Depois da queda, coice!

Trairagem: lobo em pele de cordeiro.

Trairagem: lobo em pele de cordeiro.

Mais uma vez, não pude ir ao Arruda. Casado há 14 anos, o Dia dos Namorados passa a ter significados que vão além de estratégias comerciais e merece mesmo ser celebrado. Sou um escravo do amor, o que posso dizer. Mesmo assim, acompanhei de longe, do jeito que pude, o jogo do Santinha. Vez em quando, a contragosto, simulava uma incontinência urinária, para justificar minhas idas ao banheiro para olhar no celular, a cada 30 minutos, o que se passava em outra parte da cidade. O contragosto, explico bem, unificava o futebol mixuruca apresentado pelo Santa Cruz nesta temporada ao fato de deixar esposa e um casal de amigos sem o prazer — suponho — da minha companhia, já que sou daqueles que acham de grande inconveniência abdicar intencionalmente da atenção dos que me rodeiam para me pendurar nos aplicativos de um telefone móvel.

Depois do jogo, entre um e outro gole de vinho, já tinha me decidido a pedir, neste canto insignificante da internet, a cabeça de Ricardinho, coisa que não fazia desde os tempos de Zé Teodoro, mesmo sabendo que no Santa Cruz, não há, tradicionalmente, campanha ruim que derrube um treinador, pois apenas casos fortuitos são capazes de fazê-lo, como o fim do mundo. Sendo assim, descrevia, em minha imaginação, cenas para explicar sua demissão, como um radialista que anunciaria a queda de Ricardinho ainda nos vestiários, para depois corrigir que se referia a uma topada do treinador em Bileu que o tinha levado ao chão, mas, recomposto, já estava de pé.

Virei uma manteiga derretida, pois em tempos de crise econômica me sinto pouco à vontade para pedir o emprego de alguém. Contudo, era o Santa Cruz, afinal. Assim, recordava a trajetória de Ricardinho no Arruda, iniciada com dois três a zero seguidos, o risco de não avançar para as semifinais do campeonato pernambucano, passando pelo surpreendente título estadual, até o monumental fracasso na Série B. Apesar de campeão, argumentaria que, com Ricardinho, o Santa nunca jogou redondo, que suas substituições, por muitas vezes, desmantelaram ainda mais o time na tentativa de correr atrás de um prejuízo que só aumentava durante a partida. Admitiria, certamente, que Ricardinho não era o único culpado, pois tinha, na equipe, jogador ruim de doer e que milagres, mesmo em um clube com um nome cristão, não caem do céu. Ponderaria, por fim, que Ricardinho indicou ou aprovou parte ou boa parte dos jogadores que vestiram a camisa coral neste ano, portanto, sua defesa, em qualquer tribunal que se preze, encontraria sérias dificuldades para absolvê-lo da condenação. O experiente ex-jogador ainda é um técnico iniciante.

Mas nada disso foi necessário. Ontem, no final da manhã, Paulinho já me alertara que meu texto seria letra morta, pois, até publicá-lo, certamente Ricardinho já teria caído. E foi o que aconteceu.

Depois da queda, porém, veio o coice.

Em poucas horas, com surpreendente eficiência, o Santa Cruz anunciou a contratação de Marcelo Martelotte e, de quebra, vinculou a sua contratação à extinção de uma ação trabalhista que ele movia contra o clube. Como advogado tributarista, Alírio joga em seu campo e sabe atuar em todas as posições.

O coice, entretanto, vem da turbulenta saída de Martelotte do Santa Cruz, onde fazia uma excelente temporada, mas não titubeou em trocar o time coral por um de seus adversários tradicionais.  Seu olho grande lhe custou rapidamente o emprego em seu futuro clube. Para dirigentes e torcedores, Martelotte foi considerado um grande traíra. Embora, reconheça nos profissionais de futebol, o direito de trabalhar onde lhes convier, não posso deixar de lado o sentimento, como tricolor, que Martelotte deu as costas ao Santa Cruz. Tenho certa dificuldade em esquecer trairagem.

Não sei se Martelotte fará o Santa Cruz dar uma guinada radical na Série B, mas, pessoalmente, precisarei de muito tempo para esquecer que, em sua última passagem no Arruda, ele saiu pela porta dos fundos.

26 Comentários

  1. Marcelino Bezerra
    1

    Ainda falta retirar a comissão de futebol, Ataíde e cia.,

    • Roberto Gomes
      1.1

      Ataide é outra questão é so enquadrá-lo na sua função e afastá-lo dos microfones. agora Adriano, Bosco e cia dacomissão técnica é outra coisa.

  2. É Dimas, o que estamos vivenciando neste momento não é
    surpresa para mim, pois no início do ano cantei a bola
    para esta demissão do treinador e que o sucessor ficaria
    com um elenco de perronhas, resta-nos rezar mais e confiar
    em que MM consiga fazer um milagre e nos tire da zona,
    literalmente, em que está o Santa Cruz.

  3. Arnildo Ananias de Oliveira
    3

    DIMAS, SOU UM “TARADO SEXUAL” POIS, ANO Q VEM, VOU FAZER 40 ANOS DE CASADO, COM A MESMA MULHER!

    Entretanto, sou casado ANTES com o Santa Cruz, há QUASE 63 anos! É q meu pai me levava nos ombros pra ver futebol, DESDE os 4 anos de idade!

    Portanto, apesar dos filhos, netos e, daqui há pouco, bisnetos, no DIA DOS NAMORADOS tive de ficar ao lado do meu 1º AMOR: o Santa Cruz FC. Nessas horas, temos q ESTAR AO LADO DE QUEM TANTO GOSTAMOS.

    Adoro minha prole mas gostei primeiro do outrora “Mais Querido”, o “Clube do Povo”, o “Terror do NE”. Fazer o q, né?

    Qdo fui casar, em SJ dos Campos, indagado pelo pároco qual era minha Religião – pois o mesmo queria q eu fizesse um “Curso de Noivos” – respondi, de bate-pronto, q era o Santa Cruz.

    Ele olhou pra mim atônito, sem ter entendido muito, pensando, talvez, q eu tivesse dito q era “A Sta Cruz”. Emendei, de imediato, q tinha rezado mais na vida q ele: q antes de qq aula no Colégio (Marista) São Luiz e, depois, no próprio Marista de Recife, pra início de conversa, rezava “de cara” um Pai Nosso e Três Ave-Maria!

    O mesmo me dispensou logo de tal Curso.

    Sou duma época q a praia de Boa Viagem prestava, o Carnaval de Recife era uma delícia e o time vencedor do NE, quer localmente, quer no âmbito Nacional, era o nosso SCFC.

    Sei q hj, NENHUM DOS TRÊS PRESTA MAIS. Entretanto, sou viciado nesta porra e vou fazer o que?

    Saí do jg de 6ªf puto e pra lá de deprimido com o “filme” do inferno da 3ª Divisão passando na minha cabeça: a antessala do próprio inferno da “Divina Comédia” de Dante Alighieri. Que o diga o Fortaleza “patinando”, nesse fim de mundo, ano após ano.

    E nós q viemos do quinto dos infernos?

    Ñ tenho mais certeza de nada à essas alturas, nem sou muito chegado a traíras, mas se nos tirarem do risco de cairmos, pra mim já será a GLÓRIA TOTAL! Como nos apequenamos, né?

    SAUDASANTA

  4. É Dimas, futebol é caixa de surpresa mesmo. O cara cospe no prato que comeu e volta pela porta da frente. Nem Cristo seria tão bonzinho, mas temos que admitir Martelotte teve seu castigo, como todos que saíram do Arruda pelo olho grande da Ilha, o resultado foi fracasso, esquecimento, passos atrás. Que pague pela sua culpa fazendo um bom trabalho.

  5. André Tricolor Virtual
    5

    Grande Dimas,

    Sou foi esquecer a trairagem do MM caso o mesmo seja campeão pelo Santa nessa Série B.

    No jogo de sexta passada o único ponto positivo foi a nova zaga com Alemão e Neris, único jogo que não levamos gols.

    Como é deprimente vê o Arruda esvaziado! É o tal do “protesto silencioso” que Dudu Ramos tanto fala!

    Meu querido Arnildo, vamos pro Castelão ???

    VIVA SANTINHA !!!

  6. André Tricolor Virtual
    6

    Putz, teclado medonho!

    Onde tem “sou foi”, lermos “Só irei”

  7. Qual a cara que Martelotti pode dar de novo ao este Santa Cruz? Na minha humilde opinião: Nenhuma.
    Vamos por partes, como Jack estripador fazia:
    1- O atual elenco é na maioria formado por jogadores contratados por Ricardinho. Martelotti já entra perdendo.
    2- O capital, mola propulsora do mundo, está escasso. Perde Martelotti que não pode contratar bons jogadores.
    3- Comissão técnica e diretores antigos, problemas permanecem. Martelotti entra em conflito.
    4- Base sem jogadores a altura de disputar uma série B. Martelotti terá que usar jogadores da base pela dispensa de jogadoresdo do atual elenco. Resultado: Futebol sofrível e queimação dos garotos.
    5- Escalar Renatinho, Nininho, Lelezinho, e tantos outros inhos que nós temos no elenco, manterá apenas um futebolzinho.

    Resumindo: Martelotti será apenas mais um rumo a série C.

  8. Arnildo Ananias de Oliveira
    8

    SE RANIEL FOR DEPENDER DE UM REPÓRTER COMO ESSE PRA SE RECUPERAR,

    o garoto tá é phudido (e mal pago):

    http://www.pe.superesportes.com.br/app/18,103/2015/06/15/noticia_santa_cruz,37077/sem-treinar-com-o-grupo-coral-raniel-limita-rotina-a-academia-do-santa-cruz-e-chato.shtml

    OREMOS: “Ave Mª,Cheia de Graças,…”

    SaudaSanta

  9. JOÃO BATISTA
    9

    Arnildo, ele (Yuri de Lira), ontem ele citou sobre Raniel, que eu falei anteriormente no blog do santinha e também em outras oportunidade e hoje novamente! é muito estranho, será que esse rapaz tá apaixonado por Raniel.

  10. Arnildo Ananias de Oliveira
    10

    PUTZ, FALECEU O ZICO, UM DOS MAIORES JOGADORES Q VI JOGAR,

    em todos os tempos. Ñ é só esse abençoado SANTOS FC q está de luto. Somos todos nós brasileiros.

    Foi um jogador expoente ñ só naquela “máquina de triturar” q foi o Santos de Doval, Mengálvio, Coutinho, Pelé e Pepe, como também foi MAIÚSCULO nas Conquistas inesquecíveis da Copa da Suécia (1958) quando, segundo o Nelson Rodrigues, enterramos nosso complexo de vira-latas com Gilmar, De Sordi e Beline, Nilton Santos, ZITO e Orlando, Garrincha, Didi, Vavá, Pelé e Zagalo e no bi-Campeonato do Chile em 1962.

    O extraordinário meio-campista Salomão (das barbies dos anos 60) que veio a ser contratado pelo poderoso Santos de então, até poderia sonhar um dia com a Canarinha ñ tivesse o azar de coexistir na mesma época desse extraordinário jogador de sua MESMA posição: o ZICO!

    Q DEUS O TENHA, ZICO.

    SaudaSanta

  11. Arnildo Ananias de Oliveira
    11

    SÓ UM REPARO, POR UMA QUESTÃO DE JUSTIÇA:

    na Seleção de 1958, o DE SORDI só jogou a finalíssima. Nos demais partidas o titular foi o famoso lateral-direito da “Academia Palmeirense de então” DJALMA SANTOS q ñ lembro o porquê da ausência na final. ACHO q foi por contusão.

    SaudaSanta

  12. Arnildo Ananias de Oliveira
    12

    MUDANDO DE ASSUNTO E FALANDO DO Q NOS INTERESSA REALMENTE,

    tenho sentido “no ar” um novo astral com essa mudança de comando. Tomara q esteja certo e q consigamos bater domingo o Ceará lá no Castelão.

    Eles perderam do Baêa (ainda q, pelo escore mínimo) o q me dá algum sopro de confiança pois esses times cearenses costumam “fazer misérias” com os times da Bahia.

    SaudaSanta

  13. … continua a perseguição de Yuri de Lira do Diário de PE ao garoto Raniel.

    Incrível como ele (bem apontado pelo colega Arnildo) sempre encontra (pra não dizer força a barra) pretexto para encerrar suas reportagens (mesmo que esteja falando de outras coisas) pisoteando e pirraçando com Raniel lembrando que a suspensão do STJD é por uso de cocaína.

    Tenho pena e nojo de um profissional de imprensa desse tipo que faz questão de espezinhar um garoto que fez isso quando tinha 17 anos, uma única vez (segundo afirmam) em uma festa e já está pagando caro pelo erro.

    Difícil achar que não seja proposital essa insistência em despertar preconceito para com o garoto.

  14. Arnildo Ananias de Oliveira
    14

    SERÁ Q O SANTA CARIDADE FC VAI MESMO READMITIR O MOISÉS?

    E o BRUNO mão-de-lôdo ainda tá fazendo O QUÊ no Clube?
    Já despacharam de volta pra Miami o Bosco? E o ADRIANO continua fazendo o q?
    O ATAÍDE foi “promovido” é?

    OREMOS!

    SaudaSanta

    • Sempre Coral
      14.1

      Tamos bem servido: Nininho, João Carlos e Moisés. Paga 03 laterais direito e não tem um que preste. Eita planejamento arretado!

  15. Arnildo Ananias de Oliveira
    15

    QUASE IGUAL A NÓS, PALMEIRAS CHEGA A 125 mil sócios!

    http://www.futebolinterior.com.br/futebol/Palmeiras-SP/noticias/2015-06/Palmeiras-chega-a-127-mil-socios-torcedores-e-passa-Porto-POR

    A CULTURA NORDESTINA desconhece o q é associativismo e cooperativismo: bastava ver q o nosso agricultor prefere vender sua produção a qq “atravessador da vida”. Essa é q é a nossa verdade. Pura e crua. E ñ me venham falar em pobreza!

    SaudaSanta

  16. André Tricolor Virtual
    16

    Arnildo,

    Triste realidade!

    Não se torce pela instituição e sim pro ‘time’. Aí leva-se em conta a gestão em Marketing para atrair novos sócios ( + como ter sucesso em um clube que patina em séries inferiores do futebol brasileiro e que resiste a essa cultura da síndrome da pobreza, ou como bem falou, do desconhecimento e importância do Associativismo e Cooperativismo).

    Sonho ainda com aqueles 30 mil sócios que chegamos na Gestão do Jonas Alvarenga. Seria um número decente e considerado aos padrões do NE do Brasil.

    Deus que nos ajude!

    VIVA SANTINHA !!!

  17. Santa Cruz negocia dívidas para anunciar patrocínio master e outras novidades no mês de julho
    Publicado: quarta-feira, 17 de junho de 2015, às 16:16
    Por: Daniel Lima

    Uma “válvula de escape” para o Santa Cruz melhorar financeiramente é o tão sonhado patrocinador master, que continua na pauta do presidente Alírio Moraes . Nos últimos meses, ele viajou pelo país para tentar firmar acordo com alguma empresa, mas até agora nenhuma novidade em relação a patrocínio.

    Em paralelo, o mandatário tem tentado as certidões negativas federais para cumprir os requisitos fiscais e conseguir o perdão da dívida tributária com a União (e o consequente apoio da Caixa Econômica). Conseguir um patrocinador privado é um dos desejos da gestão. “Essa certidão negativa sobre perspectiva dos débitos federais estão parcelados. Sempre pagando mês a mês”, disse Alírio.

    Segundo o presidente, o grande problema é o débito do município. Mas como pra tudo existe uma solução, o Santa Cruz encontrou uma maneira de negociar essa dívida. Através de projetos sociais, o clube terá uma parte do passivo reduzido, facilitando no fechamento com algum patrocínio. Vale ressaltar que, durante este ano, várias ONGs e outras instituições foram visitar o Arruda e conhecer um pouco mais do dia a dia do clube, servindo como forma de aprendizado para as crianças (algumas delas da periferia).

    “Em relação aos débitos do município, provavelmente estamos entrando através de um projeto social. Nós vamos receber no clube aproximadamente 300 crianças da periferia. Vamos fornecer aulas de futebol, natação, judô, futsal, em troca dessa prestação de serviço social. A gente vai receber o perdão da dívida municipal, hoje em torno de R$ 25 milhões de reais”, afirmou.

    Alírio Moraes prometeu até o mês de julho novidades de patrocinadores. Para ele, os bons resultados no Brasileiro da Série B facilitariam o acordo com empresas, pois o momento favorável do time atrairia os investidores, segundo o mandatário.

    “A partir do mês de julho passaremos efetivamente a ter patrocínios diretos. Precisamos até de vitórias para atraí-los. Uma coisa puxa a outra. Na verdade, ninguém quer dar a mão quando um projeto começa a sinalizar fracasso. O patrocinador fica reticente. Os credores acham que o projeto vai naufragar. A gente vem segurando uma barra grande”, pontuou.

