – do Sport sobre o Ypiranga, Nielson Nogueira, aplicou três cartões. É certo que os apitadores se sentiram pressionados com a sobrecarga de responsabilidade posta em seus ombros, mas é importante ressaltar que os jogadores evitaram o antijogo. Nos dois confrontos não se viu jogador exagerando nas comemorações, tirando camisa e outras pantomimas; goleiro demorando mais que o necessário para colocar a bola em jogo, enfim, vícios tão comuns, e que travam a partida, fazendo com que o tempo de bola parada durante os 90 minutos seja tão expressivo, foram coibidos pelo medo dos atletas em prejudicar os clubes. O tempo de bola correndo em relação aos clássicos disputados anteriormente aumentou em 30%. O espetáculo ganha com menos cartões, menos catinga, menos falta. Quem sabe, um dia, isto venha a ser produto da consciência dos jogadores. Por enquanto foi uma imposição pela ameaça da punição existente no regulamento. É feito o cinto de segurança, o motorista brasileiro só passou a usá-lo por medo da multa.

    http://www1.folhape.com.br/cms/opencms/folhape/pt/esportes/col/folhaesportiva/arq/2013/04/0023.html

    Esse layout atual realmente tá muito confuso, mas como o próprio Dimas falou é algo temporário e espero que volte logo o Torcedor Coral que é um blog muito interessante e atuante!

Regras de moderação do Torcedor Coral
O Torcedor Coral não se responsabiliza pelas opiniões de seus leitores, mas se reserva ao direitor de excluir, sem aviso prévio, os comentários que:
1. Façam acusações sem provas;
2. Configurem qualquer tipo de crime, de acordo com as leis do país;
3. Contenham ofensas pessoais a quem quer que seja, mesmo que o ofendido seja reconhecidamente um canalha;
4. Defendam ou enalteçam o LEF, pois nós somos liberais, mas nem tanto assim;
5. Utilizem e-mails falsos ou inexistentes;
6. Tenham características de chat ou bate-papo;
7. Copiem textos publicados em outros espaços virtuais, ao invés de publicarem os links das matérias originais.
8. Publiquem sistematicamente os mesmos comentários, repetições de ideias ou opiniões;
9. Publiquem comentários com prevalência em caixa alta, que é o mesmo que gritar na internet;
10. Manifestem intolerância à liberdade de opinião;
11. Tenham características de perseguição a outros leitores;
12. Manifestem, implícita ou explicitamente, mensagens eleitorais, tanto de candidatos a cargos no clube, quanto de partidos políticos;
13. Contenham mensagens abusivas, desagradáveis, ostensivas, cansativas e que não se utilizem de bom senso.

Algumas palavras estão programadas para cair automaticamente na moderação de modo a facilitar o cumprimento das regras. Assim, seu comentário será liberado o mais rápido possível, se for constatado que não houve violação.

O sistema anti-spam do Torcedor Coral, utilizado para evitar malwares ou vírus, ocasionalmente poderá reter indevidamente um comentário legítimo. Também poderão ser retidos indevidamente os comentários que contenham dois ou mais links, pois são através deles que ocorrem ataques ao blog. Tão logo esses casos sejam identificados, os comentários serão liberados.

Lembre-se, o trabalho no Torcedor Coral é realizado de forma voluntária por cada um dos editores, cronistas, moderadores e colaboradores, já que todos atuam profissionalmente em outras áreas. Dessa forma, tenha paciência, caso seu comentário não seja liberado imediatamente.

Para comentar regularmente, o autor deve ter um comentário aprovado anteriormente no Torcedor Coral.

Os casos omissos serão definidos pelos editores do blog.

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *