As perspectivas para 2011 de Pai do Mé

Pai do Mé abraçado ao oráculo

2010 foi um ano de baixos e baixos para o Santa Cruz. Lembro apenas de um momento “engana torcedor” que me fez acreditar que o time – apenas o time – teria melhor sorte no ano que se findou. Foi naquela seqüência que culminou no jogo contra o Botafogo/RJ no Engenhão. Depois daquilo, o time – o clube nunca enganou ninguém – não fez mais nada que prestasse.

Depois da Retrospectiva 2010, andei conversando com Pai do Mé, Pai de Santo, cachaceiro profissional e nosso consultor para assuntos siderais, futurísticos e supersticiosos, para saber qual o nosso destino neste ano que se inicia. Pai do Mé, que queria cobrar uma taxinha simbólica de cinco mil reais, aceitou fazer a entrevista em troca de uma garrafa de cana importada das Minas Gerais.

Assim, entre uma lapada e outra, Pai do Mé se abriu com a nossa equipe e falou das previsões e perspectivas para 2011.

Torcedor Coral ― O senhor acredita que esse time que está se formando vai jogar bola?

Pai do Mé ― Antes de qualquer coisa, me abri com sua equipe um cacete, que eu não sou frango! Meu negócio é cachaça e mulher! Mas voltando a sua pergunta, não tenha dúvida que o time vai entrar em campo e jogar bola. Agora, se vai jogar bem ou mal é outra história.

Torcedor Coral ― Mas com esse time a gente pode sonhar em ser campeão pernambucano?

Pai do Mé ― Meu filho, a gente pode sonhar com qualquer coisa. Eu mesmo já sonhei que ganhava sozinho na Mega-Sena da Virada e gastava tudo com mulher e cana. Pense num estrago!

Torcedor Coral ― Objetivamente, o senhor acha que esse time está mais para ser campeão ou rebaixado no pernambucano?

Pai do Mé ― Olha, nas minhas visões vejo claramente que esse time estará na ponta da tabela, só não está claro se é na ponta de cima ou na de baixo.

Torcedor Coral ― E neste ano, o Santa vai sair da Série D?

Pai do Mé ― Para sair, prevejo que a gente vai ter que entrar nela primeiro. Tudo dependerá do campeonato pernambucano, como eu falei. Se o Santa entrar, de alguma forma, terá de sair. Mas a visão não é clara, por isso, não sei se o Santa sai no início ou no fim da competição.

Torcedor Coral ― O Santa vai trazer algum jogador diferenciado para esta temporada?

Pai do Mé ― O Santa pode trazer um jogador diferente, sim. Vejo um cara zambeta e dentuço sendo negociado com o nosso clube. Aliás, ele é tão dentuço que vai ficar o tempo todo em impedimento. Mas pode dar certo. Vai que ele seja uma mistura de Garrincha com Ronaldo!

Torcedor Coral ― Qual será o jogador coral que se destacará este ano?

Pai do Mé ― Definitivamente será Landu. Só não está claro se o destaque será positivo ou negativo. Se for negativo, já tem rima pra ele: “Ei, Landu, vai tomar…”.

Torcedor Coral ― Pai do Mé, e quanto ao Conselho Deliberativo, o que o senhor vê?

Pai do Mé ― Essa é fácil. O Conselho Deliberativo cumprirá o seu papel histórico que é o de não fazer absolutamente nada. Também aprovará com louvor as contas de Fernando Bezerro Coelho baseado no parecer do trio parada dura do Conselho Fiscal.

Torcedor Coral ― Mas e a reforma do Estatuto?

Pai do Mé ― Pra quê Estatuto? Ninguém respeita o bicho mesmo. Sem contar que as eleições do Santa já viraram tradição.

Torcedor Coral ― Falar em conselho, o ex-presidente Fernando Bezerra Coelho fará uma boa gestão à frente do Ministério de Dilma?

Pai do Mé ― Uma coisa eu garanto: será melhor do que a gestão dele como presidente do Santa Cruz. Pior do que aquilo, sinceramente, não dá. Agora não adianta só reformar o prédio do Ministério, porque a Presidente da República e o povo brasileiro são mais exigentes do que a torcida do Santa. Agora bem que o danado poderia, pelo menos, trazer a FIAT para patrocinar o Santinha. Afinal, o clube é popular e eles vão fabricar carros populares em SUAPE. Tem tudo a ver.

Torcedor Coral ― E quanto à possibilidade de parceria com a TRAFFIC, qual a sua opinião?

Pai do Mé ― Acho positivo, pois os caras finalmente caíram na real e perceberam que não sabem administrar um clube de futebol. Trinta anos de nossa história recente nos mostraram isso. Sendo assim, melhor chamar uma tuia de gente de fora pra ajudar. Fernando Bezerra Coelho até que tentou, mas chamou apenas um e não deu certo. Antônio Luiz Neto está sendo mais esperto ao tentar trazer uma empresa para administrar o clube. Se não sabe gerir, passa a bola pra outro. Ele está certo e esse é o aspecto positivo.

Torcedor Coral ― E qual é o negativo?

Pai do Mé ― O negativo é que os dirigentes do Santa Cruz, do passado, do presente e do futuro, são bons para embromar a torcida coral. Eles são os espertos e nós, os manés. Com a TRAFFIC é diferente. Neste caso, os dirigentes corais são os manés. Veja a dívida que o Palmeiras, um clube muito mais estruturado que o nosso, contraiu com eles. Se bobear, no ano do centenário o Santa ficará só de cuecas na Avenida Beberibe.

Torcedor Coral ― Pai do Mé, para terminar, diga pelo menos uma previsão certeira.

Pai do Mé ― O Santa vai ficar mais velho no dia 03 de fevereiro. Isso é batata.

7 Comentários

  1. Pai do Mé sabe das coisas.
    Entrevista hilariante, apesar de abordar algumas questões e mazelas bem sérias que nos atormentam há muito tempo.

  2. Pai do Mé sabe tudo.

    Há boatos de que FBC não quer ver pintado o pai de santo. Uma injustiça, pois Pai do Mé aceitou até Pitu para profetizar o destino do ex-presidente. Não acertou nada, mas culpou a cana, que só não é pior do que a cerveja Frevo.

    • manoel da bamor
      2.1

      sou da bamor de salvador e sei que o santa cruz vai voltar para a primeira divisão

    • Manoel,

      Tomara que os orixás ajudem o Santa, porque ele sozinho está difícil de sair do buraco.

      Saudações corais,

      Dimas Lins

  3. André Tricolor Virtual
    3

    Na época da frevo éramos felizes e não sabíamos …

    >>> VIVA SANTINHA !!!!

  4. André Tricolor Virtual
    4

    … Mário Lúcio no meio de campo já está se destacando nos treinamentos, demonstrando bastante habilidade e categoria! Vamos que vamos!

  5. Bosquímano
    5

    Diminhas, esse Pai do Mé é falso. Te enganou direitinho. De bebum ele não tem nada, apenas a sobriedade…

Regras de moderação do Torcedor Coral
O Torcedor Coral não se responsabiliza pelas opiniões de seus leitores, mas se reserva ao direitor de excluir, sem aviso prévio, os comentários que:
1. Façam acusações sem provas;
2. Configurem qualquer tipo de crime, de acordo com as leis do país;
3. Contenham ofensas pessoais a quem quer que seja, mesmo que o ofendido seja reconhecidamente um canalha;
4. Defendam ou enalteçam o LEF, pois nós somos liberais, mas nem tanto assim;
5. Utilizem e-mails falsos ou inexistentes;
6. Tenham características de chat ou bate-papo;
7. Copiem textos publicados em outros espaços virtuais, ao invés de publicarem os links das matérias originais.
8. Publiquem sistematicamente os mesmos comentários, repetições de ideias ou opiniões;
9. Publiquem comentários com prevalência em caixa alta, que é o mesmo que gritar na internet;
10. Manifestem intolerância à liberdade de opinião;
11. Tenham características de perseguição a outros leitores;
12. Manifestem, implícita ou explicitamente, mensagens eleitorais, tanto de candidatos a cargos no clube, quanto de partidos políticos;
13. Contenham mensagens abusivas, desagradáveis, ostensivas, cansativas e que não se utilizem de bom senso.

Algumas palavras estão programadas para cair automaticamente na moderação de modo a facilitar o cumprimento das regras. Assim, seu comentário será liberado o mais rápido possível, se for constatado que não houve violação.

O sistema anti-spam do Torcedor Coral, utilizado para evitar malwares ou vírus, ocasionalmente poderá reter indevidamente um comentário legítimo. Também poderão ser retidos indevidamente os comentários que contenham dois ou mais links, pois são através deles que ocorrem ataques ao blog. Tão logo esses casos sejam identificados, os comentários serão liberados.

Lembre-se, o trabalho no Torcedor Coral é realizado de forma voluntária por cada um dos editores, cronistas, moderadores e colaboradores, já que todos atuam profissionalmente em outras áreas. Dessa forma, tenha paciência, caso seu comentário não seja liberado imediatamente.

Para comentar regularmente, o autor deve ter um comentário aprovado anteriormente no Torcedor Coral.

Os casos omissos serão definidos pelos editores do blog.

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *