Ajude a torcida, Presidente!

Ajude a torcida, Presidente!

Já está ficando chato. É o presidente tricolor abrir a boca e: “… Vamos ter que contar novamente com o apoio de nossa torcida e pedir para que eles, mesmo com o fim do calendário de jogos, continuem pagando suas mensalidades e atraindo novos sócios”. “Será uma desigualdade enorme contra Sport e Náutico, que, por mérito, subiram para a primeira divisão e terão vultosas quantias. Nós, com uma torcida extraordinária, teremos cota zero. Vamos entrar 2012 da mesma maneira de 2011: da pior forma possível”. “O ano de 2012 vai ser um ano extremamente difícil para o Santa Cruz enfrentar, considerando-se o fato de que os nossos principais adversários no Campeonato Pernambucano estarão com receitas enormes, bancadas pela televisão, enquanto que o Santa Cruz, mais uma vez, vai ter que iniciar o ano sem nenhum tipo de patrocínio nesta área televisiva”. “O Santa Cruz está precisando, neste momento, que aqueles que são sócios se mantenham em dia e paguem as suas mensalidades”. E Haja Saco! Toda a torcida, Presidente, está cansada de saber disso tudo: que não temos verba de televisão (o que não é totalmente verdade, já que no Pernambucano, temos, sim, uma verba), que estamos na Série C, onde falta visibilidade, Clube dos 13, e blablablá. E sempre, a única saída parece ser a nossa torcida que, aliás, só é lembrada pelo clube nesses momentos. Por que, Senhor Presidente, não fala sobre o seu esforço e de sua diretoria em renovar contratos atuais e arrumar novos patrocinadores e parceiros para o clube? Por que, Senhor Presidente, não se fala da grande campanha de sócios que está finalizada e será lançada, para atrair cada vez mais a massa coral para perto do Santa? Por que não explana o planejamento que está sendo feito para tratar os torcedores que frequentam o Arruda como consumidores e parceiros, e não como gado, enfrentando filas enormes com um sol de rachar o quengo e o bafo dos cavalos da PM? Por que não divulga que a campanha de sócios terá uma extensa lista de benefícios e vantagens para o sócio coral, como reconhecimento pelo apoio insistente, irrestrito e apaixonado? Isso tudo está sendo feito e providenciado, não está Presidente? (…) Parece que se tornou um vício da maioria dos dirigentes corais (para não dizer de todos) o apelo à torcida como única saída para o clube. E aqui não quero retirar a responsabilidade...

Leia Mais

Dois lados

Dois lados

Fala-se que tudo na vida tem dois lados. Um lado bom e um lado ruim. Tais generalizações são sempre perigosas, mas em se tratando do jogo ocorrido domingo, podemos tentar aplicar um exercício e enxergar os tais dois lados. Vamos começar com o lado negativo. A derrota. Por mais que o ano de 2011 tenha sido extremamente positivo para o Santa, muita gente saiu do Arruda ontem com um gosto de guarda-chuva na boca. Não que eu saiba que gosto tem isso, mas sabe aquele gosto amargo, aquele sorriso amarelo? Pareceu-me um sentimento quase unânime no estádio. Apesar de a torcida ter aplaudido no final, gritado o “Tri-Tricolor”, foi mais em reconhecimento pelo ano, não pelo resultado. E isso pode ter um impacto um pouco maior que o previsto. Terminando o ano em alta, com um título, a euforia da torcida continuaria em alta, o que poderia e deveria ser canalizado para um só lugar: Campanha de sócios. Não que não possamos fazer campanha por sócios sem o título. Claro que podemos. Mas é muito melhor fazer uma campanha com o seu público alvo apaixonado, em estado de graça, com o fechamento de um ano perfeito. Vi gente saindo do estádio extremamente chateada, gritando, revoltada. Exagero? Muito provavelmente. Mas o tal encanto perde um pouco do seu charme e perdemos mais uma boa oportunidade de capitalizar. E o lado positivo? A derrota. “Pronto. O cabra enlouqueceu de vez!” deve estar imaginando um incauto leitor. Calma que não enlouqueci (pelo menos não por enquanto). No aspecto puramente futebolístico, enxergo a derrota como positiva. Com um resultado negativo diante do escrete Tupi, numa final de campeonato, dentro de casa, caem as auras que circuncidavam as bandas do Arruda sobre treinador e elenco. Nossas fragilidades ficaram, mais uma vez, diga-se de passagem, expostas para quem quiser (e souber) enxergar. Somos gratos a todos os jogadores do elenco pelo esforço e dedicação na missão de tirarem o Santa dessa maldita Série D. Ponto. Agora nossa caminhada prossegue. E passa necessariamente por qualificação (e até reformulação) do elenco. Essa foi a lista de relacionados para o jogo de ontem: Goleiros: Tiago Cardoso e Diego Lima. Zagueiros: André Oliveira, Leandro Souza, Everton Sena e Walter. Laterais: Eduardo Arroz e Dutra. Volantes: Memo, Chicão e Mael. Meias: Renatinho, Weslley, Bismarck, Washington e Jefferson Maranhão. Atacantes: Thiago Cunha, Fernando Gaúcho, Ludemar, Kiros e Flávio Recife. Proponho um exercício. Quantos vocês enxergam vestindo o manto coral na próxima temporada? Quais realmente merecem e...

Leia Mais

Pra valer!

Jogo da Copa Pernambuco Terminada a insignificante Copa Pernambuco, parece que finalmente vamos começar a pensar em 2010. Ao meu ver, bem tarde, pois vamos novamente ter que montar um time para começar o ano. Jailson, Gilberto Matuto, Éverton Sena, Gonçalves e Marcos Mendes; Léo, Anderson, Élvis e Serginho; Gaúcho e Joelson. Esse foi o time que terminou a “competição”. Quantos desses vocês acham que podem ser Titulares do Santa Cruz numa competição Profissional? Porque considerar a Copa Pernambuco um torneio Profissional é ser muito gentil e otimista. Enfrentamos apenas um Clube de mais expressão e vocês viram o perrengue que foi. Mas voltando ao tema, quantos poderiam ser titulares? Um? Dois? Para eu pensar em mais de três já denotaria um otimismo exacerbado. Esperar que o “Artilheiro” Gaúcho e o Lateral Gilberto Matuto tenham o mesmo desempenho no Pernambucano e renovar os seus contratos baseado em desempenho numa competição semi-profissional é uma temeridade. Esse time que disputou esse campeonato NÃO tem condições de envergar a camisa coral numa competição de nível minimamente elevado. É óbvio que, do ponto de vista das divisões de base, é sempre interessante colocar jogadores como Everton Sena, Natan, Jefferson e demais pra jogar e adquirir “cancha”. Acho incrível que numa competição como essa,  traga -se um jogador como Gaúcho, que pouco tem a acrescentar tecnicamente (e nem para o futuro), e abdiquem de dar uma oportunidade real a Gilberto, em que ele poderia se desenvolver um pouco mais. Mais uma vez temos 3 Laterais-Direitos no Elenco. Pra quê? Dos titulares da Copa Pernambuco, dois já foram embora. E falam que temos uma Base? Base de quê? Já se fala na contratação de 10 jogadores. Imagino que quase todos para serem titulares. E aí eu pergunto? Que base? A frase do diretor Raimundo Queiroz sobre o elenco após o término da competição é um retrato do que foi essa Copa Pernambuco: “Menos do que precisava e mais do que eu esperava.” O que isso quer dizer? Absolutamente nada. Porque dependendo da expectativa com que ele veio ao clube, qualquer coisa que encontrasse já seria mais do que esperava. E, aqui entre nós, não acredito que ele tenha vindo com grandes expectativas… Respondendo a minha pergunta anterior, só apostaria em Joelson para ser titular para 2010. Acho que perdemos com essa Copa Pernambuco. Não tivemos testes à altura e, por consequência,  essa situação foi prejudicial ...

Leia Mais

Cadê o treinador?

Alô?! Não, não sou um treinador… Longe de mim querer ser o “corneteiro de plantão”. Acho que as coisas têm que ser pensadas e planejadas (e repensadas mais um pouco) para não cometermos mais erros. Mas… O novo treinador já não deveria estar no Arruda? Vejamos. Se estivermos usando a Copa Pernambuco como laboratório para as competições que serão disputadas em 2010, não seria o treinador que comandará a equipe que deveria fazer essas avaliações? De que adianta testarmos vários jogadores, agora, se o treinador vai ter que conhecer todos os jogadores quando chegar? Não seria melhor ver os jogadores em atividade, mesmo que numa competição de baixo nível técnico? E os jogadores que estamos contratando? Não deveriam passar pelo crivo do treinador? Concordo em apostar em jogadores da região como Joelson, Guego e Baiano, que vieram do Porto. E isso tem que ser uma diretriz estratégica da diretoria, independente de técnico. Mas não dá pra montar um elenco todo assim, dá? Espero, confiantemente, que não estejam considerando a possibilidade de manter o atual técnico no comando para o próximo ano. Não conheço o Dado Cavalcanti, mas espero que tenham aprendido com as apostas feitas esse ano. Não dá pra novamente arriscar nosso ano num treinador novato. Acho excelente que o Clube dê a ele a oportunidade de dirigir o time na Copa Pernambuco e não precisaríamos nem tirá-lo, agora, do comando. O novo treinador poderia apenas observar os nossos jogos e viajar pela região observando alguns jogos para prospectar alguns bons talentos. Acredito que a Diretoria já tenha idéia do orçamento que vai ser disponibilizado para o próximo ano, e não dá pra fazer milagre. Espero que não venham com o papo de “treinador de Série A” novamente. Porque ele vem, disputa o Pernambucano e a copa do Brasil e vai treinar a Série A ou B. Precisamos de alguém de capacidade comprovada e capaz de montar um bom time com recursos escassos e que não queira receber o mundão do Arruda como salário. Fácil encontrar alguém com esse perfil? Claro que não. Mas também não podemos nos dar ao luxo de perder a oportunidade de sairmos na frente com um Treinador já conhecendo o elenco e identificando os setores que precisam ser reforçados, para treinar e entrosar esse time. Nosso ano depende disso: da capacidade da Direção e do novo diretor de Futebol de contratar um bom treinador e montarmos um...

Leia Mais

O peso da palavra

Estive de férias todo o mês passado curtindo umas merecidas férias e pouco (ou quase nada) acompanhei do Santa. Também, entre preparativos para a Copa Pernambuco e indefinições no Departamento de Futebol, pouca coisa era de se chamar a atenção. Mesmo de longe fiquei sabendo (via SMS) do novo “Conselho de Futebol”, que sinceramente, prefiro não comentar. Da mesma forma fiquei conhecendo o novo diretor de futebol, o Sr. Raimundo Queiroz. Gostei bastante, afinal ele tem uma boa experiência futebolística, com importantes conquistas e deve conhecer bastante de futebol. Mas o que me chamou a atenção logo de cara foram as declarações dele ao chegar no Arruda: “Nós vamos analisar tudo isso. Conversei com alguns membros da diretoria e colocamos uma posição. O futebol profissional tem que ser preparado para competir em igualdade no Pernambucano, mas precisamos dar ênfase às categorias de base e criar uma estrutura de base” “Temos duas competições importantes em 2010, o Pernambucano e a Série D. São duas competições distintas, a longo prazo e vai dar tempo para prepararmos o que há de melhor dentro da base e no futebol regional e pode ser feito um complemento com atletas vindos de outras regiões, mas teria que ser coisa muito boa, que superasse aquilo que nós temos aqui” “Tenho observado nesses dois, três dias, no elenco que joga hoje 13 jogadores são oriundos das categorias de base e isso já tem uma importância grande. Não sei se foram escolhidos os melhores ou se irão corresponder daqui para frente, mas já pode servir para uma base daquilo que poderá ser feito no futuro. Daqui para lá podemos criar um ambiente de revelação de atletas” “Vamos analisar a Copa Pernambuco e outras realizadas nos estados mais próximos. Em Alagoas, Paraíba e na Bahia temos competições parecidas e, quando não coincidir com os jogos do Santa, vou viajar para acompanhar as partidas de lá. Quem se destacar pode passar a fazer parte do nosso elenco” Interessante, não? Essas declarações fizeram o conceito do Sr. Raimundo Queiroz subir muito perante a torcida, arrancando elogios do nosso presidente. E eu concordo com esses elogios, são merecidos! Mas… Há quanto tempo falamos exatamente a mesma coisa aqui no Blog? Quantos textos não foram escritos por mim sobre a necessidade de revelação e busca de jovens talentos na região? Se não me engano, todos os outros cronistas do Blog também já abordaram...

Leia Mais
2 de 8123...