  18. Considerando os últimos 2 anos na série B, os que se classificaram pra série A em 4º colocado(última vaga) obteve um percentual aproveitamento de pontos entre 52% e 55%. Já para se livrar do rebaixamento pra série C o 16° ficou em torno de 38% e 40%.

    Nós na 7º rodada estamos com apenas 23,8%. O sinal de ALERTA já tem que tá ligado!

  19. EdilsonSilva
    19

    Estou mais esperaçoso de que agora talves Martelote consiga acertar este time.
    Era falta de uma melhor oriientacao, pois o Santinha tem no elenco tres bons meias, senão vejamos Daniel Costa,Joao Paulo e Biteco,(nehum time da serie B tem isso), se o tecnico consiguiir arrumar o posicionamento destes tres meias e dar uma boa proteçao a zaga com um volante de marcação(sita ,Bruninho,Bileu so servem para compor elenco, nao teem pegada e se mandam, muitas vezes sempres estãao a frente dos meias, isto e posicionamento, deixando a zaga desguarnecida,portanto ficando sem cobertura e num 1 pra 1).
    obrigado
    Edilson

  20. Embora MM tenha saída pela porta dos fundos, na época montou um time que jogava com a bola no chão. Não sei o que ele pode tirar deste atual elenco que não foi ele que montou. No entanto, se ele conseguir elevar o aproveitamento para pelo menos, 55% seria comparável a tirar potencia de um V8 de um motor de fusca. Porém há quem diga que o elenca queria derrubar Ricardinho por causa de sua extreme “simpatia”. Se for esse o caso, o comportamento do time contra o Ceará vai mostrar. Espero até que o péssimo rendimento do time tenha sido “só” por esse motivo. Quem sabe, já no castelão o “fusquinha” se transforme num “V8”.

  21. Vamos ao Arruda Família Tricolor, vamos apoiar o Mais Querido no próximo sábado. O Santa precisa do nosso apoio. Com certeza vai ser um grande jogo

Regras de moderação do Torcedor Coral
O Torcedor Coral não se responsabiliza pelas opiniões de seus leitores, mas se reserva ao direitor de excluir, sem aviso prévio, os comentários que:
1. Façam acusações sem provas;
2. Configurem qualquer tipo de crime, de acordo com as leis do país;
3. Contenham ofensas pessoais a quem quer que seja, mesmo que o ofendido seja reconhecidamente um canalha;
4. Defendam ou enalteçam o LEF, pois nós somos liberais, mas nem tanto assim;
5. Utilizem e-mails falsos ou inexistentes;
6. Tenham características de chat ou bate-papo;
7. Copiem textos publicados em outros espaços virtuais, ao invés de publicarem os links das matérias originais.
8. Publiquem sistematicamente os mesmos comentários, repetições de ideias ou opiniões;
9. Publiquem comentários com prevalência em caixa alta, que é o mesmo que gritar na internet;
10. Manifestem intolerância à liberdade de opinião;
11. Tenham características de perseguição a outros leitores;
12. Manifestem, implícita ou explicitamente, mensagens eleitorais, tanto de candidatos a cargos no clube, quanto de partidos políticos;
13. Contenham mensagens abusivas, desagradáveis, ostensivas, cansativas e que não se utilizem de bom senso.

Algumas palavras estão programadas para cair automaticamente na moderação de modo a facilitar o cumprimento das regras. Assim, seu comentário será liberado o mais rápido possível, se for constatado que não houve violação.

O sistema anti-spam do Torcedor Coral, utilizado para evitar malwares ou vírus, ocasionalmente poderá reter indevidamente um comentário legítimo. Também poderão ser retidos indevidamente os comentários que contenham dois ou mais links, pois são através deles que ocorrem ataques ao blog. Tão logo esses casos sejam identificados, os comentários serão liberados.

Lembre-se, o trabalho no Torcedor Coral é realizado de forma voluntária por cada um dos editores, cronistas, moderadores e colaboradores, já que todos atuam profissionalmente em outras áreas. Dessa forma, tenha paciência, caso seu comentário não seja liberado imediatamente.

Para comentar regularmente, o autor deve ter um comentário aprovado anteriormente no Torcedor Coral.

Os casos omissos serão definidos pelos editores do blog.

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *